ROMA

Espetacular, grandiosa, formigueiro, impressionante, colossal, inacreditável…todos esses atributos cabem com precisão para definir Roma. A capital italiana é mais uma cidade extraordinária, das melhores para visitar no mundo.

Lugar que respira uma história incomparável, antiga capital do Império Romano, berço de várias influências da civilização ocidental. É conhecida como “Cidade Eterna”, visto que é a mais antiga cidade continuamente habitada do mundo. O povo romano acreditava que, independente do que acontecesse com o mundo e outros impérios, Roma iria durar para sempre.

Quando você passa pelos seus vários monumentos incríveis, praças e fontes conservadas, sorveterias e restaurantes maravilhosos, com povo expansivo, animado e que curte os espaços públicos, não tem dúvida que ela durará e fará isso com propriedade.

dsc02701

FONTANA DI TREVI – ROMA

QUANDO IR

Para conhecer Roma, não existem restrições de quando ir. É interessante a visita durante todo o ano, mas considerando temperatura e também a lotação do lugar, a melhor época está entre abril e junho ou setembro e outubro (fugindo do frio intenso e calor). Evite ir na Páscoa, Natal e férias de julho e agosto; nesses períodos a cidade, que já é cheia de turistas, fica ainda mais abarrotada.

O clima é agradável durante os meses de primavera e outono (média de 15°C a 20°C). No inverno, as temperaturas aproximam-se de 0°C à noite, e raramente neva por lá. O verão é de muito calor, beirando os 40°C durante a tarde. Se quiser consultar mais sobre o clima atualizado, deixamos esse link aqui.

IMG_20170808_191517_083

COLISEU – ROMA, ITÁLIA

 

COMO CHEGAR

Voos para Roma não são problema para turistas saindo do Brasil ou da maioria dos países do mundo. Pra você ter noção da duração do voo, saindo do Rio de Janeiro são 11 horas de voo direto. Consulte as melhores alternativas de voos, companhias, horários e eventuais conexões pelo site do DECOLAR.

Se chegar por outra cidade italiana, trens pra Roma não faltam. Uma boa empresa para sua consulta é o Raileurope, ou consultar diretamente na empresa Trenitalia. Procure pela estação Termini  (Stazione Termini)  que é a principal de Roma, como ponto de chegada.

Não indicamos aluguel de carro em Roma devido ao trânsito confuso e intenso.

VISTO

Não é necessário

FUSO HORÁRIO

(GMT+2)  São 5 horas à frente do horário de Brasília.

DSC04343.JPG

ROMA – ITÁLIA

MOEDA

Euro. Para cotação atualizada, confira o link de conversão monetária do Banco Central.

IDIOMA

Italiano, mas dá pra se virar também com o inglês. É interessante ter noção de algumas palavras no idioma local, para ganhar a simpatia dos nativos, evitar grosserias e até pra conhecer mais uma língua mesmo.

Expressões italianas básicas:

Ciao (oi e tchau)                                                      Biglietto (passagem)
Scusi (desculpe, com licença)                            Treno (trem)
Grazie mille (muito obrigado)                            Pullman / Bus (ônibus)
Per favore (por favor)                                             Metropolitana (metrô)
Niente (nada)                                                            Acquistare (comprar)
Nessuno (ninguém)                                                Arrivederci (até logo)
Buongiorno (bom dia)                                           Non capisco italiano (não entendo italiano)
Buon pomeriggio (boa tarde)                             Bisogno (preciso)
Buona sera (boa noite)                                          Piazza (praça)
Buonanotte (boa noite, quando estiver indo dormir)

DSC04819.JPG

JARDINS DO PALATINO – ROMA, ITÁLIA

QUANTO TEMPO FICAR

Roma é um lugar cheio de atrações e monumentos. Se você gosta de história então, vai se derreter. E não é só isso, são belas paisagens, restaurantes incríveis e muito mais.

Tem muita gente que consegue curtir muita coisa da cidade em apenas 1 dia de caminhada. É bom lembrar que, apesar de inúmeros, os pontos turísticos de Roma são concentrados em uma área não muito grande. Próximo à Piazza di Spagna fica a Fontana di Trevi, que é perto da Piazza Venezia e do Altare della Patria, o qual é vizinho ao Coliseu. A Piazza Navona é bem perto do Pantheon, entre outros exemplos.

Mas, sabendo que esse não é o estilo da maioria dos viajantes, para evitar correrias acreditamos que 3 dias seja uma boa referência de tempo na cidade. Antes de fechar, leia as opções do que fazer, veja o que mais se enquadra no seu perfil e o tempo que pretende dispensar para cada atração.

