ESTOCOLMO

Não é à toa que a maior cidade da Suécia é considerada a mais bonita das capitais dos Países Escandinavos. Espalhada por várias ilhotas com diferentes atrações  e monumentos medievais, clássicos e modernos, é uma parada obrigatória para quem deseja conhecer a terra dos vikings e dona de um dos maiores índices de qualidade de vida do planeta.

Confira nas seções seguintes como chegar, quando ir, onde se hospedar, o que conhecer, onde trocar dinheiro, restaurantes recomendados, baladas mais elogiadas, comida típica e outras informações úteis.

20170529_101123~2

PRAÇA STORTOGET, EM GAMLA STAN (ESTOCOLMO, SUÉCIA)

COMO CHEGAR

De avião ou de barco/cruzeiro.

Avião: Não há voo direto do Brasil para Estocolmo. Todavia, o aeroporto de Arlanda (ARN) – localizado a 45 km da capital sueca – é servido de voos regulares, sem conexão e relativamente baratos que saem de grandes cidades europeias facilmente acessadas por voos diretos vindos de São Paulo e/ou Rio de Janeiro, tais como:

Lisboa (voo de 4h15 de duração para Estocolmo, operado pela TAP);

Paris (voo de 2h30 de duração para Estocolmo, operado pela SAS, Norwegian Air, Air France);

IMG-20180912-WA0040~2

IGREJA DE ST. JACOBS, EM NORRMALM (ESTOCOLMO, SUÉCIA)

Londres (voo de 2h25 de duração para Estocolmo, operado pela SAS, Norwegian Air, British Airways);

-Madri (voo de 3h50 de duração para Estocolmo, operado pela Air Europa, Iberia, Norwegian Air, Finnair);

Barcelona (voo de 3h35 de duração para Estocolmo, operado pela Norwegian Air);

IMG_8283~2

-Frankfurt (voo de 2h de duração para Estocolmo, operado pela Lufthansa, SAS);

Amsterdã (voo de 2h de duração para Estocolmo, operado pela Norwegian Air, SAS, KLM);

Roma (voo de 3h10 de duração para Estocolmo, operado pela SAS, Norwegian Air).

-Milão (voo de 2h40 de duração para Estocolmo, operado pela SAS, Norwegian Air).

*Entre todas as simulações que fizemos, as passagens aéreas mais baratas que encontramos foram da SAS, Iberia e Air Europa.

IMG-20180912-WA0056~2

PARLAMENTO – ESTOCOLMO, SUÉCIA

**Compare os diferentes pontos de partida acima citados (pelos sites: Skyscanner, Viajanet, Max Milhas, 123 Milhas) para escolher o que melhor se adeque ao seu orçamento para a época que pretende conhecer Estocolmo.

***Para acompanhar as promoções aéreas, baixe os aplicativos do Melhores Destinos, Submarino e Passagens Baratas, de forma a receber automaticamente e-mails com avisos de passagens a baixos preços em tempo real.

IMG_8342

VISTA DE ESTOCOLMO A PARTIR DA PREFEITURA/STADSHUSET

Embarcação – Além disso, por espalhar-se entre ilhas, também é perfeitamente possível chegar de ferry ou cruzeiro em Estocolmo. Os portos de embarque mais comuns ficam na Alemanha (Warnemunde e Kiel), Bélgica (Zeebrugge), Dinamarca (Copenhague), Noruega (Bergen), Estônia (Tallinn), Finlândia (Helsinque) e Rússia (São Petersburgo). Consulte o site 123Cruzeiros para ver a opção que inclui o melhor roteiro náutico envolvendo Estocolmo ou então as companhias MSC, Costa e Norwegian Cruise Line – as mais respeitadas nesse quesito.

