CURITIBA

Capital do Paraná, conhecida pela sua organização, limpeza, beleza e temperaturas agradáveis. Local perfeito para uma agradável viagem regada a bons vinhos, boa comida, passeios em contato com a natureza, história, arquitetura e arte.

A cidade é especial para nós, marca o local em que nos conhecemos.

096

MUSEU DO OLHO – CURITIBA, PARANÁ

COMO CHEGAR

De ônibus: A rodoviária fica ao lado do Shopping Estação, em uma região bastante central e interessante para o turista. Outra vantagem da localização da rodoviária de Curitiba é que vários ônibus de linha passam ao lado da Rodoviária. Se você sai de São Paulo, por exemplo, a viagem dura cerca de 6 horas. Nem sempre o valor vale à pena, considerando o tempo de deslocamento e o valor comparado às passagens de avião.

De avião: A vantagem dessa opção além da duração do trajeto, é a quantidade de promoções que surgem para Curitiba, seja da AVIANCA, AZUL, GOL ou LATAM. Se você acompanhar as promoções, vai ver que quase sempre o destino fica entre os mais baratos, considerando a distância e o valor total da passagem.

Para verificar os valores, sugerimos o Submarinoviagens e o Decolar para consultar.

 

QUANDO IR

Curitiba é conhecida por ter uma grande variação do tempo, sendo que alguns comentam que é possível em alguns casos viver as 4 estações do ano em apenas 24 horas.

Mas para definir a época da viagem, é importante saber que o período mais quente e chuvoso corresponde aos meses de novembro a março. Em maio e junho as temperaturas começam a cair e as chuvas são mais raras. Os meses de julho e agosto marcam o auge do frio (só lembrando que Curitiba é considerada a capital mais fria do Brasil).

De uma forma geral, abril e setembro são os melhores meses. Temperaturas amenas e pouca chuva.

Apresentamos uma listagem da média de temperaturas mínimas e máximas para que possa te orientar.

Janeiro →  Mínima:  16°C  → Máxima:  27°C

Fevereiro  →  Mínima:16°C→ Máxima:  27°C

Março →  Mínima: 15°C → Máxima:  26°C

Abril  →  Mínima: 13°C → Máxima:  23°C

Maio  →  Mínima:10°C→ Máxima:  21°C

Junho  →  Mínima:8°C → Máxima: 20°C

063

JARDIM BOTÂNICO – CURITIBA, PARANÁ

Julho  →  Mínima:8°C→ Máxima:  19°C

Agosto →  Mínima:9°C → Máxima:  21°C

Setembro →  Mínima: 11°C→ Máxima:  21°C

Outubro  →  Mínima: 13°C → Máxima:  23°C

Novembro  →  Mínima: 14°C → Máxima:  25°C

Dezembro  →  Mínima: 15°C→ Máxima:  25°C

IMG-20171121-WA0052.jpg

MEMORIAL UCRANIANO – CURITIBA, PARANÁ

Como dito acima, as precipitações são maiores em dezembro e janeiro (150 mm e 165 mm, respectivamente); e são menos intensas no inverno (89 mm em julho e 74 mm em agosto).

DDD

41

QUANTO TEMPO FICAR

Geralmente, as pessoas aproveitam o final de semana para conhecer a cidade. Isso porque muitas vezes acontecem promoções quase imperdíveis para o destino. Acreditamos que esse período vale à pena e é suficiente para conhecer os pontos principais da capital, porque a cidade oferece ótimo esquema de turismo que possibilita aproveitamento do tempo. Mas, se você quiser conhecer com calma e sentir o dia a dia da cidade, sugerimos 4 dias no destino.

IMG-20171121-WA0046.jpg

ÓPERA DE ARAME – CURITIBA, PARANÁ

COMO SAIR DO AEROPORTO

O aeroporto de Curitiba fica a 18 km do centro.

