LISBOA

Por mais estranho que possa parecer e com dificuldade de admitir, temos que dizer: Portugal não nos atraía tanto quanto os outros países europeus. Foi uma surpresa deliciosa render-nos a excelente culinária (a melhor da Europa), às paisagens lindas dos seus inúmeros mirantes, às músicas dramáticas inconfundíveis do fado, aos pontos turísticos espalhados por uma cidade que vem se modernizando rapidamente sem ignorar sua história gloriosa. Enfim, uma viagem extremamente agradável, que surpreende positivamente a todos que a realizam, quebrando paradigmas e alimentando uma imensa vontade de um breve retorno.

DSC04820.JPG

PADRÃO DOS DESCOBRIMENTOS – LISBOA

E isso não é pensamento infundado nosso. Segundo a renomada rede de comunicação BBC, Lisboa é “a melhor capital da Europa para trabalhar e desfrutar”.

Se você nunca saiu do país, se você não domina outras línguas, não gosta de ter trabalho pra viajar ou gosta de comer muito bem, não perca tempo! Portugal te aguarda. A facilidade de entender uma comunicação e se fazer compreendido, saber que a pessoa com quem conversamos tem uma boa noção de onde viemos são vantagens e confortos que Portugal proporciona como nenhum outro destino.

Feita esta introdução, falemos do destino clássico e a principal porta de entrada do país: sua capital, Lisboa!

Cidade encantadora, cheia de subidas e descidas típicas das sete colinas que caracterizam sua topografia, Lisboa reúne parques, igrejas, praças, museus, bondinhos, estações vanguardistas, oceanário, pontes, vida noturna, comércio, comidas – tudo em altíssimo nível e a um custo consideravelmente baixo (sobretudo, alimentação e transporte), na comparação com outras capitais da zona do euro.

COMO CHEGAR

Um fator positivo ao decidir ir para Lisboa é a maior frequência em conseguir boas promoções e a quantidade de voos diretos para lá! Querendo acompanhar promoções, é bom sempre olhar o site “Melhores Destinos“, criar alerta de ofertas especiais no “Decolar.com” e baixar o aplicativo “Passagens Baratas”, que notifica toda vez que aparece uma nova promoção.

FUSO HORÁRIO

O fuso horário não é um fator tão preocupante quando a gente planeja a viagem para Portugal, pois a diferença é de apenas 2, 3 ou 4 horas a mais com relação a Brasília, dependendo da época do ano e do horário de verão nos dois países.

IMG_20170909_193518_053

TORRE DE BELÉM – LISBOA, PORTUGAL

COMO SAIR DO AEROPORTO

O aeroporto de Lisboa fica muito próximo ao centro: apenas 7 km do Rossio. E como o idioma ajuda, sair do aeroporto em Lisboa não é um problema. Você pode pedir informações a qualquer momento. Adiantamos as opções e suas características a seguir:

Metro – O acesso fica próximo à área de embarque do aeroporto. Ir de metrô do aeroporto ao hotel é legal para quem viaja sozinho ou em dupla, sem muita bagagem, querendo economizar. A passagem é baratinha. O passe também pode ser carregado com um bilhete válido por 24 horas, que custa em torno de 6 euros e dá direito a transporte público ilimitado.

Aerobus – O ônibus especial liga o aeroporto ao Cais do Sodré, com 11 paradas no percurso (entre elas, Marquês de Pombal, Av. Liberdade, Restauradores e Rossio, que atendem ao pedaço mais bacana de se hospedar). O Aerobus tem saídas entre 7h e 23h20 do aeroporto, e 7h45 e 23h do Cais do Sodré (7h30 e 22h40 em finais de semana e feriados). Os ônibus partem de 20 em 20 minutos. O bilhete pode ser comprado diretamente com o motorista e custa 3,15 euros, unitário, ou 4,95 euros para ida e volta. Os cartões Viva Viagem, 7 Colinas e Lisboa Card não são aceitos.

Ônibus de linha – Alguns ônibus de linha também servem ao aeroporto. Apenas quem estiver com pouquíssima bagagem pode embarcar: a dimensão máxima de bagagem permitida nesses ônibus é de 50 x 40 x 20, menor do que uma mala tamanho M.

Táxi – opção que deve ser considerada até pelos mochileiros, de tão baratas que são as corridas. O taxímetro demora muito para mudar de valor. Se você estiver em grupo pequeno, que possa dividir o montante a ser pago ao taxista, trata-se de uma cômoda e excelente alternativa de transporte.