DSC04749.JPG

PARQUE VILLA BORGHESE – ROMA, ITÁLIA

COMO SAIR DO AEROPORTO

Como Roma tem dois aeroportos, preparamos orientações dos dois. Seguem abaixo.

Aeroporto Leonardo Da Vinci

Trens  – Existem trens da  TRENITALIA que saem do aeroporto com destino a Roma Termini, que é a estação principal de Roma, no centro da cidade. O percurso dura cerca de 30 minutos.

Ônibus – Você pode embarcar em frente ao terminal 2, que é o de chegada.  Para encontrar o local exato é só ir na direção apontada pelas placas como “Regional Bus Station”. As melhores paradas  são na Piazza dei Cinquecento, na estação Roma Tiburtina, Cornelia (linha A do metrô) e Eur-Magliana (linha B do metrô). Para saber mais sobre a empresa que faz esse serviço, clique aqui.

DSC04825.JPG

FÓRUM ROMANO – ROMA, ITÁLIA

Terravision – No terminal 3 você tem a opção de um ônibus que vai do aeroporto até a estação Termini. Se quiser conferir os dados diretamente no site da empresa, clique aqui. O percurso dura em média 50 minutos.

Sit (shuttle bus)  – É uma outra opção de ônibus que também faz o percurso do aeroporto para as principais regiões de Roma.  Para ir direto para o site da empresa, acesse aqui.

Táxis –  O serviço de táxi saindo do aeroporto é bastante eficiente. Você já pode consultar as tarifas de acordo com a região em que vai se hospedar, desde agora no site da empresa de táxi.

dsc02685

PIAZZA DI SPAGNA – ROMA, ITÁLIA

Aeroporto Ciampino

Sit (shuttle bus) – É uma maneira rápida, barata e segura de sair do aeroporto. Vale à pena principalmente se você está viajando sozinho(a) ou em casal e com poucas malas. Como os horários não são fixo disponibilizamos o link para sua consulta atualizada.

Táxis – Você pode consultar os valores desde agora através deste link. Uma boa opção para chegar ao centro de Roma a qualquer hora do dia ou da noite. A viagem até a estação Tiburtina, por exemplo, custa € 35. Mais tarifas disponíveis aqui.

HOSPEDAGEM

Opções não faltam, mas o valor nem sempre é o que você espera. Roma é uma cidade bastante turística e procurada, sendo assim, os melhores pontos e com melhores vistas, tem um preço realmente alto.

DSC04668.JPG

TERRAZA DEL GIANICOLO – TRASTEVERE – ROMA, ITÁLIA

Se isso não é problema, seguem boas indicações:

Já se faz questão de economia, recomendamos opções mais acessíveis. É bom ficar atento à localização para facilitar seu deslocamento e evitar gastos com transportes. Nossa dica é ficar perto da Estação Roma Termini, que te dá acesso a todos os pontos que desejar.

DSC04641.JPG

FONTE NA PIAZZA NAVONA – ROMA, ITÁLIA

O QUE CONHECER

Castelo Sant’Angelo – Também conhecido como Mausoléu de Adriano, sendo o único monumento original que acompanhou o desenvolvimento da cidade por mais de 2000 anos. Fica bem perto do Vaticano e de frente para a linda ponte com nome do mesmo santo. Fique atento pois  fecha às segundas-feiras.

Aberto de Terça a Domingo das 9h00 às 19h30. Estação de metrô mais próxima: Spagna.

Endereço: Lungotevere Castello, 50 – Roma.

dsc04566

CASTELO DE SANT’ANGELO – ROMA

Piazza Navona-  Essa famosa praça abriga a Embaixada Brasileira. Nela fica também a    Fontana dei Quattro Fiumi (em português, Fonte dos Quatro Rios). É interessante também para passar o tempo em restaurantes agradáveis e hospedagem. Estações de metrô mais próximas: Barberini ou Colosseo.

DSC04639.JPG

UMA DAS PRAÇAS MAIS BONITAS DE ROMA – ITÁLIA

Pantheon – esse monumento, também milenar (datado do ano 126), é dos mais preservados da Roma Antiga e sempre esteve em funcionamento. Abriga restos mortais de reis, heróis nacionais e artistas ilustres como  Raffaello e Annibale Caracci (pintores famosos), os reis Vittorio Emanuele II e Umberto I e a rainha Margherita. Estações de metrô mais perto: Barberini ou Colosseo.

dsc02740

PANTHEON – ROMA

Campidoglio – é uma das sete colinas de Roma e é também onde se encontra a sede oficial do prefeito da cidade. Estação de metrô mais perto: Colosseo.