Ônibus executivo – Trata-se de um transporte que faz o trajeto do aeroporto até o centro, passando pelo Teatro Guaíra, pela Biblioteca Pública, Rua 24 horas e Shopping Estação. O percurso total dura em média 30 minutos. É a nossa indicação, em virtude da comodidade e do preço. No site você pode consultar os horários e valor, que costuma ser dentro de um intervalo de 20 ou 25 minutos e o valor abaixo de 15 reais por pessoa.

Ônibus de linha –  O tempo do trajeto até o centro é de quase 2 horas, mas o valor é inferior a 5 reais. Essa opção passa pela PUC e pela Rodoferroviária e chega no Centro Cívico da cidade é a linha 208 (“Ligeirinho Aeroporto”).

014

PARADA DE ÔNIBUS – CURITIBA, PARANÁ

Para maiores informações sobre horários e preços atualizados desses ônibus, acesse esse link do Aeroporto Internacional Afonso Pena.

Táxi – É bastante cara essa opção se você estiver sozinho (a). Valor até o centro costuma ser acima de 70 reais. As companhias/cooperativas confiáveis que você pode pegar são as indicadas no link do aeroporto.

HOSPEDAGEM

Para escolher onde ficar, a dica é se hospedar no Centro, Centro Histórico ou bairro Batel.

Em relação ao centro e centro histórico (que ficam colados), é uma ótima localização para facilitar o turismo, porém o negativo é a segurança ao anoitecer. Para resolver a questão, procure locais mais movimentados para definir a hospedagem nessa região. A linha do ônibus de turismo (jardineira) parte dessa região, precisamente da Praça Tiradentes. Seguem algumas opções bem avaliadas no nosso site parceiro, Booking.

Slaviero Conceptual Rockefeller

Hotel San Juan Johnscher

Curitiba Palace Hotel

Mercure Curitiba Golden Hotel

Motter Home Curitiba Hostel

Curitiba Casa Hostel

IMG-20171121-WA0049.jpg

UNILIVRE – CURITIBA, PARANÁ

 

Sobre o bairro de Batel, é mais refinado e arborizado. O bairro tem boas opções de restaurantes. É um padrão mais elevado que geralmente envolve custos mais altos. Se você quiser mais conforto e não está tão preocupado com o valor, abaixo sugerimos boas alternativas.

Radisson Hotel Curitiba

Slaviero Conceptual Full Jazz

Slaviero Executive

Four Points By Sheraton Curitiba

048

PRAÇA TIRADENTES – CURITIBA, PARANÁ

O QUE CONHECER

Tradicionalmente, o turismo em Curitiba é feito nas famosas “jardineiras”, que são ônibus turísticos de 2 andares que percorrem todo um trajeto turístico e permitem paradas em todos os pontos que a pessoa desejar. Fornecem mapas e audio guias dentro dos ônibus. O intervalo entre os ônibus não costuma ser muito longo.

Se você quiser entender melhor sobre esse tipo de ônibus de turismo, sugerimos a leitura do post COMEÇANDO A VIAJAR PELO BRASIL. Explicamos detalhadamente nesse link. Para consultar o site da empresa das jardineiras de Curitiba, clique aqui. O valor aproximado é de R$40,00.

086

CURITIBA – PARANÁ

As 25 paradas disponíveis são:

1. PRAÇA TIRADENTES

2. RUA DAS FLORES

3. RUA 24 HORAS

4. MUSEU FERROVIÁRIO

5. TEATRO PAIOL

6. JARDIM BOTÂNICO

IMG-20171121-WA0045.jpg

JARDIM BOTÂNICO – CURITIBA, PARANÁ

7. ESTAÇÃO RODOFERROVIÁRIA/MERCADO MUNICIPAL

8. TEATRO GUAÍRA/UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ

9. PAÇO DA LIBERDADE

10. MEMORIAL ÁRABE / PASSEIO PÚBLICO

11. CENTRO CÍVICO

12. MUSEU OSCAR NIEMEYER

010

PRAÇA GARIBALDI E FONTE DA MEMÓRIA – CURITIBA, PARANÁ

13. BOSQUE DO PAPA/MEMORIAL POLONÊS

14. BOSQUE ALEMÃO

15. UNIVERSIDADE LIVRE DO MEIO AMBIENTE – UNILIVRE

16. PARQUE SÃO LOURENÇO

17. ÓPERA DE ARAME/PEDREIRA PAULO LEMINSKI

18. PARQUE TANGUÁ

IMG-20171121-WA0048

PARQUE TANGUÁ – CURITIBA, PARANÁ

19. PARQUE TINGUI

20. MEMORIAL UCRANIANO

21. PORTAL ITALIANO

22. SANTA FELICIDADE

23. PARQUE BARIGUI

24. TORRE PANORÂMICA

25. SETOR HISTÓRICO

IMG-20171121-WA0053.jpg

MEMORIAL UCRANIANO – CURITIBA, PARANÁ

São 4 descidas que você tem direito caso queira andar de jardineira. Indicamos o Jardim Botânico, a Ópera de Arame/Pedreira Paulo Leminski (bem perto daí, não deixe de conhecer a UNILIVRE e o Parque Tanguá; se não quiser ir andando até esses pontos, pegue um ônibus de linha ou mesmo um táxi – a corrida sairá barata), o Museu Oscar Niemeyer e um desses três: Santa Felicidade (para almoçar) ou o Parque Barigui ou a Torre Panorâmica.

Se você estiver hospedado no centro, não deixe de conhecer a Rua 24 horas e a Rua das Flores,. Elas ficam a uma caminhada curta da Praça Tiradentes. Outra ótima pedida é tomar uma cerveja ou algum petisco no famoso Bar do Alemão.

Se estiver no bairro Batel, aproveite para caminhar no Shopping Curitiba e no Shopping Estação. Perto deste você chega na rodoviária de onde pela manhã parte o belo passeio de trem para Morretes (3h de deslocamento), a agradável cidade do interior onde come-se um excelente barreado, toma-se banho de rio ou anda-se de caiaque e caminha-se pelas casas antigas.

IMG-20171121-WA0058

PAISAGEM EM MORRETES – PARANÁ

DESLOCAMENTO DENTRO DA CIDADE

Acima mencionamos as jardineiras, que consideramos a melhor forma de se deslocar entre os pontos turísticos e otimizar seu tempo em Curitiba. Existem outras maneiras também:

Táxi – boa relação custo/benefício pelo conforto e pela economia de tempo. Se puder dividir a corrida com outras pessoas, o valor compensa mais que ônibus de linha ou jardineira. Também é muito útil para percursos curtos para não gastar seus créditos nas jardineira (ex: descendo de jardineira na UNILIVRE, após conhecer esse lindo local, pegue um táxi para a Ópera de Arame e, em seguida, para o Parque Tanguá). Vai sair barato e você não se arrependerá. Para facilitar o cálculo e confirmar a economia, veja a quilometragem do seu percurso no Google Maps. Como exemplo, do centro até o Jardim Botânico, a corrida custará menos de R$ 25,00.

Leva e Traz gratuito – serviço muito recomendado para quem quer curtir a noite de uma maneira segura e econômica, sem se preocupar em dirigir. Funciona assim: das 7h30 às 18h30 do dia que você vai utilizar o serviço, você pede o agendamento do transporte ao responsável de um dos hotéis, restaurantes, casas noturnas, teatros e shoppings credenciados do programa para te levar a um outro estabelecimento credenciado. Esse deslocamento gratuito é feito de segunda a sábado, das 19h30 às 23h30. Confira os estabelecimentos que participam desse programa genial no link do Leva e Traz de Curitiba.

A pé ou de bike – quando o sol estiver firme na cidade, aproveite para caminhar e pedalar pelas ciclovias e pelos vários parques da capital. A dica para quem curte bicicleta é alugar uma e circular livremente (valor: R$ 50,00 por um dia) ou juntar-se às turmas do Kuritbike e seguir por um roteiro já definido pela equipe. Os melhores bairros para conhecer a pé são o centro e o Batel.