QUANDO IR

Lisboa é uma das cidades com o clima mais ameno da Europa! Temperaturas abaixo dos 15ºC só no inverno (mínima de 8ºC). O restante do ano tem temperaturas aproximadas de 20º a 25ºC, sendo a primavera e outono estações um pouco mais chuvosas que o verão. Os melhores meses para visitar a capital são maio e setembro, evitando os maiores contingentes, típicos das férias de verão europeias.

MOEDA

Euro. Para informações atualizadas sobre a cotação do câmbio, confira o link da conversão oficial do Banco Central.

HOSPEDAGEM

Sugerimos os bairros turísticos mais famosos para a escolha de sua hospedagem: Rossio, Belém, Alfama, Baixa-Chiado, Bairro Alto. Outras referências podem ser a Rua Augusta e a Avenida da Liberdade.

Caso vá fechar sua hospedagem pelo nosso parceiro Booking e pretenda escolher entre as opções mais em conta, procure ler todos os comentários. Há opções em prédios sem elevador, em andares alto de acomodação. Isso pode complicar seu relacionamento com as malas.

DESLOCAMENTO DENTRO DA CIDADE

Lisboa oferece muitas opções que você pode conhecer caminhando, muitas coisas próximas. Para os pontos mais afastados, a melhor coisa é que o valor do táxi não assusta. É bem prático. Mas se você não abre mão da economia, segue o esquema do metrô e saiba que existem muitas opções de ônibus!

Lisbon-metro-map

MAPA DO METRÔ – LISBOA

Um outra alternativa interessante para otimizar seu tempo e por um preço justo, são os ônibus Hop on Ho off. Se você não conhece esse tipo de transporte de turismo, tratamos melhor do assunto no post PRIMEIRA VIAGEM INTERNACIONAL.

Separamos 2 opções para sua escolha:

1-City-sightseeing

2- Yellowbustours

IMG_9230.JPG

ÔNIBUS DE TURISMO – LISBOA

RESTAURANTES

Este quesito Lisboa atende com propriedade. É muita opção de comida boa com preço acessível!

Há bacalhaus e outros pescados excelentes e a bons preços na Rua Augusta em restaurantes com mesas montadas ao longo do passeio, bem como nos restaurantes próximos ao Mosteiro dos Jerônimos, em Belém (nossa dica é para o restaurante Os Jerônimos). A carne de coelho é outra especialidade local. Queijos e vinhos são deliciosos em estabelecimentos espalhados pela cidade. Impossível indicar um. O doce imbatível é o Pastel de Belém, que você não pode deixar de provar feito na hora no local onde foi criada esta iguaria espetacular.

Um dica é de fato entrar no estabelecimento e sentar em uma das mesas. Você vai se surpreender com o tamanho do lugar. Muitas pessoas esperam na fila para serem atendidas, mas se você tiver um tempinho, vale a pena sentar e fazer seu pedido para conhecer o espaço e apreciar com mais calma.

Outra opção de sobremesa é o ótimo sorvete da Santini, situada no bairro do Chiado.

OS BAIRROS TURÍSTICOS MAIS FAMOSOS DE LISBOA

ALFAMA – É um bairro bastante tradicional e também o mais antigo da cidade.Vale à pena um passeio despretensioso entre os labirintos, observando a cultura portuguesa. Você vai encontrar muitas construções antigas e variado comércio, com destaque para a Feira da Ladra.

CHIADO – Nele você encontra a Livraria Bertrand( de 1732), o famoso Café à Brasileira (aquele que tem a estátua de Fernando Pessoa), opções de bares e entretenimento, sobretudo, à noite.

BAIRRO ALTO – É conhecido como a parte boêmia de Lisboa.  Como se fosse continuação do Chiado. Ponto de encontro de artistas, intelectuais e turistas! Destaque para a vida cultural e noite agitada.

BAIXA – Muitos artistas de rua e lojas.

ROSSIO –  Confunde-se com o bairro da Baixa. É a região mais central da cidade, com a Praça do Rossio ou Pedro IV (nosso Dom Pedro I), o teatro principal, fontes, cafés, estação de trem e colado à Rua Augusta, que dá acesso à Praça do Comércio.