OBS: Para quem está em Copenhague, outra opção é seguir de trem de alta velocidade até Estocolmo. O preço costuma ficar perto de 50 euros por pessoa (pouco mais barato que a passagem aérea nos voos da Norwegian Air e da SAS). A duração desse transporte terrestre super confortável que sai da estação Kobenhavn H (ao lado do parque de diversões Tivoli, exatamente aqui) e chega na estação central de Estocolmo (Stockholm C, bem no centro da cidade, entre a Prefeitura e o Parlamento, exatamente aqui) é de 5 horas e a passagem só pode ser comprada com menos de 1 mês de antecedência para a data da viagem. Caso deseje chegar dessa forma, consulte o site oficial da empresa de trem (SJ) ou o site da Rail Europe. Não esqueça de levar o comprovante de sua passagem com o QR Code (em papel ou no celular) e seu passaporte.

IMG_8284~2

MIRANTE MONTELIUSVÄGEN, EM SÖDERMALM (ESTOCOLMO, SUÉCIA)

QUANDO IR

Os melhores meses para conhecer Estocolmo são maio e junho, por equilibrarem temperatura amenas (média de 11ºC e 16ºC, respectivamente) e baixo índice de chuvas, além de escurecerem mais tarde que os meses secos e gelados de inverno. Outro bom período para viajar até lá é no outono – entre setembro e outubro -, pelas características semelhantes as já citadas, embora com maior quantidade de chuvas do que maio e junho. O verão é a época de maior precipitação, o que sempre consideramos como critério decisivo para evitar nossas viagens.

Para saber os festivais que acontecem em Estocolmo e se algum deles coincidirá com os dias de sua viagem – destaque para o Festival Summer e para o Baltic Sea Festival -, acesse esse link ou esse aqui.

IMG-20180912-WA0059~2

MUSEU NÓRDICO/NORDISKA MUSEET EM DJURGARDEN (ESTOCOLMO, SUÉCIA)

VISTO

Não é obrigatório para turistas brasileiros. Basta levar o passaporte válido por 3 meses a contar do voo da volta. Da mesma forma, nenhuma vacina é exigida de brasileiros.

Para informações diplomáticas mais detalhadas, consulte o Portal Consular ou o site da Embaixada da Suécia.

20170528_122358~2

VISTA DE RIDDARHOLMEN (À DIREITA) E DE GAMLA STAN (À ESQUERDA) – ESTOCOLMO

FUSO HORÁRIO

GMT +1 ou, entre o fim de março e o fim de outubro, GMT +2. Isso significa que, no outono e inverno suecos, são 4 horas a frente do horário de Brasília; na primavera e no verão de lá, são 5 horas adiantas em relação ao nosso fuso. Assim, quando aqui o relógio marca 8h30 da manhã, em Estocolmo são 12h30 ou 13h30, a depender do mês.

20170528_193206.jpg

PREFEITURA/STADSHUSET – ESTOCOLMO, SUÉCIA

MOEDA

Coroa sueca (SEK). Para ter uma estimativa da cotação atualizada, acesse o conversor monetário oficial do Banco Central do Brasil.

Já viaje com dólares norte-americanos ou euros. As casas de câmbio na Suécia não aceitam reais brasileiros para trocas.

IMG-20180912-WA0054~2

PARTE DA VISTA DO MIRANTE MONTELIUSVÄGEN – ESTOCOLMO, SUÉCIA

agências bancárias e casas de câmbio confiáveis (Forex Bank, SEB, X-Change) no aeroporto (principalmente, no terminal 5), na rodoviária, nos shoppings e perto dos pontos turísticos do centro e de Gamla Stan, sem esquecer a troca realizada nas hospedagens (importante consultar antes de chegar lá se o seu hotel faz esse câmbio).

Para evitar pagar taxas de comissão, indicamos que leve o cartão de crédito habilitado para uso internacional e saque o dinheiro pretendido – cerca de 120 dólares/diários por pessoa – nos caixas eletrônicos (ATM) que ficam nos Terminais 2, 4 e 5 do aeroporto (o terminal 5 também conta com caixas eletrônicos onde é possível sacar euros).

IMG_8289~3 - Cópia

NO MIRANTE MONTELIUSVÄGEN (EM SÖDERMALM) – ESTOCOLMO, SUÉCIA

IDIOMA

Sueco. Apesar disso, não há nenhuma dificuldade na comunicação para o turista que sabe falar o básico em inglês. Isso porque a educação no país é poliglota.

