ORLANDO (Disney e Parques da Universal)

A terra da magia e diversão. Essa é a fama mundial dessa cidade da Flórida, na ponta sudeste dos Estados Unidos. Nela foram erguidos os parques de brinquedos e fantasia mais conhecidos do planeta, com atrações para todas as idades. Seguindo essa linha, o estúdio Universal também lá construiu dois complexos de aventura e entretenimento para o público.

Por conta desses parques, a cidade de Orlando se desenvolveu, gerando empregos (sobretudo, no setor de serviços) e estrutura excelente para turistas de todos os cantos. É uma ótima região para compras baratas de marcas renomadas, conforto e incrível atendimento em hospedagens e restaurantes, e, principalmente, para curtir os parques, voltar a ser criança e desapegar dos problemas, conforme informações descritas adiante neste post.

Não perca as dicas ao final. Elas são muito úteis e foram elencadas pensando em facilitar seu deslocamento e sua diversão na cidade.

89-2

CASTELO DA CINDERELA – MAGIC KINGDOM, DISNEY

COMO CHEGAR

São cada vez mais frequentes as promoções de voos saindo das grandes cidades brasileiras para Orlando ou Miami (cidade a 3h30 de carro até Orlando, com o maior aeroporto da Flórida). As companhias aéreas mais comuns partindo do Brasil são: LATAM, AVIANCACOPA AIRLINES ou  DELTA AIRLINES.

Vale destacar que há poucos voos brasileiros diretos para Orlando (9h aproximadas de percurso pela LATAM ou DELTA, partindo de São Paulo). A LATAM costuma fazer conexão em Santiago (Chile) e/ou Lima (Peru). A AVIANCA, em Bogotá (Colômbia). A COPA, no Panamá. A DELTA, em Atlanta (EUA).

Assim, na hora de definir o melhor voo para você pelos sites dessas companhias ou pelo DECOLAR, compare o tempo de duração das conexões e a quantidade de paradas previstas (pode demorar de 12h a mais de um dia) com a alternativa de voar direto para Miami e, de lá, seguir de carro ou avião para Orlando.

DIRIGINDO DE MIAMI A ORLANDO

Como mencionamos acima, é perfeitamente possível (e mais comum, inclusive) viajar do Brasil até Miami – trecho de pouco mais de 8h de avião – e desta cidade norte-americana seguir para Orlando em carro alugado, em estradas excelentes por 380 km.

O caminho mais utilizado é pela estrada Florida Turnpike, mas também é possível ir pela via costeira I 95 (este caminho não tem vista para o mar). Os tempos são equivalentes: percurso feito entre 3h30 e 4h, a depender do trânsito na saída de Miami e de chegada em Orlando. Inclua essas estradas no GPS ou no aplicativo Waze ou no Google Maps.

Ambas as estradas são excelentes, com asfalto e sinalização impecáveis; acostamentos com orelhões para emergências; postos de gasolina, supermercados e lanchonetes em vários pontos estratégicos bem sinalizados.

Fique atento ao “pardais” (sensores de velocidade). Eles são muito frequentes nessa estrada. Outro destaque fica para os vários pedágios da rodovia. Para não ter que contar moedas nem reservar dinheiro para cada uma dessas paradas obrigatórias, compre o “Sun Pass” ao alugar seu carro.

O “Sun Pass” consiste em uma equipamento portátil que você deve guardar/instalar em lugar vísivel do carro (fixado no parabrisa, por exemplo) e que te autoriza a trafegar por uma fila específica muito mais rápida em cada pedágio, sem precisar parar em cada um para pagar, tendo em vista que nesta fila do pedágio há sensores que detectam o sinal emitido pelo equipamento instalado e deduzem da sua quantia previamente paga o valor correspondente. É muito útil para economizar tempo e muitos norte-americanos usam.

Para aluguel de carro (importante para o deslocamento entre os parques, mesmo aos que chegam de avião em Orlando), recomendamos o acesso ao link da RENTCARS.

QUANDO IR

Praticamente todo o ano é propício para ir às atrações de Orlando. Aconselhamos os meses de maio, outubro e novembro, em virtude de serem períodos pouco chuvosos, com temperaturas suportáveis (entre 25 e 30 graus de máxima) e, principalmente, por serem menos visitados.

As filas dos parques ficam imensas durante as férias norte-americanas (julho e agosto), na época do Natal e do Ano Novo. Caso apareçam promoções ou você só possa ir nesses períodos, não hesite: os parques valem à pena e são organizados, mesmo com as longas filas.

495

CARTÃO POSTAL DO MAGIC KINGDOM – DISNEY, ORLANDO

VISTO

Se você não atende aos requisitos do Programa de Isenção de Visto Americano (VWP) – que aceita viajantes com passaportes eletrônicos de ingressarem nos EUA sem visto para lazer ou negócios por, no máximo, 90 dias -, você precisará adquirir um visto para chegar naquele país. Trata-se de uma autorização de entrada e permanência provisória exigida como medida de segurança e controle em algumas nações para evitar imigrações ilegais.

Para conseguir o visto, é necessário cumprir as seguintes etapas:

1) acessar o site oficial da representação norte-americana;

2) identificar o tipo de visto necessário para viajar aos EUA (normalmente o de turismo é o “B”);

3) preencher com atenção (sem erros, brincadeiras ou rasuras) e, ao final, imprimir o formulário online do governo americano “DS-160”;

4) ir ao site oficial do Departamento do Estado Americano e criar um conta de usuário (com seus dados corretos, que servirão de referência para o futuro envio do visto ao seu endereço por SEDEX), emitir o boleto para pagamento da taxa de solicitação do visto (MRV), agendar seu comparecimento ao CASV e também seu comparecimento à entrevista no consulado norte-americano;

5) comparecer ao CASV no dia agendado, levando seu passaporte novo e os antigos que tiver, a confirmação do formulário “DS-160” (aparece ao concluir o preenchimento do citado formulário) e a confirmação de agendamento (aparece após a confirmação de pagamento do boleto mencionado). Leve esses documentos sem anotações escritas de caneta ou rasuras. Esses documentos deverão ser devolvidos para você. São 7 CASVs no Brasil (Belo Horizonte, Brasília, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro e 2 em São Paulo). Lá no CASV, será tirada uma foto 3×4 e serão colhidas impressões digitais;

6) ir até a entrevista no Consulado dos EUA na data e horário agendado (ela só pode ser feita em Brasília, Recife, Rio de Janeiro ou São Paulo; você escolhe em qual irá ser entrevistado presencialmente). Leve para o consulado seu passaporte novo e os antigos que tiver, a confirmação do formulário “DS-160” e a confirmação de agendamento (tudo sem anotações e rasuras). Leve também os documentos que comprovem seu vínculo com o Brasil (carteira de trabalho; comprovante de residência atual; comprovante de imóvel, terreno, automóvel em seu nome; comprovante de estar cursando faculdade no Brasil; comprovante de filhos que ficarão no Brasil durante sua viagem). Nessa ocasião, seu passaporte ficará retido no consulado para análise e posterior envio do visto nele inserido;

7) entrar no site oficial de Agendamento (mencionado na etapa 4) e aguardar seu passaporte chegar com o visto dentro ao seu endereço. Caso tenha optado por pegar o passaporte com visto americano no próprio CASV, basta entrar na conta de agendamento e marcar o dia em que pretende retirar o passaporte com o visto (neste caso, deverá ficar atento ao site de agendamento todos os dias para saber quando a opção “Retirar Documento” estará habilitada).

Atendidos todos esses passos, o passaporte com o visto americano estará pronto em até 10 dias úteis após a entrevista no consulado (na prática, costuma chegar entre 5 e 7 dias depois da entrevista).

As etapas listadas acima foram organizadas utilizando como orientação o site oficial do Departamento do Serviço de Visto dos EUA. Acesse-o por aqui e cumpra os passos constantes nele. Caso não tenha entendido como proceder, entre em contato conosco através do nosso e-mail ou por comentário ao final deste post.