IMG_3475

PARQUE DAS NAÇÕES

BELÉM -É em Belém que ficam alguns dos principais cartões-postais da cidade. O bairro fica um pouco afastado do centro histórico (Alfama, Baixa e Chiado), mas não deve deixar de ser visitado. É nele que ficam  a Torre de Belém, Mosteiro dos Jerônimos, o Padrão dos Descobrimentos e o Pastel de Belém. Para chegar, um táxi é uma opção interessante. Saindo da belíssima Praça do Comércio, a corrida de táxi até a entrada de Belém não custa sequer 10 euros.

PARQUE DAS NAÇÕES – Outra região afastada do centro, porém cheia de áreas verdes e construções mais modernas. Tem o Oceanário de Lisboa, o Teleférico de Lisboa e o Shopping Vasco da Gama.

O QUE CONHECER

Oceanário de Lisboa – Localizado no Parque das Nações. Temos um post completo sobre o ele. Confira clicando aqui!

Teleférico de Lisboa – Teleférico do Parque das Nações ou Teleférico da Expo – é um passeio curto, com duração de cerca de 8 minutos.Ele fica no Parque das Nações às margens do Tejo.

IMG_3489

Torre de Belém – Ela foi construída quando Portugal vivia sua era de ouro, das navegações. Tinha por finalidade proteger a cidade de invasores. O local já funcionou como prisão, aduaneira, telégrafo e também como farol. Recebeu o título de Patrimônio da Humanidade pela UNESCO e atualmente está entre os pontos turísticos mais conhecidos de Lisboa.

Mosteiro dos Jerônimos – Fica próximo à Torre de Belém e a visita é obrigatória. Monumento lindo no estilo próprio do período manuelino, construído em homenagem ao sucesso das navegações. Você pode  visitar gratuitamente o interior da igreja de Santa Maria de Belém, onde estão os restos mortais de Vasco da Gama e Luís de Camões e também fazer uma visita aos claustros do mosteiro (nesse caso, você terá que pagar). O mosteiro está aberto de outubro a abril das 10h às 17h e de maio a setembro até às 18:30h.

Castelo de São Jorge – Marcado por influências mouras e romanas, fica em uma das 7 colinas da capital e é considerado o local onde Lisboa foi fundada. O castelo de São Jorge abre de novembro a fevereiro das 9h às 18h e de março a outubro até às 21h. Lindíssimo. Esta entre os pontos imperdíveis de Lisboa.

DSC04738

CASTELO DE SÃO JORGE – LISBOA

Catedral da Sé de Lisboa -É a sede do Patriarcado de Lisboa e da Paróquia da Sé.

IMG_9332.JPG

CATEDRAL DA SÉ – LISBOA

Padrão dos Descobrimentos – É um marco lindíssimo da cidade, foi criado em 1960 marcando os 500 anos de morte do Infante D. Henrique e simboliza os personagens importantes dos descobrimentos de Portugal. Preço bilhete ingresso para ter acesso à vista panorâmica do topo: 3€

Elevador de Santa Justa -Foi projetado por Raoul Mesnier, aluno português de Eiffel. Ele liga a Baixa-Chiado ao Bairro Alto.

IMG_9250.JPG

ELEVADOR DE SANTA JUSTA – LISBOA

Igreja de Santo Antônio -Visita muito interessante em virtude de, segundo os portugueses, ser o local onde o santo nasceu. Você pode visitar a sua suposta casa. A igreja é linda.

IMG_3065

IGREJA DE SANTO ANTÔNIO – LISBOA

Convento do Carmo – O Convento do Carmo está situado em uma posição privilegiada da capital. Já foi a principal igreja gótica de Lisboa, mas com o terremoto (seguido de um incêndio) de 1755, seu teto foi demolido, restando hoje apenas suas paredes e algumas vigas de sustentação. Ouvimos dizer também que o convento também já funcionou como dependência militar e escondeu Marcelo Caetano (Presidente do Regime do Estado Novo.

DSC04855

CONVENTO DO CARMO – LISBOA

Praça do Rossio – É uma praça da Baixa de Lisboa,uma parte bem agitada de Lisboa. Tem vários bares ao redor, tem a estátua de Dom Pedro I e um chafariz bem bonito.

IMG_3025

PRAÇA DO ROSSIO – LISBOA

Parque Eduardo VII – O Parque Eduardo VII de Inglaterra é o maior parque do centro de Lisboa, sendo comumente conhecido apenas por Parque Eduardo VII. A vista a partir do alto do parque em direção ao Rio Tejo é muito bonita.

