PISA

Não é só por causa da justa fama de sua linda torre inclinada que Pisa merece sua visita. A terra natal de Galileu Galilei confirma a beleza e o sossego da região da Toscana através de suas pontes sobre o rio Arno, das casas antigas alaranjadas, além das praças com cafés e restaurantes charmosos.

Apesar de muitas vezes subvalorizada, a cidade de Pisa é uma deliciosa opção para ser conhecida em um dia completo. Caso você queira ainda melhorar sua experiência, é recomendável dormir uma noite por lá ou estabelecer Pisa como base para desbravar suas incríveis vizinhas: Lucca, San Gimignano, Siena e a mais famosa, Florença.

imageedit_1_6518920186

TORRE INCLINADA – PISA

QUANDO IR

Nessa região da Itália, o frio não é tão rigoroso. Assim, as temperaturas muito baixas não são uma preocupação para o visitante (no inverno, variam entre 7°C e 15°C). Suas paisagens, em qualquer estação, são lindas e rendem sensações e fotos espetaculares.

Mas, se puder escolher o período para viajar até lá, recomendamos os meses de abril a junho (auge e fim da primavera). Nesta época, você encontrará temperaturas agradáveis e dias longos, com menor probabilidade de chuva.

Para maiores informações sobre o clima e a quantidade de chuvas em Pisa, consulte este atalho.

COMO CHEGAR

Avião –  O  Aeroporto Internacional Galileu Galilei é bem próximo ao centro da cidade. Após desembarcar, em pouco tempo, você estará nos principais pontos de Pisa. Para isso, logo que sair, é só comprar bilhetes na estação de trem que fica em frente à saída do aeroporto. Compre para a Estação Pisa Centrale e, em menos de 10 minutos, chegará.

Trem – meio de transporte fácil e muito utilizado na Itália. Não importa de qual cidade você vier (há saídas de Roma, Veneza, Milão, Turim, Bolonha, além das cidades vizinhas da Toscana), vai descer nas mesmas estações que citamos acima, próxima ao aeroporto ou na Pisa Centrale.

Para você ter uma melhor noção do tempo despendido nas viagens de trem: de Florença até Pisa Centrale – 1h de viagem; de Roma até Pisa –  3h a 4h. Para consultar outras cidades e valores, sugerimos a empresa TRENITALIA.

VISTO

Não é necessário

FUSO HORÁRIO

5 horas a mais que o horário de Brasília (GMT + 2).

MOEDA

Euro. Para cotação atualizada, acesse o link do Banco Central.

IDIOMA

Italiano. Apesar do sotaque carregado, é fácil encontrar pessoas que orientam ou prestam informações em inglês.

QUANTO TEMPO FICAR

Um ou dois dias é suficiente para você conhecer os principais pontos de Pisa. Mais importante é não abrir mão, mesmo que tenha pouco tempo, de visitar essa encantadora cidade. É um lugar lindo. A extraordinária Praça dos Milagres (Piazza ou Campo dei Miracoli) com a famosa torre é digna de bons momentos investidos.

HOSPEDAGEM

Uma diária em alta estação custa de R$ 170,00 a R$ 400,00, a depender do nível de conforto e localização procurados. Selecionamos alguns exemplos bem avaliados pelos hóspedes, de acordo com o Booking:

Para consulta de aluguéis de apartamentos ou casas durante uma temporada, você pode ser auxiliado pelo Airbnb.

O QUE CONHECER

Torre de Pisa – é certamente o ícone mais marcante da cidade. É conhecida também como Torre Pendente. Se quiser subir, são mais de 200 degraus para apreciar a cidade do alto por aproximadamente meia hora. O bilhete custa 15 euros. Se quiser conferir alguma eventual atualização de valores, confira o seguinte link: OPAPISA.

Se for comprar o ingresso com antecedência no link acima indicado, fique atento à necessidade de apresentar-se com meia hora de antecedência ao horário marcado no bilhete para deixar seus pertences no guarda volume. Vale ainda lembrar que, se perder a hora, só dá para subir comprando novo ingresso. Importante enfatizar que a subida é cansativa e pode gerar tontura, em virtude da quantidade de degraus e do formato da escada.

Catedral de Pisa – declarada Patrimônio da Humanidade pela Unesco, essa catedral vai chamar sua atenção na Praça dos Milagres (Piazza dei Miracoli). Ela, que fica “colada” à torre inclinada, é dedicada à virgem Maria e foi idealizada por um  arquiteto grego. Uma curiosidade sobre esta catedral é que, segundo a lenda local, os buracos pretos no mármore do lado esquerdo da fachada seriam uma tentativa do diabo de impedir a continuidade da construção deste santuário, deixando suas marcas neste lado.

Batistério (Batisterio di San Giovanni) – na mesma Praça dos Milagres, ao lado da catedral, encontra-se este prédio arredondado, que é o maior batistério da Itália e é dedicado a São João Batista. Como o próprio nome diz, era usado para celebração de batismos. Antes, os não batizados não poderiam entrar na igreja, sendo assim, eram construídos prédios anexos às igrejas para tal finalidade. Uma curiosidade em relação ao local é sobre sua acústica: os sons geram ecos que se propagam por alguns segundos.