Para informações específicas e atualizadas, confira os endereços, telefones e horários de funcionamento dos 7 CASVs brasileiros neste link ou nesse aqui. Outra excelente fonte de informações sobre o visto é através do contato com a Embaixada ou com os consulados por este atalho.

489

FUSO HORÁRIO

UTC-05:00. Isso significa que, desconsiderando o horário de verão, são duas horas a menos que a hora oficial de Brasília.

MOEDA

Dólar. Para saber a cotação atualizada, confira o link de conversão de moeda do Banco Central do Brasil.

IDIOMA

Inglês. Todavia, o espanhol é muito bem aceito na região, haja vista que a Flórida é provavelmente o estado norte-americano com maior presença de hispânicos.

QUANTO TEMPO FICAR

Isso vai depender de quantos parques pretende conhecer. Sugerimos, no mínimo, 5 dias para visitar os principais parques, mas a melhor forma de decidir esse quesito é lendo logo abaixo o tópico ” Principais parques e atrações”, reservando pelo menos 1 dia para cada parque que decidir brincar, você terá ideia de quantos dias são necessários para sua viagem. Se pretende aproveitar também para fazer compras (muitas opções boas para essa finalidade), pense em reservar um dia também para isso.

25-3

COMO SAIR DO AEROPORTO DE ORLANDO

O ideal é alugar um carro pela RENTCARS, que – apesar dos custos de gasolina, estacionamentos e pedágios, acrescidos ao aluguel –  é muito útil para conhecer os parques, shoppings e outlets de Orlando e vizinhança.

Caso prefira ir de táxi, o valor médio da corrida até as imediações da avenida principal (Internacional Drive) é de US$ 45,00.

O Super Shuttle também sai do aeroporto e leva ao hotel. Ele é disponível em duas modalidades: a compartilhada (“shared van”, US$ 18,00 por pessoa), em que você divide o interior da condução com outros desconhecidos, e vai parando nos hotéis de cada um, na ordem de proximidade com o aeroporto; a exclusiva (“exclusive car”, US$ 70,00) leva apenas você e seus acompanhantes direto do aeroporto ao seu hotel.

Aos que desejam economizar, há transportes públicos oferecidos pela empresa Lynx, que percorre a cidade de Orlando e sua região metropolitana (Kissimmee e Lake Buena Vista). O valor da passagem de ônibus custa em torno de 2 dólares. No entanto, o trajeto do aeroporto até a Internacional Drive de ônibus dura, aproximadamente, 1h30.

A linha que faz o percurso entre o aeroporto e a Internacional Drive é a de número 42, ela também passa pelo shopping/outlet Florida Mall. Do aeroporto para o centro (Orlando Dowtown), as linhas ideais são 11 ou 51. Para ir do aeroporto direto ao Walt Disney World, pegue o ônibus 111 (que também passa no Florida Mall).

Esses ônibus da Lynx partem do Ground Transportation (nível 1 do aeroporto), na saída A do terminal principal, especificamente nas plataformas A37 até a A41. Eles são bem demorados e o traslado parece infinito.

Aqueles que têm hospedagem garantida nos hotéis da Disney, devem subir no ônibus Disney’s Magic Express, que já está incluído no valor pago do hotel (é gratuito; não precisa comprar passagem avulsa de ônibus). Dentro dos hotéis da Disney, há ônibus gratuitos que te levam até os parques.

HOSPEDAGEM

Caso não consiga se hospedar nos maravilhosos hotéis do complexo Disney, utilize como referência a Internacional Drive. Trata-se da avenida principal de Orlando, com acesso a muitos restaurantes, lojas de conveniência, farmácias e dois outlets em suas extremidades. Para quem quer pagar mais barato na hospedagem, a dica é ficar em Kissimmee ou em Lake Buena Vista, cidades vizinhas a Orlando. Seguem algumas opções bem avaliadas por turistas:

Para mais opções de hospedagem, consulte nossos parceiros especializados BOOKING, TRIVAGO e TRIPADVISOR. Caso deseje alugar uma casa, apartamento ou quarto por uma temporada, aconselhamos o acesso ao AIRBNB.

585

PRINCIPAIS PARQUES E ATRAÇÕES

São muitas as opções quando o assunto é Disney, separamos logo abaixo um pouco mais sobre os parques e atrações mais famosos, mas vale lembrar que fora essas existem outras como: Wet’n Wild, Aquatica, Typhoon Lagoon, Blizzard Beach, Legoland Florida (fica em Winter Haven, a 40 minutos de Orlando) e Busch Gardens (fica na cidade de Tampa, a 90 km de Orlando).

Para comprar ingresso dos parques, existem as seguintes opções:

Site dos parques – A compra através dos sites dos parques pode ser feita por cartão de crédito, é bom conferir neles os descontos e as promoções.

Bilheteria – Os preços dos ingressos comprados nas bilheterias geralmente são superiores as outras formas de compra. Só escolha essa alternativa se não conseguiu definir sua programação e precisa contar com flexibilidade. E, é bom pagar em dinheiro para evitar o IOF no cartão.

Agências de turismo – Essa opção é perfeita para quem quer pagar em reais e parcelar o valor dos ingressos, mas geralmente os valores são superiores.

Sites diversos-  Cuidado com essa opção, muitos sites e hotéis oferecem descontos, promoções e ótimas condições de pagamento que de fato podem ser legítimas, mas sempre existe a chance de você estar sendo vítima de golpe.

castle_318-69520

MAGIC KINGDOM

Esse é o mais conhecido e visitado parque do complexo Disney. É nele que você encontra o famoso castelo da Cinderella, pode encontrar o Mickey no seu camarim e realmente revive toda a magia Disney da sua infância, com alusões a princesas e aos personagens de Aladdin, A Bela e a Fera, Rei Leão, Branca de Neve, Alice no País das Maravilhas, Toy Story, etc. Ele é dividido em 6 partes (lands): Main Street, Tomorrowland, Fantasyland, Liberty Square, Frontierland e Adventureland.

ONDE FICA: 3111 World Dr. Lake Buena Vista, FL 32830

PRINCIPAIS ATRAÇÕES:

Foto com o Mickey no Town Square Hall – É o camarim do personagem mais famoso do parque. Depois da fila você encontra ele e a Minie, pode tirar fotos e ganha um autógrafo (Main Street).

Fotos do Castelo da Cinderlella – Fotos clássicas da Disney, sonho de muita criança e também adultos (Main Street).

Presenciar a parada com os personagens da Disney – de Cinderella a Frozen (região da Main Street);

Space Mountain: a melhor montanha-russa do parque, com trilho no escuro (Tomorrowland);

Buzz Lightyear’s Space Ranger Spin: brincar contra sua dupla em uma competição de tiro a laser para atingir o máximo de alvos, que são o vilão do personagem astronauta de Toy Story (Tomorrowland);

Tomorrowland Indy Speedway: autorama do parque em que você dirige dentro do carro (Tomorrowland); 

Para quem vai com crianças, recomendado o brinquedo do Stitch e do Monstros S/A (região da Tomorrowland)

Seven Dwarfs Mine Train: montanha-russa dos Sete Anões em que é contada uma história (Fantasyland);

Mickey’s Philharmagic: filme em 3D excelente e nostálgico, em que Mickey e Donald levam o espectador a cenas clássicas da Disney a partir da perseguição do famoso pato enfezado atrás do chapéu filosofal (Fantasyland);

Pirates of Caribbean: passeio de barco dentro de caverna, combinado com a visão de um saqueamento de piratas e fuga de Jack Sparrow (Adventureland);

Jungle Cruise: passeio por um barco safári, em que são vistos animais exóticos e acontecimentos da América do Sul, África e Ásia (Adventureland);