CULINÁRIA LOCAL

Barreado -carne desfiada com um tempero do próprio caldo e outras especiarias, após ser cozida por 12 horas em panela de barro. Normalmente servida com rodelas de banana, farinha de mandioca e laranja.

Pinhão  – essa semente das araucárias é paixão local e servida de várias maneiras, seja acompanhando risotos ou massas; servida como bolinho para petiscar; em sobremesas e no preparo de cervejas. Entre maio e julho sua fartura é maior, ocorrendo nesse período o Festival do Pinhão.

Costelões – prato consistente, típico das barracas de rua, e ideal para quem tá voltando da balada bem cansado. A porção de costelas é bem barata, quase o valor de um hot dog.

Pão com bolinho  -sanduíche bem gostoso, feito com pão e bolinho de carne. Ótimo para quem quer uma refeição rápida e barata.

Carne de onça  – mistura de cebola, cebolinha, temperos e carne crua (patinho ou filé mignon) moída com temperos e acompanhada de cebola e cebolinha. É excelente como petisco e acompanhada de cerveja, seja no almoço ou na janta. Não se come onça de verdade. O nome se dá pelo cheiro que provoca após consumida a cebola.

IMG-20171121-WA0047

PASSARELA PARA A ÓPERA DE ARAME – CURITIBA

RESTAURANTES

Bar do Alemão

Kawiarnia Krakowiak

Durski

Nova Polska

New York Café

Lucca Cafés Especiais

Poco Tapas

Madero

Hard Rock Curitiba

Mercado Municipal

IMG-20171121-WA0044.jpg

JARDIM BOTÂNICO – CURITIBA, PARANÁ

COMPRAS

A cidade também é avançada neste quesito. De boas feiras de antiguidades a shoppings com lojas sofisticadas, alguma ótima opção certamente vai te agradar.

Em relação a shoppings, destacamos o Pátio Batel, com bela decoração, praça de alimentação com boa oferta de comida elaborada (Vila Gourmet) e bom acervo de lojas – tem Versace, Calvin Klein, Armani, Ermenegildo Zegna e marcas populares. Ali perto, também tem o ótimo Shopping Curitiba (menos chique e que tem uma boa Livraria Cultura, Outback e boas lojas) e o Crystal Shopping (também da linha sofisticada como o Pátio Batel). Tudo isso no bairro Batel. Perto do parque Barigui, recomendamos o Parkshopping Barigui, que conta com ambiente bacana, muitas lojas e mais de trinta restaurantes.

A cidade também tem shoppings mais populares e excelentes, como o Shopping Estação e o Shopping Mueller, além de mais de 150 lojas no centro comercial (destaque para as lojas de departamento), tudo isso espalhado no centro da capital.

Para compras em ruas, mercados e feiras, também há fartas alternativas, sobretudo as lojas da Rua das Flores, no centro da cidade (nessa rua, que é em boa parte só permitida para pedestres, também tem bons cafés e bares). Para itens mais alternativos e artigos de design descolado, a dica são os arredores da Praça Espanha (ou Batel Soho). Quem deseja peças de vestuário ou calçados, a pedida é a Rua Teffé.

Cansou? Prefere antiquários? Passa lá na Feira do Largo da Ordem, no Centro Histórico de Curitiba (só funciona aos domingos, das 9h às 14h). Será uma delícia aliar compras inusitadas a um passeio pelo coração da cidade. Tá indo embora e gosta de colecionar ou presentear com algo alusivo às cidades que visita, então não deixe de comprar alguma lembrancinha curitibana nas lojinhas da Leve Curitiba.