DSC05838

BATISTÉRIO – PISA – ITÁLIA

Piazza dei Cavalieri – fica localizada bem próxima à Praça dos Milagres. Se for caminhando, considerando a frente da Torre de Pisa, basta seguir à direita pela Via Cardinale Fernado Capponi e seguir na bifurcação pela Via Martiri. Essa praça é importante por ter sido o centro político de Pisa durante a Idade Média e por nela localizar a Chiesa di Santo Stefano, um dos edifícios mais famosos do local.

Il Camposanto – construção histórica na parte norte da Praça dos Milagres. Seu campo localiza-se sobre as ruínas do batistério da antiga Igreja de Santa Reparata.

Torre da Fome (torre della Fame) –  é conhecida por ser o local onde o personagem Conde Ugolino della Gherardesca (do clássico da literatura A Divina Comédia, de Dante Alighieri) ficou preso e, para que pudesse sobreviver, teve que comer seus falecidos filhos.

Universidades – A cidade de Pisa é famosa por suas universidades. A que mais destaca-se é a  Universidade de Estudos de Pisa (a única universidade europeia a fazer parte do Universities Research Association). Fica na avenida Lungarno Antonio Pacinotti, também próxima à Praça dos Milagres (Piazza dei Miracoli).

Ponte Solferino  – oferece um visual lindo do Rio Arno. Apesar de ter águas barrentas, o rio dá um charme especial a Pisa. De lá, você vai avistar também  a Igreja de Nossa Senhora della Spina.

Nossa Senhora della Spina – de acordo com rumores antigos, em uma das paredes desta igreja localiza-se um espinho da coroa de Cristo (mas isso você não vai poder ver durante a visita, dizem que está por dentro da parede).

Igreja de San Domenico – Uma igreja bem simples e não muito famosa, vale à visita se tiver tempo livre em Pisa. Fica no início da Rua Corso Itália, em direção ao rio.

DESLOCAMENTO DENTRO DA CIDADE

Essa parte não vai te dar muito trabalho. O que é mais indicado para o turista está concentrado na Praça dos Milagres (Piazza dei Miracoli), facilmente acessível por uma caminhada tranquila a partir da estação de trem Pisa Centrale. Trata-se de aproximadamente 2 km de caminhada (média de 20 minutos), e o fluxo de turistas acaba te direcionando para o caminho correto. Se for se hospedar na cidade e escolher uma localização mais distante, tenha como referência as estações Pisa S. Rossore e Pisa Centrale, próximas à praça mais famosa. Ou seja, a forma de locomover-se dentro de Pisa – desde que seja possível para você – é caminhando!

RESTAURANTES
  • Il Ristoro Di Frate Cipolla – menu variado, com opções de bruschettas e queijos e salames de entrada, além de massas;
  • Osteria i Santi – velas nas mesas e flores ao redor tornam a saborosa comida pisana deste local ainda mais agradável, com um ambiente romântico muito perto da Piazza dei Miracoli;
  • La Grotta Osteria – decoração charmosa e boa comida (destaque para o spaghetti com carne de cordeiro) a preços acessíveis, dentro de uma gruta reproduzida;
  • L’Ostellino – famoso pelos paninis (pães recheados com diferentes temperos e queijos). Para muitos moradores de Pisa, é a casa dos melhores pães da cidade;
  • Dolcemente – clássica sorveteria artesanal de Pisa, com destaque para o sabor da bola de tiramisú. Lá também o Tartufo é recomendado: trata-se de uma bola de sorvete com recheio de chocolate quente e chocolate em pó por fora.
COMPRAS

Se tem interesse em fazer comprinhas por Pisa,  deve passar pela Via Borgo Stretto,  que fica próxima a  Via Corso Itália. É bastante movimentada e com muitas opções de compras.

NOSSA EXPERIÊNCIA

Passamos apenas algumas horas por Pisa. Chegamos de Cinque Terre – saindo da estação La Spezia – e depois fomos para Florença, tudo através de trem e comprando na hora os tíquetes. A gente costuma viajar com tudo comprado e planejado, mas bateu a vontade e nos rendemos: fomos para Pisa. Valeu a visita.

Era um sonho antigo ver a torre inclinada, um dos cartões postais italianos mais clássicos. Surpreendemo-nos com a beleza da Praça dos Milagres, uma das mais bonitas que já vimos. As ruas são muito quietas (à exceção dos arredores de sua praça principal), contrastando com o barulho e reunião de amigos e universitários nos agradáveis restaurantes e cafés das praças.

As casas margeadas pelo Rio Arno geram uma gostosa sensação no passeio pelas avenidas e pontes da cidade. Pisa conquistou também pelo charme. Almoçamos por lá (restaurante barato – menos de 15 euros para duas pessoas – e gostoso, muito perto da estação Pisa Centrale) e tivemos uma tarde bastante agradável.

DICAS

– Aprecie o visual do Rio Arno. Ele é o principal rio da região da Toscana.

– Se não tiver tempo ou paciência para enfrentar a fila para subir a torre, o Batistério oferece possibilidade de acesso ao andar superior. A vista vale à pena.

– Um local perfeito para foto  do Rio Arno é  em sua margem, na Via Lungarno Antonio Pacinotti – próxima à Universidade de Estudos de Pisa.

 

DSC05795.JPG

RIO ARNO – PISA – ITÁLIA

DSC05835

PISA – ITÁLIA

DSC05828

PISA – ITÁLIA

⇒Gostou do blog? Clique AQUI e siga nossa fanpage do facebook!

3 comentários sobre “PISA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s