Splash Moutain: tradicional e tranquilo passeio por um trilho em um transporte anfíbio que desce uma íngreme ladeira, molhando os passageiros (Frontierland);

Big Thunder Moutain: famosa e sossegada montanha-russa que passa por cenários do Velho Oeste e por minas de busca pelo ouro (Frontierland);

Haunted Mansion: divertido trem fantasma que não mete medo (Liberty Square);

PARA QUEM VAI COM CRIANÇAS: Região Fantasy Land –  Peter Pan’s Flight, percurso pelo universo do menino voador que não queria envelhecer; Mad Tea Party, as xícaras giratórias de Alice no País das Maravilhas; Princess Fairytale Hall, local em que se encontra com a Cinderella e Rapunzel, em uma fila; e com Anna e Elsa, de Frozen, após outra fila; Enchanted Tales with Belle, atração com personagens e cenários de A Bela e a Fera que convida o público para interagir; Dumbo the Flying Elephant, carrossel aéreo em que você fica planando em círculos dentro do famoso elefante (região da Fantasyland); Liberty Square Riverboat: tranquilo passeio de barco, ideal para quem quer descansar depois do corre-corre ou não gosta dos brinquedos mais dinâmicos, ideal para crianças; The Magic Carpets of Aladdin: indicado para crianças, é uma viagem panorâmica em um tapete voador do clássico filme da Disney do início da década de 90 (região da Adventureland).

87-2

CASTELO DA CINDERELLA – MAGIC KINGDOM, DISNEY

SHOWS NOTURNOS (acontecem quase que em sequência, próximo ao encerramento das atividades do parque): 1) Electrical Parade – desfile dos personagens da Disney em carros alegóricos com iluminação colorida de neon e lâmpadas de led na Main Street; 2) Celebrate – bela projeção de imagens no Castelo da Cinderella; e 3) Wishes nighttime spectacular – o mais famoso e melhor show de fogos, música e iluminação de todos os parques da Disney, que acontece por trás do Castelo da Cinderella.

IMPERDÍVEL: Space Mountain, Splash Moutain, Big Thunder Moutain, Mickey’s Philharmagic, Haunted Mansion, foto com o Mickey no Town Square Hall, Wishes nighttime spectacular.

earth_318-60147

EPCOT

Pra quem gosta de viajar e tecnologia, esse parque é um sonho. Você percorre vários países em poucos minutos através das criações Disney. É o parque idealizado por Walt Disney como espaço de união entre as nações, em constante transformação por aparelhos e técnicas futuristas. O parque mais “adulto” e nosso preferido do complexo Disney. É dividido em duas partes: Future World (onde tem a famosa bola gigante, a Spaceship Earth) e World Showcase (com os pavilhões de elementos característicos e monumentos reproduzidos de diversos países).

ONDE FICA: 200 Epcot Center Drive Orlando, FL 32821.

PRINCIPAIS ATRAÇÕES: 

Soarin – sensacional simulador de passeio de asa delta por cenários deslumbrantes e famosos cartões postais do mundo; aqui procure ficar na fila B1 para curtir esse brinquedo da melhor forma possível (região da Future World);

Test Track – monte seu carro e faça o teste em uma competição de velocidade com outros participantes (região da Future World);

Mission: Space – simulador de voo espacial, desviando de meteoros; por envolver redução de gravidade, algumas pessoas passam mal, por isso há também uma versão mais tranquila, o Mission: Space Advanced Training Lab, quase um jogo de videogame em que você controla um personagem eletrônico que explora a superfície de Marte (região da Future World); 

Club Cool – local onde é possível provar refrigerantes de vários países do mundo (região da Future World);

Disney & Pixar Short Film Festival – ótimos curtas metragem da Pixar exibidos em 3D (região da Future World);

Innoventions – local que reúne várias atrações, com destaque para a Sum of All Thrills, simulador de uma montanha-russa projetada por você (região da Future World);

Pavilhão do México – lojas com sombreiros e instrumentos musicais e comidas típicas, além das pirâmides astecas completam o cenário;

Pavilhão da Itália – restaurantes de massa, réplicas das gôndolas, torres e pontes venezianas, além de outros monumentos reproduzidos;

Pavilhão do Marrocos – mesquitas, tapetes, comida árabe e chance de ver Aladdin, Jasmine e o Gênio; foi um dos nossos preferidos;

Pavilhão da França – um pouco do charme do mais romântico país do mundo está nessa área resumido, além do destaque para a sorveteria L’Artisan des Glaces;

Pavilhão do Reino Unido – show com repertório de músicas das melhores bandas de rock da história (Beatles, The Who, Led Zeppelin, Queen, Rolling Stones), cabines telefônicas vermelhas, casas de chá, cópia do Big Ben, além da chance de ver Alice do País das Maravilhas circulando fazem desse pavilhão um dos melhores do parque;

Pavilhão do Canadá – dentro de um dos seus edifícios passa o filme bacana O Canada!, narrado pelo ator e humorista Martin Short, com imagens lindas que ilustram a descrição do gigante país e dão uma vontade danada de viajar pra lá;

Pavilhão da Noruega – lá dá para tirar fotos com Anna e Elsa, do filme Frozen (no Royal Sommerhus), além de nele encontrar-se a atração Frozen Ever After, que é o passeio em uma embarcação norueguesa pelo reino onde se passa o filme Frozen, Arendelle, embalado pelas músicas da famosa animação (região do World Showcase).

* Todos os pavilhões fazem parte da região World Showcase.

PARA QUEM VAI COM CRIANÇAS   – Passaporte Disney  – em várias lojas do Epcot são vendidos esses ótimos livretos em que você vai carimbando nos diferentes pavilhões (o carimbo é gratuito) e dão uma sensação de cidadão do mundo;

377

RÉPLICA DA PONTE DOS SUSPIROS DE VENEZA – EPCOT, DISNEY

SHOWS NOTURNOS: Illuminations – Reflections of Earth: emocionante show de fogos e luzes no lago que separa a parte dos pavilhões da área futurista, e trazem a mensagem de unidade e irmandade entre os países.

IMPERDÍVEL: Soarin, Test Track, Mission:Space,  pavilhões do Marrocos, Itália, França, Reino Unido e Canadá, show noturno Illuminations.

movie-clapper-open_318-98841

HOLLYWOOD STUDIOS

É o menor parque da Disney e dedicado aos filmes. Nele há muitos teatrinhos e espetáculos interativos. É o parque em que estão sendo previstas as maiores mudanças de atrações da Disney, com as obras para futura inauguração da Star Wars Land e da Toy Story Land. Lá encontram-se os simuladores, lojas e personagens da série Star Wars, sempre com novidades.

ONDE FICA: 3111 World Drive, Orlando, FL 32830.

PRINCIPAIS ATRAÇÕES:

Rock ‘n’ Roller Coaster Starring Aerosmith – a melhor montanha-russa do complexo Disney: colorida, acelerada, na medida exata para quem sente medo,  ao som da clássica banda de rock norte-americana Aerosmith;

The Twilight Zone Tower of Terror – é um passeio muito criativo pelos andares do edifício de um hotel decadente, com história e personagens de terror que variam a depender do momento que você vai e que se encerra em um elevador que despenca alguns níveis;

Star Tours – simulador de vários ambientes de batalha do mundo Star Wars, inclusive com perseguição à nave Starspeeder 1000 e novidades do mais recente capítulo – O Despertar da Força;

Launch Bay – também voltado aos fãs de Star Wars, visto que reúne pontos para fotos com personagens e produtos dos filmes;

The Great Movie Ride – percorre cenários e cenas de filmes clássicos da história do cinema; para quem é fã da Sétima Arte como nós;

Indiana Jones Epic Stunt Spectacular – tradicional espetáculo em que atores fielmente vestidos como personagens do filme protagonizado pelo arqueólogo aventureiro interpretam cenas clássicas da série de Steven Spielberg e George Lucas, com fogo, simulação de lutas, perseguição de carros, explosões e participação da platéia;

Toy Story Mania – a maior fila do parque justifica-se por essa incrível atração que reúne diferentes jogos em 4D, com destaque para tiro ao alvo;

PARA QUEM VAI COM CRIANÇAS   – Beauty and the Beast – Live on Stage– peça de teatro de 25 minutos com atores que interpretam personagens no resumo das principais partes desse inesquecível filme de desenho animado; ele só acontece em poucos horários específicos do parque; Celebrity Spotlight – local para tirar foto e receber autógrafo de Olaf, divertido boneco de neve da animação Frozen.