Sempre ajuda se você tiver um celular com acesso à Internet no local visitado e tiver baixado aplicativos de tradução de palavras escritas e sons. Indicamos o Google Tradutor, o Lexifone (capaz de gerar áudios no idioma escolhido e traduzir áudios) e Wordlens (traduz placas e textos mediante a foto tirada por seu celular, o aplicativo traduz para você o que está escrito).

IMG-20180912-WA0053~2

PREFEITURA VISTA DA ILHA DE RODDERHOLM – ESTOCOLMO, SUÉCIA

QUANTO TEMPO FICAR

3 dias completos são suficientes para conhecer as principais atrações da capital sueca, aí incluído tempo para entrar nos museus mais impressionantes, parar no mirantes mais famosos, entrar nos parques e passear pelas ruas estreitas da linda ilhota histórica de Gamla Stan.

IMG_8304~3

STORTOGET ÀS 23H NA PRIMAVERA – ESTOCOLMO, SUÉCIA

COMO SAIR DO AEROPORTO

A maneira mais barata é sair no ônibus executivo da empresa Flygbussarna que leva até a estação central de Estocolmo, saindo dos Terminais 2, 3, 4 e 5 do aeroporto de Arlanda. Há várias máquinas espalhadas pelo aeroporto e guichês com atendentes onde é possível comprar sua passagem (cerca de 99 coroas suecas/SEK ou 10 dólares), com pouquíssimas paradas no percurso de 30 a 40 minutos.

Clique no link destacado para comprar a sua com antecedência e com desconto – fique atento que a passagem comprada é válida por 3 meses a contar da compra. Lá no site você encontra os horários de saída e os preços de cada modalidade de passagem (só ida, ida e volta, passe familiar, etc).

arn-oversiktskarta-ny

TERMINAIS DO AEROPORTO DE ARLANDA – ESTOCOLMO, SUÉCIA

Para quem quer chegar no centro mais rápido, a dica é ir no trem Arlanda Express. A duração da viagem por esse modal é de 20 minutos. Confira os preços e os horários de funcionamento/frequência dos trens.

Há várias cooperativas de táxi (indicamos a Taxi Stockholm) espalhadas no saguão de desembarque com preços tabelados até os bairros do centro turístico, muitos deles elétricos e ecológicos. Sigas as placas que direcionam até a seção de táxis ou procure o centro de informações para localizá-los (placas com letra “I”).

Existe também a alternativa do Uber, porém é bastante caro o percurso entre o aeroporto de Arlanda e o centro de Estocolmo (em simulação feita, o custo da corrida foi de cerca de 440 SEK em veículo com capacidade para 4 pessoas; se todas puderem dividir, o valor per capita é semelhante ao Flygbussarna, mais rápido e confortável que este).

IMG_8305~2

GAMLA STAN – ESTOCOLMO, SUÉCIA

HOSPEDAGEM

Indicamos que se hospede em Gamla Stan (ilha turística mais antiga e com ares românticos e medievais) e em Norrmalm (região perto do centro comercial e da estação central de trens e ônibus). Essas são, não sem motivo, as áreas de maior concentração de hospedagens, com alternativas mais baratas que a média encontrada em Copenhague. A seguir, listamos algumas bem avaliadas:

Mais sofisticados

IMG_8338

JARDIM DA PREFEITURA/STADSHUSET – ESTOCOLMO, SUÉCIA

Custo-benefício

  • Hotell Skeppsbron (bom custo-benefício, com quarto privativo e banheiro compartilhado em Gamla Stan; nota 8,7 no Booking);
  • Hobo (quatro estrelas em Norrmalm; nota 8,9 no Booking);
  • Radisson Blu Royal Viking Hotel (ao lado da estação central, também em Norrmalm; vantagem de ter o padrão de serviço de uma rede confiável de hotéis e uma ótima localização; nota 8,1 no Trivago);
  • Hotel Hornsgatan  (duas estrelas localizado em Södermalm, perto de um dos mais belos mirantes da capital sueco; quartos com banheiro compartilhado e quartos com banheiro privativo; nota 9,1 no Booking).
20170528_122556~2