IMG-20171121-WA0059.jpg

CURITIBA – PARANÁ

VIDA NOTURNA

O clima frio e chuvoso não é suficiente para segurar o pessoal da cidade em casa. A noite é divertida, movimentada, regada a boas cervejas artesanais e música de alto nível (muito rock e crescente sertanejo). Os destaques vão para os inúmeros bares, pubs (que já começam a encher depois da hora do expediente) e algumas ótimas baladas que enchem cedo (meia noite) e duram até 3h ou 4h.

Para baladas mais arrumadas/chiques (música sertaneja), vá até o Batel. Aos que gostam de shows mais despojados, indicamos o Batel Soho (perto da Praça Espanha). O público alternativo encontra programas ideais no bairro de São Francisco, vizinho ao centro.

Lá no centro, nas noites de sábado, a Rua São Francisco e o Largo da Ordem ficam fechados para carros, e a balada é ao ar livre/céu aberto, com vários bares sensacionais colados e muita gente na calçada.

Depois da noitada, quem tem fôlego deve provar um costelão nas barracas da madrugada. Pronto! Agora sim, depois da maratona que você encarar, estará com jeito local de curtir a ótima noite.

IMG-20171121-WA0060.jpg

RUA 24 HORAS – CURITIBA, PARANÁ

NOSSA EXPERIÊNCIA

Bom lembrar que a gente se conheceu na cidade durante o feriadão de 7 de setembro. Ambos passeamos pelos pontos turísticos através das ótimas e lotadas jardineiras. Descemos praticamente nas mesmas paradas:  Jardim Botânico (lindo e imperdível), Ópera de Arame/Pedreira Leminski (apesar de geralmente menos comentado, Rafael gostou mais desse lugar do que do anterior; a pedreira foi uma grata surpresa), bairro Santa Felicidade (restaurantes gostosos, mas existem tão bons quantos e melhores no centro e no Batel), e na Torre Panorâmica (temos um carinho enorme por esse lugar; foi lá que nos encontramos pela primeira vez; a fila aí pode ser grande, mas a vista é bacana).

Visitamos ainda a Universidade Livre do Meio Ambiente (gostamos muito daí; tem que subir na estrutura central, a experiência é massa), o Passeio Público (local agradável que abriga um zoológico e belas árvores). No centro, caminhamos pelas Rua 24 Horas, Rua das Flores, Praça Garibaldi – com a famosa Fonte da Memória (estátua do rosto de um cavalo que jorra água pela boca) e a Igreja Presbiteriana Independente.

Rafa ainda viajou de trem para Morretes bem cedo na manhã seguinte. O passeio é bem bonito e dura 3h. O azar que ele disse que teve foi a forte neblina que caiu na serra durante o trajeto, não sendo possível avistar boa parte da famosas paisagens. Ele gostou bastante da cidade, comeu um delicioso barreado em um restaurante azul e branco à beira do rio, tomou banho embaixo da ponte, caminhou pelas casas antigas e voltou às 15h.

Em Curitiba, foi no Parque Tanguá (adorou). No  centro foi ao Bar do Alemão e provou a famosa cerveja do local. Caminhou pela rua São Francisco e Largo da Ordem cheia de gente e mesas nas calçadas sábado à noite. Toda essa região central é muito bacana e deve ser conhecida. Fique atento para as ruas mais desertas. Não dê bobeira!

A cidade é ótima! Mais avançada que muitas capitais e com boas opções de passeios e diversão, com estrutura impecável para o turista. As lembranças são particularmente muito vivas para nós por ter sido o palco do nosso primeiro encontro. Dali começaram todas as viagens em casal que acrescentamos no blog.

023

CURITIBA – PARANÁ

DICAS

⇒ A capital é mais segura que a média das grandes cidades brasileiras, mas exige cuidados. Evite circular sozinho ou a pé pelo centro.

 ⇒ Curitiba é a capital mais fria do país. Ainda que aparente começar a esquentar, leve sempre um casaco e um guarda-chuva fácil. Mudanças no clima são frequentes.