Piazza Venezia – praça linda, florida, em uma das pontas da Via del Corso e de frente para o Altare della Patria  (monumento Vittoriano  da foto abaixo, que abriga o soldado desconhecido da Primeira Guerra Mundial). Estação de metrô mais perto: Colosseo.

DSC04330(1).JPG

ALTARE DELLA PATRIA – PIAZZA VENEZIA – ROMA, ITÁLIA

Museo Centrale del Risorgimento –  Na parte superior do monumento Vittoriano citado antes (exatamente 196 degraus acima) se encontra o Museo Centrale del Risorgimento (que expõe obras alusivas à unificação italiana e algumas do Renascimento). Lá de cima dá pra ter uma vista legal de Roma. Se não quiser encarar os degraus, por um custo aproximado de 7 euros, existe a opção de elevador. Estação de metrô mais próxima: Colosseo.

Fórum Romano – Fica na região central de Roma. Trata-se de ruínas de grande importância histórica e cultural por ter sido o principal centro comercial de Roma, quando da época do Império. Estação de metrô mais perto: Colosseo.

Fórum e Mercado de Trajano – é o último dos fóruns de Roma antiga e foi inaugurado em 112 d.C. Estação de metrô mais perto: Cavour.

Coliseu – construção inaugurada no ano 80 d.C, palco das grandes lutas de gladiadores. Estimam que teria capacidade para entre 50 mil e 80 mil pessoas. É o maior símbolo da Roma imperial e ponto turístico principal do país. Estação de metrô mais perto: Colosseo.

DSC04710.JPG

COLISEU – ROMA

DSC04843.JPG

INTERIOR DO COLISEU – ROMA, ITÁLIA

Arco de Constantino – Marca mais um dos triunfos de Roma, sendo construído para comemorar a vitória de Constantino na Batalha da Ponte Mílvio, 312 d.C. É vizinho ao Coliseu. Estação de metrô mais próxima: Colosseo.

Palatino –    uma das sete colinas de Roma, a 70 metros de altura. Separa, de um lado, o Circo Máximo (onde ocorriam as corridas de bigas e hoje utilizado para eventos esportivos e artísticos) e, de outro, o Fórum Romano. Atualmente, o Palatino é um museu ao ar livre, aberto somente durante o dia. Estações de metrô mais próximas: Colosseo ou Circo Massimo.

Termas de Caracala – ruínas de grandes termas imperiais, onde cabiam mais de 1500 banhistas. Consideradas, na época do Império, como uma das sete maravilhas romanas. Utilizado na era moderna para grandes eventos, como o concerto dos Três Tenores (Pavarotti, Carreras e Domingo), em 1990. Estações de metrô mais próximas: Circo Massimo ou Piramide.

DSC04340.JPG

RUÍNAS DO FÓRUM DE TRAJANO – ROMA, ITÁLIA

Basílica di San Giovanni in Laterano (São João de Latrão) – é a catedral da Diocese de Roma. É a mais antiga igreja ocidental, a primeira entre as cinco basílicas papais no mundo. Perto dela fica o maior obelisco vindo do Egito Antigo ainda em pé no mundo, com quase 500 toneladas (Obelisco Laterano ou de Latrão). Estação de metrô mais próxima: San Giovanni.

Bocca della Veritá – escultura em mármore que retrata um dos deuses romanos, considerada desde a Idade Média um detector de mentiras. Reza a lenda que, ao colocar a mão dentro da boca, caso esta fechasse ou fizesse o barulho de vento soprando, a pessoa estaria mentindo. Estação de metrô mais próxima: Circo Massimo.

DSC04677.JPG

BOCA DELLA VERITÁ – ROMA, ITÁLIA

Isola Tiberina – pequena ilha fluvial perto do Capitólio. Considerada região de mau presságio na Roma Antiga, onde os piores criminosos cumpriam penas perpétuas. É famosa por nela ter o Templo de Esculápio, o deus grego da Medicina.

Trastevere – bairro com menos turistas por ficar na outra margem do Rio Tibre. É uma região mais autêntica, a Roma dos romanos, frequentada pelos locais, com ruelas charmosas, iluminação baixa, cantinas e sorveterias menos badaladas, mas não menos deliciosas, igrejas bonitas pela simplicidade. Enfim, menos atrações turísticas e com mais cara de vida normal. Destaque para a linda vista da Terraza del Gianicolo, na Piazza Giusepe Garibaldi.