673

SHOWS NOTURNOS: Fantasmic! – depois do espetáculo de fogos do Magic Kingdom (Wishes), essa é a nossa atração noturna favorita. Nela é encenada uma história encadeada com começo, meio e fim, igual a um filme, protagonizados por vários personagens clássicos da Disney e com muito show pirotécnico e belo cenário. Fique atento: não acontece todos os dias!

IMPERDÍVEL:  Rock’n’ Roller Coaster Starring Aerosmith, The Twilight Zone Tower of Terror, Indiana Jones Epic Stunt Spectacular, Toy Story Mania, Fantasmic!.

animal-paw-print_318-80149

ANIMAL KINGDOM

Apesar de ser o maior parque em área física e com muita consciência ecológica, é o menos famoso e visitado do complexo Disney. Quando fomos, não havia atrações impactantes, o que nos permitiu completar o parque até o início da tarde. Isso mudou. Já há safáris noturnos e iluminações específicas para a icônica Árvore da Vida (Tree of Life). Além disso, estão para ser inauguradas atrações incomparáveis em uma área dedicada ao filme Avatar, além de um show de encerramento (“Rivers of Light”). O parque é dividido em quatro partes: África, Ásia, Discovery Island e Dinoland USA.

ONDE FICA: 2901 West Osceola Parkway, Lake Buena Vista, FL 32830

PRINCIPAIS ATRAÇÕES:

Kilimanjaro Safaris Expedition – trata-se de um safári real em que o jipe percorre áreas que reproduzem savanas africanas, onde é possível encontrar leões, hipopótamos, guepardos, rinocerantes, zebras e outros bichos de verdade, pode ser feito de dia ou à noite, e os passageiros são acompanhados por guias; se for pela manhã, procure ir cedo para ter mais chance de ver os animais acordados (região da África);

Festival of the Lion King – espetáculo de dança, acrobacias e encenação com músicas e personagens que resume a história do melhor filme de desenho animado da Disney; emocionante (região da África);

Expedition Everest – montanha-russa bem bacana que vai atrás do Pé Grande (Yeti), que sobe bastante antes de acelerar e que tem um curto trecho feito de ré (região da Ásia);

Flights of Wonder – espetáculo com pássaros coloridos injustamente subestimado; vale à pena (região da Ásia);

Kali River Rapids – passeio de rafting pelas corredeiras de um rio que atravessa uma floresta asiática simulada; brinquedo divertido e que molha bastante (região da Ásia);

Tree of Life – símbolo maior deste parque, essa imensa árvore é talhada com rostos de animais esculpidos em largo tronco e recebeu uma elogiada iluminação noturna há pouco tempo (região da Discovery Island);

Adventures Outposts – local em que se tira foto com Mickey e Minnie vestidos para o sáfari (região da Discovery Island);

It’s Tough to be a Bug – curta metragem de animação em 3D baseado no filme Vida de Inseto; bem divertido e com algumas surpresas durante a projeção (região da Discovery Island);

Dinosaur – viagem pela pré-história à procura de um dinossauro raro; é uma atração divertida e ágil, mas algumas crianças ficam com medo do escuro no qual ela se passa (região da Dinoland USA);

PARA QUEM VAI COM CRIANÇAS:  Finding Nemo the musical – espetáculo com músicas e cenas resumidas do filme Procurando Nemo; Primeval Whril, montanha-russa infantil que gira e balança bastante; Maharajah Jungle Trek, mini-zoológico que reproduz floresta do sudeste asiático, com tigres impressionantes.

84-2

SHOWS NOTURNOS: Está para ser lançado o Rivers of Light, muito aguardado como espetáculo de águas e luzes prometido para ser muito diferente dos vistos nos outros parques.

IMPERDÍVEL: Kilimanjaro Safaris Expedition, Festival of the Lion King, Expedition Everest, Kali River Rapids, Tree of Life, Adventure Outposts.

minions_318-101803

UNIVERSAL STUDIOS

Esse parque, que fica ao lado do abaixo comentado, o Islands of Adventure, é famoso por ter pouco antes da sua entrada o Hard Rock Café de Orlando e também por incluir entre suas atrações simulador e montanha russa do Harry Potter, Transformes, Simpsons, Minions, Exterminador do Futuro, A Múmia, entre outras atrações divertidas e mais ousadas que as do complexo Disney.  É dividido em 6 áreas: Production Central, New York, San Francisco/Amity, World Expo, Woody Woodpecker’s Kidzone e Hollywood.

ONDE FICA: Boulevard, 6.000 – Orlando, FL.

PRINCIPAIS ATRAÇÕES:

The Wizarding World of Harry Potter – Diagonal Alley – dentro dessa área há vários cenários e atrações que revivem os ambientes, personagens e universo da franquia do bruxo famoso. Há lojas com produtos descritos nos livros, moedas específicas, cheiro diferente, varas de bruxaria, passeio de trem (Hogwarts Express), etc. O maior destaque dessa região do parque fica para “Harry Potter and the Scape from Gringotts”, que é uma mistura de montanha-russa e simulador em 3D muito boa e que retrata uma fuga da caverna abaixo do banco contralado por duendes.

Hollywood Rip Ride Rockit – montanha-russa excelente em que cada passageiro escolhe a trilha sonora para o seu assento. Destaque para a subida que antecede a primeira descida: é quase em 90 graus. Não aconselhado para quem tem vertigem. 

Revenge of the Mummy – The Ride – outra ótima montanha-russa, ambientada nos cenários do filme A Múmia. Ela é bem rápida e boa parte é feita no escuro, com caveiras e fogo em algumas partes. Não tem looping nem dá medo. Vale à pena.

The Simpsons Ride – uma das melhores atrações desse parque. Trata-se de um simulador de montanha-russa com os personagens do famoso desenho animado. Você usa um visor que faz seu cerébro imaginar que você está em uma montanha-russa desmoronando, embora você não saia do lugar. Muito colorido e alucinante. Divertidíssimo, mas deve ser evitado para quem tem labirintite, já que chacoalha muito.

Disaster – um dos brinquedos mais antigos do Universal Studios. Nele você participa da preparação de um filme como ator, com cenas conduzidas por um diretor excêntrico. No final, há uma cena de catástrofe com água e fogo em um metrô que para de funcionar e você vê o resultado do filme no final da atração. Achamos bem criativo e melhor que o clássico Twister.

Men in Black Alien Attack – divertida disputa de tiro contra sua dupla para vê quem atinge mais alienígenas do filme Homens de Preto.

Transformers The Ride 3D – simulador de montanha-russa muito bem feito e que retrata a luta entre robôs-carros gigantes da franquia Transformers.

Despicable Me Minion Mayhem – simulador de uma montanha-russa ao som das vozes dos minions (personagens amarelos do filme Meu Malvado Favorito) que buscam evitar uma catástrofe na fábrica de “maldades” do Gru. Ao final do passeio, tem uma sala de dança onde os minions interagem com as pessoas. Bem legal!

E.T. Adventure – atração antiga do parque, na qual você passa por cenários do filme clássico de Steven Spielberg. Dê seu nome ao funcionário desse brinquedo durante a fila. Ao final, uma surpresa bacana te aguarda.