⇒ Para dirigir por lá, saiba que o trânsito é bem mais tranquilo que em São Paulo e no Rio de Janeiro. Leve o GPS, baixe os aplicativos Waze e o Google Maps. Isso basta para seu sucesso ao desbravar a cidade. Não sendo esse o seu perfil, ande de táxi ou ônibus (opções que não são caras).

⇒ Apesar de alguns acharem os curitibanos um pouco frios e não muito simpáticos, não tivemos problema algum. Todos nos trataram muito bem e foram solícitos. De qualquer forma, leve tudo com bom humor e sem provocação.

⇒ Voltagem local: 110V.

055

TEATRO PAIOL – CURITIBA, PARANÁ

CURIOSIDADES

→ Curitiba tem quase 2 milhões de habitantes, distribuídos por 75 bairros. Seu nome significa “terra dos pinhais” ou “muito pinheiro” em virtude da abundância de araucárias (linda árvore alta com galhos simetricamente retorcidos no final) e pinheiros.

→ A cidade foi polo de imigração de muitos povos europeus, principalmente italianos, alemães, poloneses (segunda cidade americana com maior número de descendentes da Polônia, só atrás de Chigago/EUA; lá existe o Bosque do Papa em homenagem à visita de João Paulo II, que era polonês) e ucranianos

→ A temperatura mais baixa registrada na cidade foi de -6 °C, em 1920. Já nevou 2 vezes por lá, a última (em alguns bairros) no inverno de 2013.

043

RUA DAS FLORES – CURITIBA, PARANÁ

→ É a capital do país com menor índice de analfabetos; a quinta cidade grande mais arborizada do Brasil (para a Economist Intelligence Unit e Siemens, é a mais verde do América Latina); décima cidade nacional com melhor IDH (só 1% dos habitantes vive abaixo da linha de pobreza); com maior número de bibliotecas proporcionalmente a sua população; a quinta melhor cidade para investimentos na América Latina.

→ Na cidade há museu com fachadas originais. Seus maiores expoente são o Museu Oscar Niemeyer (formato de olho, projeto pelo renomado arquiteto) e o Museu Egípcio (remete a um templo do antigo Egito, localizado no bairro do Bacacheri).

→ Um símbolo do urbanismo autêntico de Curitiba são suas “estações-tubo”, em que o embarque é feito em nível e se paga a passagem antecipadamente. Inovação criada em 1991. Dentro de algumas delas, há pequenas coleções públicas de livros (são as “tubotecas”).

→ No bairro Santa Felicidade, fica o maior restaurante das Américas: o Madalosso, com mais de 4500 lugares e estacionamento quase mil veículos.

→ Na região de Bigorrilho, em Curitiba, foi construído o primeiro prédio giratório do mundo. Ele tem 11 andares e cada andar gira 360 graus.

→ O formato geométrico do Jardim Botânico lembra a bandeira da cidade.

073

JARDIM BOTÂNICO – CURITIBA, PARANÁ

SAM_0322

JARDIM BOTÂNICO – CURITIBA

077

JARDIM BOTÂNICO – CURITIBA, PARANÁ

SAM_0295

JARDIM BOTÂNICO – CURITIBA

062

JARDIM BOTÂNICO – CURITIBA

047

CURITIBA – PARANÁ

061

JARDIM BOTÂNICO – CURITIBA

052

JARDINEIRA EM CURITIBA

040

PRAÇA RIO BRANCO – CURITIBA

028

ARAUCÁRIA – CURITIBA

022

CURITIBA

012

CURITIBA

⇒Gostou do blog? Clique AQUI e siga nossa fanpage do facebook!

 

5 comentários sobre “CURITIBA

  1. Maria Antonia disse:

    Muito bom tudo que vocês descreveram sobre Curitiba. Parabéns!!!! 👏👏👏👏👏👏
    Legal o fato de vocês se conhecerem nesta cidade , até parece coisas de novelas.
    Que essa união seja duradoura e repleta de felicidades. 💖💞💓💕💗
    Parabéns pelo blog !!!👍👍👍👍👍👍
    Maravilhoso!!!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s