DSC04862.JPG

ARCO DE CONSTANTINO – ROMA, ITÁLIA

Palazzo Chigi – prédio de fachada simples onde funciona o governo italiano e onde reside o presidente do Conselho de Ministros. Fica entre a Via del Corso e a Piazza Colonna

Palazzo Montecitorio –   onde funciona a Câmara dos Deputados italiana. Na praça à frente fica o obelisco vindo do Egito no ano 10 a.C. por ordem do imperador Augusto.

Fontana di Trevi – maior fonte barroca italiana, inicialmente destruída pelos godos (povo bárbaro), e que foi reformada por diversos arquitetos sob encomenda de sucessivos papas. Nela há várias esculturas incríveis, como a de Netuno e de virgens romana. O lugar serviu de cenário para vários filmes, sendo o mais famoso La Dolce Vita (de Federico Fellini, com Marcello Mastroianni), além de clipes musicais. É aberto ao público (gratuito). Um dos pontos principais da capital italiana sendo, por isso, apinhada de turistas. Estação de metrô mais perto: Barberini.

dsc02698

FONTANA DI TREVI – ROMA

Palazzo del Quirinale – Muito perto da famosa fonte, fica esse palácio que é a residência do Presidente italiano. Mais bonito que o Palazzo Chigi. Estação de metrô mais próxima: Barberini.

Piazza di Spagna –    linda praça que conta na sua base com a bastante fotografada fonte em mármore com formato do casco de uma embarcação (Fontana della Barcaccia). Nela também se encontra a longa escadaria com a igreja Trinità dei Monti no topo. O lugar é muito bonito e cheio de gente. Fica perto da Via del Corso (avenida com excelentes lojas) e da Piazza del Poppolo. Estação de metrô mais perto: Spagna.

dsc04590

PIAZZA DI SPAGNA – ROMA

dsc02687

FONTANA DELLA BARCACCIA – ROMA

Ara Pacis –  altar encomendado pelo Imperador Otavio Augusto e dedicado à deusa da paz, para comemorar o período sem guerras do final do  século I a.C. Verdadeira obra-prima da arquitetura romana. Fica perto da Piazza del Poppolo e da Piazza di Spagna. Estação de metrô mais perto: Spagna.

Piazza del Popolo (Praça do Povo) – repleta de monumentos, como um obelisco central,  três belas igrejas dedicadas à Maria e duas fontes (uma delas em homenagem a Netuno). Estação de metrô mais perto: Flamínio.

Villa Borghese – área verde muito aproveitada pelos romanos para caminhadas, pedaladas e passeios e piqueniques com crianças, além de lago para namorar na beira ou em caiaques. Muito agradável e bem mais sossegada que o centro turístico da capital. Conta com belas árvores, e um lago com pássaros onde muitos casais namoram e remam. Estação de metrô mais perto: Flamínio.

dsc04748

VILLA BORGHESE – ROMA

Vaticano – cidade-Estado onde reside o Papa. Fica perto do Castelo de Sant’Angelo. Para mais informações sobre esse, que é o menor país do mundo, leia nosso post sobre o Vaticano. Você confere nele dicas importantes de como chegar, valores de ingressos e  dicas de atrações como o Museu do Vaticano e outros.

dsc02912

PRAÇA DE SÃO PEDRO – VATICANO

DESLOCAMENTO DENTRO DA CIDADE

Metrô – se você conferir o mapa da cidade, perceberá que esse transporte não cobre todos os pontos principais da cidade, contando apenas com 3 linhas. É de fácil entendimento e uso, mas muitas vezes precisa ser combinado com caminhadas e uso de outras modalidades de deslocamento. A vantagem é que o tíquete pode ser usado em outros meios de transporte. O horário de funcionamento é das 5h30 às 23h30 (durante a semana) e até 0h30, aos sábados.

As estações Colosseo, Ottaviano-S.Pietro, Spagna e Barberini são algumas das mais importantes para quem vai fazer turismo em Roma.

rome_metro

MAPA DA REDE DE METRÔ – ROMA

Ônibus/bonde – A variedade de Conibus é grande e os bilhetes são os mesmos do metrô. O ingresso deve ser adquirido antes da viagem em locais como estações de metrô em tabacarias, bancas de jornal ou no próprio ponto. Não esqueça de validar o bilhete na máquina quando entrar no ônibus. Para maiores informações sobre as linhas de bonde e ônibus, disponibilizamos esse link.