PARA QUEM VAI COM CRIANÇAS: Woody Woodpecker’s Nuthouse Coaster (montanha-russa infantil do Pica Pau), A Day in the Park with Barney (teatro com o famoso dinossauro roxo), Animal Actors on Location (show de animais treinados), Curious George Goes to Town (brinquedo que molha e diverte muitas crianças), SpongeBob Storepants (loja com produtos do universo do Bob Esponja).

276

LOJA DO BOB ESPONJA – UNIVERSAL STUDIOS, ORLANDO

SHOWS NOTURNOS: Universal’s Cinematic Spectacular – é um desfile de atores que interpretam personagens famosos dos clássicos do cinema produzidos pelos estúdios Universal. Acontece alguns dias da semana e não é tão bom quantos os espetáculos de encerramento dos parques da Disney.

IMPERDÍVEL: Harry Potter and the Scape from Gringotts, The Simpsons Ride, Revenge of The Mummy – The Ride, Hollywood Rip Ride Rockit.

amusement-park_318-46651

ISLANDS OF ADVENTURE

Nosso parque preferido em Orlando. É o mais divertido, com atrações um pouco mais radicais, montanhas-russas e simuladores mais atualizados e acelerados. É o parque dos super-heróis Hulk, Homem-Aranha, X-Men; além de personagens como a turma do Popeye, dinossauros do Jurassic Park e os melhores brinquedos do Harry Potter. Ele é dividido em 6 ilhas: Seuss Landing, Lost Continent, The wizarding worldwide of Harry Potter, Jurrasic Park, Toon Lagoon e Marvel Super Hero Island.

ONDE FICA: Boulevard, 6.000 – Orlando, FL.

PRINCIPAIS ATRAÇÕES: 

Harry Potter and the Forbidden Journey –  depois de passar por uma (normalmente) imensa fila para o interior do castelo, você embarca em um extraordinário simulador de voo de vassoura em uma cadeira que se movimenta lateralmente, passando por partida de quadribol e ataque de dementadores. Muito bom!

Dragon Challenge – também referente ao universo de Harry Potter. São duas montanhas-russas que se cruzam em parte do percurso, representando voo de um dragão vermelho e de um dragão azul. Você escolhe qual carrinho-dragão irá subir. É preciso deixar os pertences em um cofre/armário na estação de trem simuladad (Kings’s Cross) antes de embarcar.

Jurassic Park River Adventure – em um transporte anfíbio você passa por cenários, dissonauros e explicações sobre a era jurássica e, ao final do passeio, enfrenta uma descida que molha os tripulantes.

Skull Island – Reign of Kong – simulador novo do parque e muito bem feito, retratando a ilha em que vive o gorila mais famoso do cinema, King Kong.

Dudley Do-Right’s Ripsaw Falls – similar à atração anterior, sendo que mais bem-humorado, colorido e com uma descida mais íngreme e que molha mais. Divertido.

Popeye & Bluto’s Bilge-Rat Barges – em uma grande boia circular compartilhada, você desce a correnteza de um curso de água e se molha com o movimento e com os esguichos que completam o cenário. Traz boas risadas.

The amazing adventures of Spider-Man – dos mais elogiados e divertidos simuladores de Orlando. Excelente experiência em 3D do combate entre Homem-Aranha e alguns vilões dos quadrinhos.

Doctor Doom’s Fear Fall – assentos que sobem de forma brusca e rápida e despencam a uma velocidade menor que a subida. Achamos mais emocionante que o Tower of Terror do Hollywood Studios.

The Incredible Hulk Coaster – melhor montanha-russa do parque. Acelerada desde o lançamento e com loopings. Daquelas que dá vontade de repetir várias vezes.

PARA QUEM VAI COM CRIANÇAS: as atrações da Seuss Landing e do Lost Continent são mais infantis e coloridas, com trenzinhos, shows e carrosséis voltados às crianças, sobretudo do Seuss Landing.

43-2

MONTANHA-RUSSA DO HULK – ISLAND OF ADVENTURE, ORLANDO

SHOWS NOTURNOS: Não há dentro desse parque, mas curta as atrações que ficam no Citywalk (fora dos parques da Universal, logo na saída deles). Tem loja oficial da NBA (liga de basquete norte-americano), espetáculo do Blue Man Group, restaurantes bonitos, etc.

IMPERDÍVEL: Todos que listamos acima são incríveis, mas os que mais gostamos foram: Harry Potter and the Forbidden Journey, The Incredible Hulk Coaster, The amazing adventures of Spider-Man, Popeye & Bluto’s Bilge-Rat Barges.

sea

SEA WORLD

É o parque temático da vida marinha, nele você pode conferir várias espécies e brinquedos relacionados. Antes famoso por seus shows aquáticos com animais, mas agora esses espetáculos estão chegando ao fim devido a polêmica gerada sobre até que ponto os shows não são um tipo de mal tratamento destinado aos animais.

ONDE FICA: Sea World Drive, 7.007 – Orlando, FL

PRINCIPAIS ATRAÇÕES:

One Ocean (Shamu Stadium) – é o clássico show de acrobacias das baleias orcas adestradas, aquele que rendeu fama a esse parque. Procure ir o mais cedo possível a essa atração, para observar as baleias mais animadas.

Blue Horizons – espetáculo com piruetas de golfinhos. Para alguns, é melhor que o das baleias.

Manta –  para nós, disputa com a do Hulk como a melhor montanha-russa de Orlando. O encosto do assento dessa montanha-russa é no formato de uma arraia. O diferencial dela é o percurso é feito com a barriga para baixo com jatos de água que espirram em sua direção, além de loopings. Dá um certo medo na preparação para a partida, mas é recompensador. Muito bom mesmo! Foi a que mais repetimos.

Kraken – montanha-russa bem radical e só para quem aguenta. Ela é alta e muito veloz. Nem todos que se aventuram, gostam da experiência.

Mako – nova montanha-russa do parque. É a mais longa, acelerada e alta de Orlando. Imperdível!

Journey to Atlantis – carrinho anfíbio que passeia por entre águas e termina com uma divertida descida que molha pouco os tripulantes.

Shark Encounter – aquário em que as pessoas caminham por tunéis  de material resistente transparente que os separam de tubarões, peixes e outros animais e vegetais marinhos. Linda atração.

Wild Artic – simulação de exploração pelo Pólo Ártico em que, no fim do passeio, dá para ver ursos polares e outros bichos daquela região do extremo norte do mundo.

Antarctica: Empire of the Penguin –  atração muito concorrida na qual são reproduzidas calotas de gelo e o habitat dos simpáticos pinguins do Pólo Sul, com as pessoas observando esses exemplares reais desses lindos animais.

11-2

PARA QUEM VAI COM CRIANÇAS: Tirando as montanhas-russas (Manta, Kraken e Mako), as demais atrações são também divertidas para os menores, principalmente os shows com baleias, golfinhos, leões marinhos, pinguins e os aquários.

DESLOCAMENTO DENTRO DA CIDADE

A melhor forma é, sem sombra de dúvidas, de carro. Apesar dos custos de gasolina, aluguel e estacionamentos, ele dá uma liberdade incomparável aos demais meios de transporte.

Se você alugou carro (recomendamos a RENTCARS), basta um GPS e os endereços. Só lembrando que já adiantamos os endereços de cada parque na descrição acima.

Caso não tenha alugado carro ou não queira gastar em táxis, existem opções como: A) ônibus elétrico híbrido da empresa Lynx;  e, para circular por regiões turísticas da Internacional Drive, tem o B) I-Ride Trolley.