IMG_3452

PARQUE EDUARDO VII – LISBOA

Cais do Sodré – O Cais do Sodré é o novo polo de agito da noite de Lisboa! Palco das festas alternativas e dos eventos descolados lisboetas.

Praça do Comércio – Limitada pelo Rio Tejo, concentra em suas laterais vários restaurantes e na parte anterior o belo arco que a separa da Rua Augusta. Local para ótimas fotos.

IMG_3052

PRAÇA DO COMÉRCIO – LISBOA

Mirantes – A capital portuguesa é abundante em belas vistas panorâmicas, em virtude de seu relevo acidentado. Aproveitando esta condição, existem diversos “miradouros” que permitem avistar os tetos alaranjados das casas de fachadas brancas, o onipresente Castelo de São Jorge, as igrejas com variadas cúpulas, a simetria das construções no bairro da Baixa, as praças. O destaque vai para o Mirante da Graça (acessível pelo bondinho 28, na parada Largo da Graça), Mirante de São Pedro de Alcântara, Mirante do Castelo de São Jorge, Mirante Santa Catarina, Mirante de Santa Luzia (belíssima vista; situado no bairro da Alfama, pouco depois de passar a Catedral da Sé).

DICAS

⇒ Não deixe de experimentar o delicioso e super barato Pastel de Belém. É bom lembrar que você não precisa ficar na enorme fila que se forma em frente ao estabelecimento, se entrar, vai descobrir vários espaços bem estruturados que permitem que você sente e desfrute de maneira mais confotável das delícias do lugar.

⇒ Quando o assunto é Lisboa, não se preocupe tanto com o deslocamento. É uma delícias andar pelo lugar e as coisas não são tão distantes. Pra melhorar, a cidade tem táxis com baixo custo, boa oferta de ônibus e metrô.

⇒ Não deixe de reservar um dia pra conhecer Sintra.  Temos post completo para você conferir mais sobre o lugar.

⇒ Para conhecer o Oceanário de Lisboa é possível comprar o ingresso com antecedência, evitando filas e ainda aproveitando desconto. Preparamos um post para que você confira todas as informações de forma mais delhada.

NOSSA EXPERIÊNCIA

Já estivemos 3 pelo menos 3 vezes em Lisboa. Seja por conta de conexões ou por escolha, visitar a cidade é sempre agradável, considerando não apenas as atrações tutísticas, mas também a culinárias e a facilidade de comunicação devido ao idioma português.

Pra conhecer a cidade, como explicamos no post, não existe grande dificuldade, a maior parte dos pontos concentra-se nos bairros vizinhos Chiago, Baixa, Rossio e Alfama e um pouco mais afastado Belém.

Das atrações que mais gostamos, destacamos: o OCEANÁRIO DE LISBOA, o elevador de Santa Justa e o Castelo de São Jorge. Caminhas pelas ruas e praças também, faz parte do que mais gostamos.

Para hospedagem, escolhemos sempre de acordo com a localização. Preferimos ficar em ruas próximas que dão acesso a Avenida Liberdade, oferecendo fácil acesso aos pontos turísticos e aproveitando preços mais acessíveis.

SEGURO VIAGEM

Para viajar tranquilo, só curtindo as paisagens e desfrutando de todos os pontos turísticos e passeios, recomendamos o conforto (a preços justos) do seguro viagem pela empresa Real Seguro. Ela indica a seguradora mais confiável e adequada – muitas vezes a mais barata – para a cobertura dos sinistros que você quer evitar. Confira!

DSC04696

MIRANTE DE SANTA LUZIA – LISBOA

DSC04881

VISTA DO ELEVADOR DE SANTA JUSTA – LISBOA

Lisboa_map.jpg

MAPA DOS PRINCIPAIS PONTOS TURÍSTICOS DE LISBOA

Quer saber mais sobre o Oceanário de Lisboa? Confira nosso post sobre clicando aqui.

 E QUE TAL UM PASSEIO PARA SINTRA SAINDO DE LISBOA?

Leia nosso poste sobre SINTRA

⇒Gostou do blog? Clique AQUI e siga nossa fanpage do facebook!

14 comentários sobre “LISBOA

  1. Pingback: PRAGA
  2. Pingback: COPENHAGUE
  3. Pingback: CESKY KRUMLOV

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s