Táxis – Os preços não são abusivos e você pode ganhar tempo. Só é uma furada caso o trânsito esteja em horários conturbados.

Carro – Não indicamos essa opção. Não é fácil achar estacionamento, o trânsito é confuso e engarrafamentos são comuns. Não irá facilitar sua vida, transtorno.

A pé – Leve calçados confortáveis, como em Roma a quantidade de monumentos é enorme e a distância entre eles é relativamente curta, você acaba andando muito sem nem mesmo perceber. Em todas as nossas viagens, Roma  sem dúvidas, foi o lugar onde mais andamos.

DSC04360.JPG

RIO TIBRE (TEVERE) – ROMA, ITÁLIA

CULINÁRIA LOCAL

A culinária em Roma costuma agradar pelo sabor e simplicidade (poucos ingredientes para não confundir os sabores). Outro fator são os pratos fartos. É comum a refeição com entrada, primeiro prato, segundo prato e sobremesa. (em italiano: antipasto, primi piatti , secondi piatti).

Os destaques indiscutíveis são para as massas frescas, pizzas assadas em forno à lenha, os azeites, queijos e cortes de carne.

RESTAURANTES

Caffè Sant’eustachio – Fica no centro histórico e é considerado o melhor de Roma. Uma boa pedida é o “gran caffè”, cremoso e pouco açucarado.

Casina Valadier– Oferece uma bela vista, na  Piazza Bucarest -Villa Borghese. É bastante elegante, mas os preços não são tão acessíveis.

La Pergola– Como é considerado um dos melhores de Roma, para comer por lá, só com reserva (geralmente 1 mês de antecedência mínima). Fica nas imediações do Vaticano. É nossa indicação com custo mais alto.

O melhor de Roma é encontrar sua própria indicação para fazer. São muitas boas opções de restaurantes charmosos e deliciosos, principalmente em Trastevere.

Ah! Indicamos os melhores, mas se a grana tá curta, calma! Em Roma, assim como em outras várias cidades italianas, existem muitas opções de comida que você não precisa nem sentar para comer: banquinhas e restaurantes que vendem pedaços de pizza, sorvetes e saladas que você paga bem barato e pode sair comendo. E olha, o sabor não decepciona.

dsc04651

RESTAURANTE NO BAIRRO TRASTEVERE – ROMA

COMPRAS

De grifes mundialmente famosas a pequenas lojas que vendem suvenirs para turistas colecionadores. Não faltam opções da capital italiana.

O comércio abre de 9 às 13 horas e depois das 15:30 até as 19:30, sendo que no verão esse segundo bloco de trabalho fica de 16 às 20 h. Existem lojas que ficam abertas durante todo o dia, mas o mais comum é o que explicamos.

Melhores locais para comprar são a Via del Corso (marcas renomadas), Via Veneto (perto de um dos acessos do parque Villa Borghese e da estação de metrô Barberini e com lojas de grife e algumas mais econômicas) e as imediações da Igreja de Santa Maria in Trastevere (artesanato e lembranças mais baratas).

DSC04834.JPG

ARCO IMPERIAL NO FÓRUM ROMANO – ROMA, ITÁLIA

VIDA NOTURNA

Nossas recomendações para curtir a noite são os bairros Trastevere e Testaccio, onde os romanos conhecem e curtem bem. São animados, contam com excelentes restaurantes, casas noturnas e pubs.

Para quem gosta da famosa música erudita italiana, deve conferir a agenda de espetáculos e óperas. Roma oferece ótimas opções do tipo (clique aqui).

NOSSA EXPERIÊNCIA

Adoramos Roma. Muitas opções do que fazer e tudo muito próximo, podendo ser feito a pé. Com certeza, de todas as nossas andanças e viagens, o lugar que mais caminhamos.

Passamos 2 dias mais 1 dia para o Vaticano. Devido ao pouco tempo, aproveitamos ao máximo tudo, quase sem tempo para descanso. Visitamos a cidade no mês de maio.

DSC04816.JPG

NOS JARDINS DO PALATINO – ROMA, ITÁLIA

Para hospedagem, devido aos altos valores da cidade, ficamos próximo a Roma Termini. Achamos bastante interessante pois o local dá acesso a toda a cidade e ao aeroporto, por tratar-se de uma estação central que faz todas as ligações locais.