A) Os ônibus Lynx indicados para conhecer os parques são: linhas 50 ou 56, para os parques do Walt Disney World; e linhas 21, 37 ou 40, para os parques da Universal. Cada passagem custa em torno de US$ 2,00, mas há também o passe semanal (Fixed Route 7-Day Standart Pass, que custa por volta de 16 dólares) e o passe ilimitadado para um dia (Fixed Route All-Day Pass, no valor aproximado de 5 dólares)

Quanto a este ônibus municipal, valem duas ressalvas fundamentais. A primeira é que eles são extremamente demorados. Um percurso curto de menos de 10 km é desenvolvido por ele em quase 1 hora, e tempo é um fator muito relevante na viagem para os parques de Orlando. A segunda consideração que deve ser feita é que alguns dos trajetos de ônibus para os parques não são diretos, sendo necessário fazer mudanças de ônibus gratuitas (baldeações), descendo de um ônibus em uma parada e nela esperando para mudar para outro. Para não pagar nada na mudança de transporte, peça o bilhete do transfer para o motorista do ônibus assim que subir.

Definitivamente, a cidade não foi feita para turistas em transportes públicos. Aos que, mesmo assim, preferem economizar utilizando essa alternativa, os locais em que é possível comprar o passe estão previstos neste link. Tamtém dá pra comprar on-line aqui. Para saber o horário atualizado de funcionamento das linhas, clique no site oficial.

B) I-Ride Trolley é uma jardineira decorada em madeira e flores em seu interior e que conduz os passageiros para as regiões principais da imensa avenida principal da cidade, a Internacional Drive. Esse transporte passa por vários restaurantes e lojas dessa avenida, além dos parques Sea World, Aquatica e Wet ‘n’ Wild, e dos outlets Premium Internacional Drive e Premium Vineland. Custa US$ 2,00 o bilhete individual, mas há passes ilimitados para 1, 3, 5, 7 e 14 dias.

Importante deixar claro que essa jardineira pode ser verde (Green Line) ou vermelha (Red Line). Ambas passam pelos dois outlets da extremidade da citada avenida. A vermelha passa a cada 20 minutos; a verde, a cada meia hora, e esta passa em algumas ruas transversais, atingindo a Universal Boulevard em alguns trechos. Cada uma dessas linhas (Green e Red), possuem conduções em dois sentidos: North Bound e South Bound. Assim, fique atento ao sentido que fica escrito no letreiro lateral ou na parte superior frontal desse “bondinho”.

Os ingressos do I-Ride Trolley são vendidos em vários pontos. Confira a lista completa aqui. Para quem prefere antecipar-se, eles podem ser comprados nesse site. As compras on-line geram um voucher encaminhado ao e-mail do comprador, que deve ser apresentado como comprovante ao motorista da jardineira, o qual efetua a troca pelo ticket físico.

CULINÁRIA LOCAL

Ouvimos muitas reclamaçoes em relação ao estilo de alimentação dos americanos antes da viagem, mas nossa experência foi diferente. Além das tradicionais comidas rápidas (fast food) como sanduiches, batatas fritas, milshakes e outros famosos… encontramos diversas opções oferecendo comida mexicana, frutos do mar, italiana, japonesa e outros. Separamos algumas opções no tópico abaixo. Nada exótico ou muito elaborado, mas tudo gostoso, bem servido e com atendimento rápido.

RESTAURANTES

Hard Rock Café Orlando – Essa tradicional rede que você encontra em várias cidades do mundo, está localizada na entrada dos parques da Universal. Nós gostamos muito. Indicamos.

Planet Hollywood – Restaurante com temática de cinema, com decoração caprichada, drinks interessantes e comida boa (massas ou grelhados com legumes, principalmente). O lugar à noite é bastante animado. Vale à pena. Fica em um dos acessos do complexo de entretenimento Disney Springs (antigo Downtown Disney).

Denny’s – Pra quem tem pouco tempo e quer gastar pouco, é o lugar perfeito! Fast food de qualidade, servindo além de ótimos milkshakes, brownies, sorvetes e similares aos produtos vendidos em franquias conhecidas no Brasil como McDonald’s e Bob’s, saladas caprichadas e pratos com carnes e acompanhamentos generosos. Bom e barato. Na mesma linha da lanchonete Wendy’s, só que mais gostoso que este.

Cici’s Pizza – macarronadas, pizza, sopas e sobremesas que podem ser servidas à vontade e quantas vezes quiser a um valor fixo de quase 8 dólares por pessoa. Caso queira refrigerante ou alguma proteína, o preço desses é cobrado à parte, mas também muito econômico. Fica na Internacional Drive. Outro bom e barato.

Bubba Gump – Orlando – Restaurante inspirado no filme Forest Gump, oferece pratos temáticos que vão conquistar os que apreciam camarão. Tudo no lugar faz alusão ao filme. É um lugar interessante.

Amura – Conhecido por ter o melhor sushi de Orlando!

Cheesecake Factory – O lugar perfeito para sua sobremesa. Mas saiba, não há apenas sobremesas, o lugares oferece refeições também.

Wyndham Grand Orlando – Se você ama frutos do mar e sofisticação, esse é o restaurante que você não pode deixar de conhecer. Se preço for problema, deve evitar.

Delmonicos – Casa de carne italiana. Se procura carne ou comida italiana, é o seu lugar.

Disney Springs – Na verdade não trata-se de um restaurante, e sim um complexo de atrações, lojas, restaurantes e outros. Concentra uma variedade grande de excelentes opções gastronômicas e lugares super bem decorados. Vale à pena passar por lá para fazer algumas refeições e aproveitar o lugar. O Planet Hollywood citado acima, tem filial por lá, assim como outros que você pode consultar através desse link.

3-3

HARD ROCK CAFE – ORLANDO

COMPRAS

Prepare-se para querer comprar o mundo inteiro e mais um pouco se já for fã de compras. Nós, em particular, não usamos as viagens para fazer compras, não somos muito consumistas e lojas geralmente não estão dentro do nosso foco quando estamos fora, mas na Disney tudo muda!

Não que tenhamos comprando muito, pois o orçamento não estava preparado, mas nos divertimos muito nas lojas e outlets. Marcas que aqui no Brasil são caras, lá apresentam valores de lojas populares. Podemos destacar, como exemplo, as seguintes marcas: Tommy, Calvin Klein, Victoria Secret, Levis, MAC, GAP, lojas de eletrônicos, entre outros.

São muitas opções criativas, diferentes e divertidas para ver e “brincar” nas lojas. rs

Separamos uma lista com os principais outlets e endereços. Sobre as lojas dos parques, não precisa procurar, estão por toda parte!

Florida Mall – Endereço: 8001 S Orange Blossom Trail #900, Orlando, FL 32809

Algumas lojas: Apple Store,  Oakley, GAP, Disney Store, H&M, Victoria’s Secret, Armani Exchange, Godiva, Guess, GAP, Zara, Saks 5th Ave, Forever 21, entre outros.

Premium Outlets International Drive – Endereço: 4951 International Drive – Orlando, FL

Algumas lojas: Lacoste, Nike, Ralpj Lorent, Tommy Hilfiger, Adidas, Levi’s, Hugo Boss, Victoria’s Secret, Oakley, etc.

Premium Outlets Vineland – Endereço: 8200 Vineland Avenue – Orlando, FL 32821

Algumas lojas: Carolina Herrera, Lacoste, Samsonite, Tommy Hilfiger, Ralph Laure, A|X Armani Exchange, Forever 21, Nike, Hugo Boss, Guess, Nike, Adidas, Prada, Diesel, GAP, Salvatore Ferragamo, Roberto Cavali, etc.

Mall at Millenia – Endereço: 4200 Conroy Road, Orlando, FL 32839

Algumas lojas: Prada, Gucci, Emporio Armani, Zara, MAC, Boss, Rolex, Guess, Michael Kors, Victoria’s Secret, Louis Vuitton, Apple Store, Lacoste, Sony, YSL, Cartier, Forever 21, Zara, Jimmy Choo, etc.