Sobre os pontos turísticos, dos que conhecemos e mais gostamos, destacamos: visita ao Coliseu, Fontana de Trevi, Piazza di Spagna, Piazza Navona, Pantheon e Trastevere.

A Villa Borghese e o bairro Trastevere são áreas muito agradáveis, mas entedemos que são menos turísticas. Assim, se sua prioridade é conhecer os pontos mais tradicionais, deixe aqueles dois excelentes locaispara serem visitados com tempo sobrando.

DICAS

⇒ Recomendamos que leia o post que preparamos sobre o Vaticano para programar ainda melhor sua viagem.

 ⇒ No primeiro domingo de cada mês (até as 14h, com entrada gratuita das 9h às 12h30) o Museu do Vaticano é gratuito.

⇒ O Roma Pass  é uma opção interessante para facilitar o transporte público na cidade e o acesso a museus. Oferece descontos e outros benefícios. Para adquirir ou consultar mais informações, clique  aqui. Uma outra opção é Rome City Tours, clique aqui para conferir.

⇒ Atenção para as roupas que escolher usar, dependendo da época que for, não é permitida a entrada em grande parte das atrações usando short, saias, decotes e roupas do tipo.

DSC04349.JPG

COLISEU – ROMA, ITÁLIA

CURIOSIDADES

→ Roma é uma cidade que abriga um país inteiro dentro de seu território: o Vaticano.

→ De acordo com a lenda, a cidade de Roma surgiu através da fundação de  Rômulo e Remo, gêmeos  filhos do deus Marte e da sacerdotisa Reia Sílvia, que teriam sido abandonados no Rio Tibre. Sobreviveram após terem sido resgatados e amamentados por uma loba e depois encontrados por um pastor, que os criou. Rômulo teria  matado seu irmão em um momento de raiva e criado o nome da cidade: Roma.

→  Em Roma, você vai observar que em muitas construções existem imagens da Virgem Maria, conhecida como Madonna. Existem diversas espalhadas pela cidade.

DSC04673.JPG

ROMA – ITÁLIA

→ Existe a tradição que é mantida pelos turistas de jogar uma moeda na Fontana de Trevi para garantir o retorno um dia a cidade. Todo o dinheiro arrecadado é doado para caridade.

→ A capital italiana também é marcada por muitos gatos. Inclusive, existe uma lei que proíbe interferência humana na vida dos felinos, no sentido de maltratar ou impedir que ocupem lugares.

SEGURO VIAGEM

Para viajar tranquilo, só curtindo as paisagens e desfrutando de todos os pontos turísticos e passeios, recomendamos o conforto (a preços justos) do seguro viagem pela empresa Real Seguro. Ela indica a seguradora mais confiável e adequada – muitas vezes a mais barata – para a cobertura dos sinistros que você quer evitar. Confira!

dsc04335

VIZINHANÇA DO COLISEU – ROMA

dsc04336

CAMINHANDO POR ROMA

DSC04848.JPG

POR DENTRO DO COLISEU – ROMA, ITÁLIA

DSC04338.JPG

RUÍNAS MILENARES E IGREJAS – MONUMENTOS COMUNS EM ROMA, ITÁLIA

dsc04633

LINDA FONTE NA PIAZZA NAVONA – ROMA

dsc04684

FÓRUM ROMANO – ROMA

dsc04728

ALTARE DELLA PATRIA COM VISTA PRO ENTARDECER – ROMA

dsc04815

PALATINO – ROMA

DSC04802

PALATINO – ROMA, ITÁLIA

dsc04826

FÓRUM ROMANO VISTO DO PALATINO – ROMA

dsc02646

ROMA

dsc02686

PIAZZA DI SPAGNA – ROMA

dsc02726

OBELISCO E PALAZZO CHIGI – ROMA

⇒Gostou do blog? Clique AQUI e siga nossa fanpage do facebook!

12 comentários sobre “ROMA

  1. Viveca Cabral disse:

    Acho que minha alma é italiana! É o país que mais me encanta por ser tão cheio de história, belezas naturais e arquitetônicas marcantes. Também possui um povo alegre e uma culinária maravilhosa. Não me canso de ir para lá. Se me fosse concedido um desses desejos de gênio, o meu pedido seria de viver lá.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Pingback: VATICANO
  3. Pingback: FLORENÇA
  4. Pingback: VENEZA
  5. Pingback: PRAGA
  6. Pingback: MALTA
  7. Pingback: COPENHAGUE
  8. Pingback: SÃO PETERSBURGO
  9. Pingback: CESKY KRUMLOV

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s