Outro lugar bastante interessante que falaremos mais a respeito em vida noturna é a Disney Springs. Lá existem grandes lojas como a da Lego e outras, não deixe de conferir esse lugar.
28-2

LOJA DA DISNEY – ORLANDO

VIDA NOTURNA

A vida noturna na Disney é incrível! Prepare o fôlego porque não falta o que fazer! Existem boas opções em Orlando mas o que destacamos de mais relevante para sua viagem são os espetáculos noturnos dos parques já mencionados acima e a noite no Disney Springs.

Sabe do que trata-se o Disney Springs? Antes era conhecido como Disney Downtown. É um completo de restaurantes e lojas, em volta de um lago, todo estruturado e que conta até mesmo com o Cirque du Soleil! É um lugar lindo para passear, ótimo para experimentar bons restaurantes, perfeito para compras e muito legal para terminar seu dia. E vale destacar que o lugar oferece atrações para todas as idades. Na mesma linha, tem também o Disney Boardwalk.

Para quem procura um perfil mais adulto e animado, a dica é o Citywalk na frente dos parques da Universal. Com suas casas noturnas, restaurantes de qualidade, cinema e shows, é um lugar que agrada bastante também.

Aos que querem curtir a vida noturna do centro da cidade, encontram nos fins de semana pubs, baladas e restaurantes descontraídos nas ruas Central Boulevard, Orange Street, Pine Street e Wall Street.

Na Internacional Drive, os destaques ficam para o Icebar e o Señor Frog’s (balada mexicana).

Outro programão na cidade acontece entre Outubro e Abril do outro ano, podendo estender-se até Junho: trata-se dos jogos de basquete do Orlando Magic, tradicional time da cidade que disputa o mais famoso campeonato anual desse esporte, a NBA. Para assistir a esse verdadeiro espétaculo que não encontra páreo em nenhum outro país, você deve acompanhar a tabela de jogos e comprar com antecedência o ingresso para a partida que vai acontecer no Amway Center (o ginásio do Orlando Magic) durante a época em que você estará na cidade. Vale à pena. Esse ginásio fica no Dowtown Orlando, a 15 minutos de carro dirigindo pela I-4. Além desses jogos incríveis de basquete, o ginásio também recebe shows e partidas de hockey. Confira a programação aqui.

Para programar sua vida noturna durante a viagem, sugerimos ainda que leia sobre os restaurantes, no tópico acima.

118

PLANET HOLLYWOOD – ORLANDO

NOSSA EXPERIÊNCIA

Fomos para Orlando em junho através de uma super promoção do Hotel Urbano, que incluiu carro alugado, de quatro portas e com câmbio automático + 7 diárias em um excelente e espaçoso quarto de hotel em Kissimmee (a menos de 10 km de Orlando) + passagens aéreas chegando por e voltando de Miami. Viajamos já com os comprovantes de pagamento dos ingressos dos parques.

Apesar da dificuldade inicial para sair do enorme aeroporto de Miami, em menos de 10 minutos já encontramos a espetacular estrada Florida Turnpike (uma das melhores que já dirigimos até hoje, só perdendo para as “autobahns” alemãs no caminho para a Rota Romântica). O trajeto foi bem tranquilo e rápido, com sinalização perfeita, e ficou mais rápida graças ao “Sun Pass” que mencionamos no início do post (autorização pré-paga para passar em filas específicas sem parar nos pedágios).

Enfrentamos dias quentes, mas de calor e umidade parecidos com capitais nordestinas e até menos intenso que o verão do Rio de Janeiro. Só choveu (e rapidamente) no primeiro dia de parque e no dia em que fomos ao Hollywood Studios.

Fomos ao Sea World (primeiro dia), Universal Studios e Epcot (segundo dia), Magic Kingdom (terceiro dia), Holywood Studios (quarto dia), Island of Adventure (quinto dia), Animal Kingdom (sexto dia).

As filas nos parques eram longas, mas usamos na Disney o maravilhoso Fast Pass nas atrações mais concorridas e não hesitamos em ir pela fila Single Rider.

Também fomos ao parque Old Town, vizinho ao nosso hotel, em que praticamente voamos  no Slingshot (estilingue humano), quase um bungee jump invertido, eis que nele somos lançados para o alto.

Conseguimos gastar todo o dinheiro extra que tínhamos em três outlets, entre eles o Florida Mall e o Premium Outlet Orlando. Os preços daquelas marcas absurdas são inacreditavelmente baixos por lá.

Comemos muito bem e nos surpreendemos com a variedade de restaurantes de diferentes gastronomias por lá, todos muito baratos. Esperávamos encontrar apenas hambúrgueres, milk shakes e refrigerantes gigantes. Eles existem aos montes, é verdade, mas dá para comer bem em muitos lugares por lá. Jantamos comida mexicana e japonesa; almoçamos camarões em um dia (no delicioso Bubba Gump; foi a refeição mais cara que fizemos), e um dos salmões mais gostosos que comemos nas nossas vidas (no inesquecível Hard Rock), em outro. Comemos comida árabe de primeira e sorvete italiano no Epcot. Tudo muito bom. De verdade…não lembramos de nenhuma comida enjoativa ou pesada por lá.

Ficamos impressionados com a educação, a organização e o incrível atendimento de todos (absolutamente) todos os norte-americanos. Nos restaurantes, no hotel, nos parques, estacionamentos, postos de gasolina, aeroporto, os prestadores de serviço eram solícitos, rápidos e não aparentavam incômodo em repetir as informações. Foi um dos maiores destaques da viagem. Até hoje, só vimos tratamento parecido na Alemanha, no Myanmar e no Vietnã, embora tenhamos gostado mais da qualidade do produto dos americanos.

Curtimos várias noites no Downtown Disney (atualmente batizado como Disney Springs). O lugar é um fantástico centro de entretenimento, com entrada gratuita e que fica a 10/15 minutos de carro dos parques da Disney e que reúne lojas, ótimos restaurantes, cinema, Cirque du Soleil, boliche,  visão panorâmica a partir de um balão e outras atrações que vêm surgindo com a reformulação do grande área. Gostamos demais.

Apesar desses pontos altos, quem vai para Orlando faz isso em virtude dos parques. Por isso, levando em consideração as atrações imperdíveis que listamos em cada parque descrito durante o post, resumimos na nossa ordem de preferência os seguintes: 1) Island of Adventure; 2) Epcot; 3) Magic Kingdom; 4) Universal Studios. Esses são os indispensáveis. Não saia da cidade sem visitar todos eles.

Lembrando que você pode comprar o ingresso para os parques da Universal (Islands of Adventure e Universal Studios) de forma combinada, alternando entre eles quantas vezes quiser durante o período para o qual você comprou sua entrada para eles (1 dia, 2 dias, etc). Trata-se da opção park-to-park.

Sobre os demais parques que fomos, indicamos na seguinte sequência de nosso gosto pessoal: 5) Sea World (por causa das montanhas-russas Manta, Mako e Kraken); 6) Hollywood Studios; 7) Animal Kingdom.

44-2

SIMULADOR DO HOMEM-ARANHA – ISLAND OF ADVENTURE, ORLANDO

DICAS

⇒ Não deixe de conferir o Disney Springs (antigo Disney Downton). Falamos dele na parte de vida noturna, mas é bom destacar que esse lugar vale muito uma visita! Indicamos para um final de dia.

⇒ Alugar carro em Orlando é uma boa opção, considerando a facilidade de estacionamento e facilidade de dirigir por lá. A liberdade proporcionada é indiscutível. Para tanto, indicamos o site especializado RENTCARS.

⇒ Alugou o carro e vai dirigir por estradas intermunicipais? Não hesite de comprar o Sun Pass. Já falamos sobre ele no início. Trata-se de uma autorização pré-paga para, perto dos pedágios, trafegar em uma fila específica que te permite passar sem ter que parar o carro.

⇒ Se optou por alugar carro, cuidado para não perdê-lo no estacionamento. É tudo muito grande, fique atento às placas de localização pois são muitos os relatos de pessoas que simplesmente não conseguem achar seu veículo sem solicitar ajuda. No final do dia, cansado (a), isso pode ser um desgaste.

⇒ Se quer evitar filas e não pretende disputar espaço, evite o período de férias escolares (se possível) para visitar a Disney.

⇒ Evite ir ao Magic Kingdom aos domingos ou às segundas-feiras. São os dias de movimento mais intenso.

⇒ No Magic Kingdom e no Islands of Adventure, faça seu percurso pelas atrações no sentido anti-horário. Na encruzilhada do início, caminhe pela direita: no Magic Kingdom, depois da Main Street, vá para a Tomorrowland; no Island of Adventure, dirija-se logo à área do Harry Potter. É o contrafluxo da tendência mais comum dos turistas, o que aumenta as chances de filas menores.

⇒ Nos guichês da entrada dos parques, procure o folheto do Time Guide. Ele é disponibilizado em vários idiomas e indica os horários de cada atração, o que permite programar o itinerário mais conveniente para você.

⇒ Outra dica para entrar mais rápido em algumas atrações, é seguir pela fila do “Single Rider”. Nessa opção, você entra no brinquedo separado de sua eventual companhia, sendo encaixado em vagões ou carrinhos das montanhas-russas que ainda encontram vagas isoladas. Ideal para quem não se incomoda em se divertir sozinho. Na Disney, as atrações que contam com essa alternativa mais dinâmica são: montanha-russa do Aerosmith (Hollywood Studios), Test Track (Epcot) e Expedition Everest (Animal Kingdom). Nos parques da Universal, as atrações com Single Rider são: montanhas-russas da Múmia, Rip Ride Rockit e brinquedo do Homens de Preto (Universal Studios), simulador do Homem-Aranha, montanha-russa do Hulk, Jurrasic Park River Adventure, Dudley Do-Right’s Ripsaw Falls (Islands of Adventure).

⇒ Quer evitar filas junto com sua companhia, o Fast Pass é uma excelente opção. Sabe como funciona? Ao comprar o ingresso dos parques da Disney você automaticamente tem direito a 3 Fastpass para cada dia que vai aos parques da Disney, você pode agendar o uso ao chegar ao parque ou antecipadamente. Quem ficar hospedado nos hotéis da Disney pode agendar o Fastpass com até 60 dias de antecedência, se não é o seu caso, pode reservar com até 30 dias de antecedência. Quanto antes, melhor! Para agendar, escolha uma das 3 formas possíveis: pelo aplicativo da Disney, pelo site da Disney ou no parque, em qualquer das estações do Fastpass+.

Chegando no parque no dia que você agendou os Fastpass+, quando der o horário da reserva, você poderá entrar na atração que agendou esse benefício sem passar pela fila normal com os outros visitantes.

646

MONTANHA-RUSSA DO AEROSMITH – HOLLYWOOD STUDIOS – DISNEY, ORLANDO

 

CURIOSIDADES

disney-mickey-mouse-talking_366-18A área do Walt Disney World é equivalente a da cidade californiana de San Francisco e seu complexo emprega mais de 62 mil funcionários (o maior empregador em um espaço concentrado dos EUA).

Apesar de ser o mais famoso e possuir inúmeras atrações, o Magic Kingdom é o segundo menor parque do complexo Disney, só à frente do Hollywood Studios.

A preocupação com a limpeza dos parques é tamanha que, na Disney, cada lixeira está, no máximo, a 30 passos de qualquer pessoa. 

Na Disney, nenhuma de suas lojas vendem chicletes. Trata-se de uma medida para evitar que essas gomas fiquem grudadas nas calçadas ou nos brinquedos. No Animal Kingdom, são proibidos o uso e a circulação de canudos (inclusive, nas lojas desse parque), para evitar que os animais que circulam acabem engolindo esses instrumentos.

Falando no Animal Kingdom, a Árvore da Vida é na verdade uma antiga torre de petróleo de 14 andares de altura.

→ As crianças que derrubam seus sorvetes nem precisam chorar na Disney. Lá qualquer funcionário pode dar sorvetes quando esse incidente acontece.

John Lennon escreveu a carta em que anunciava sua saída dos Beatles no hotel Polynesian, dentro do Walt Disney World.

SEGURO VIAGEM

Para viajar tranquilo, só curtindo as paisagens e desfrutando de todos os pontos turísticos e passeios, recomendamos o conforto (a preços justos) do seguro viagem pela empresa Real Seguro. Ela indica a seguradora mais confiável e adequada – muitas vezes a mais barata – para a cobertura dos sinistros que você quer evitar. Confira!

497

CASTELO DA CINDERELLA – MAGIC KINGDOM, DISNEY, ORLANDO, ESTADOS UNIDOS

486

ENTRADA DO MAGIC KINGDOM – DISNEY, ORLANDO, ESTADOS UNIDOS

532

BIG THUNDER MOUNTAIN AO FUNDO – MAGIC KINGDOM, DISNEY, ORLANDO, EUA

138

FOTOS NO SEAWORLD – ORLANDO, ESTADOS UNIDOS

 

103-2

BUZZ LIGHTYEAR’S SPACE RANGER SPIN – MAGIC KINGDOM, DISNEY, ORLANDO, EUA

 

20-2

ESQUILO NO SEAWORLD – ORLANDO, ESTADOS UNIDOS

65-3

ÁRVORE DA VIDA (TREE OF LIFE) – ANIMAL KINGDOM, DISNEY, ORLANDO, EUA

104

KILIMANJARO SAFÁRI – ANIMAL KINGDOM, DISNEY, ORLANDO, ESTADOS UNIDOS

106-3

KILIMANJARO SAFÁRI – ANIMAL KINGDOM, DISNEY, ORLANDO, ESTADOS UNIDOS

27-3

TRANSFORMERS THE RIDE-3D – UNIVERSAL STUDIOS, ORLANDO, ESTADOS UNIDOS

381

PAVILHÃO DA ITÁLIA – EPCOT CENTER, DISNEY, ORLANDO, ESTADOS UNIDOS

844

DESFILE DOS SUPER-HERÓIS – ISLANDS OF ADVENTURE, ORLANDO, ESTADOS UNIDOS

48-3

RESTAURANTE RAIN FOREST – DISNEY SPRINGS, ORLANDO, ESTADOS UNIDOS

473

LOJA DA LEGO – DISNEY SPRINGS, ORLANDO, ESTADOS UNIDOS

901

MONTANHA-RUSSA DO HULK AO FUNDO – ISLANDS OF ADVENTURE, ORLANDO, EUA

801

CASTELO DO HARRY POTTER – ISLANDS OF ADVENTURE, ORLANDO, EUA

805

CENÁRIOS DE HARRY POTTER – ISLANDS OF ADVENTURE, ORLANDO, ESTADOS UNIDOS

804

DRAGON CHALLENGE – ISLANDS OF ADVENTURE, ORLANDO, ESTADOS UNIDOS

710

BRINCANDO EM UMA LOJA DA HOLLYWOOD STUDIOS – DISNEY, ORLANDO, EUA

751

BRINCANDO EM UMA LOJA DO HOLLYWOOD STUDIOS – DISNEY, ORLANDO, EUA

697

BRINCANDO DE STAR WARS – HOLLYWOOD STUDIOS, DISNEY, ORLANDO, EUA

462

EPCOT CENTER – DISNEY, ORLANDO, ESTADOS UNIDOS

689

SHOW DO INDIANA JONES – HOLLYWOOD STUDIOS, DISNEY, ORLANDO, ESTADOS UNIDOS

750

BRINCANDO EM UMA LOJA DA HOLLYWOOD STUDIOS – DISNEY, ORLANDO, EUA

⇒Gostou do blog? Clique AQUI e siga nossa fanpage do Facebook!

5 comentários sobre “ORLANDO (Disney e Parques da Universal)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s