ESTOCOLMO, SUÉCIA

Mais baratos

  • Loginn Hotel (duas estrelas instalado em um navio em Södermalm, pertinho do centro histórico de Gamla Stan; nota 8,4 no Booking);
  • Old Town Lodge (um dos mais baratos localizados em Gamla Stan; diferentes tipos de quartos, alguns compartilhados sem janela, outros privativos sem janela separados de outras camas por uma cortina; banheiro compartilhado; ambiente limpo e bem cuidado, com localização impecável como maior ponto positivo; nota 8,2 no Booking);
  • Hotel Den Röda Baten (albergue localizado em dois barcos atracados em Söderlmam; quartos com banheiro compartilhado; nota 7,7 no Booking).

Para mais alternativas, consulte o Booking, Trivago, Tripadvisor. Se tem interesse em alugar um quarto, apartamento ou uma casa para uma temporada, tirando suas dúvidas diretamente com o proprietário, acesse o Airbnb.

Qualquer que seja o hotel escolhido, pergunte com antecedência se eles oferecem gratuitamente o serviço de transfer do/para o aeroporto, principalmente se você chegar em um horário no qual os metrôs não estejam funcionando (de madrugada ou nas manhãs de sexta-feira).

20170528_123103~2

CHARMOSA RUA EM GAMLA STAN – ESTOCOLMO, SUÉCIA

O QUE CONHECER

São atrações lindas espalhadas em ilhas quase que temáticas. Nossa preferida foi Gamla Stan, lugar que deve ser sua prioridade, seguida de Djurgarden – ilha dos parques e museus. A seguir, pontos turísticos de cada ilhota do centro de Estocolmo em ordem de preferência.

Gamla Stan: é a ilha onde Estocolmo foi fundada. É a cidade-velha, com ruelas estreitas, praças românticas, casas coloridas, quermesses, comércio de souvenirs e ares medievais. Vale muito a pena se perder por suas poucas ruas. Não demora mais do que 2 horas de caminhada (isso se você não parar). Destaque para o Stortoget (praça mais fotografada da cidade, com bistrôs, flores, edifícios coloridos lado a lado e o Museu Nobel, onde são dados todos os prêmios Nobel – exceto o da Paz; a praça localiza-se aqui), o Palácio Real/Kungliga slottet (com possibilidade de visita a alguns ambientes e aposentos; compre no site oficial seu ingresso antecipadamente; fica aqui), a Catedral de São Nicolau/Storkyrkan (fica aqui), a Igreja Alemã de Santa Getrude (fica aqui), a Casa da Nobreza/Riddarhuset (fica aqui), a Galeria de Arte/Konsthallen (fica aqui).

IMG-20180912-WA0049~2

PREFEITURA/STADSHUSET – ESTOCOLMO, SUÉCIA

Anexados a Gamla Stan ficam a ilha de Helgeandsholmen – onde fica o Parlamento/Riksdagshuset sueco e um lindo jardim (exatamente aqui) – e a ilha de Riddarholmen (onde fica a linda igreja Riddarholmskyrkan, que fica aqui; o Stenbock Palaces, que fica aqui; a Torre Arredondada/Birger Jarls Torn, que fica aqui; e um calçadão panorâmico com belas vistas para a Prefeitura/Stadshuset e para a ilha de Södermalm). Ônibus úteis: linhas 2, 55, 57, 76, 96, 191, 192, 193, 194, 195 (parada Slottsbacken) ou linha 3 e 53 (parada Mälartorget, ao lado da estação de metrô “Gamla Stan”). Metrôs: 13, 14, 17, 18, 19 (estação Gamla Stan).

20170528_151738~2

PRAÇA STORTOGET E PEDAÇO DO MUSEU NOBEL, EM GAMLA STAN (ESTOCOLMO, SUÉCIA)

Djurgarden: é quase a “ilha da diversão” pela quantidade de entretenimento que oferece, notadamente museus e parques. Fica na zona leste do centro turístico, com um lindíssimo calçadão entre Gamla Stan e Norrmalm até lá, com prédios de belas fachadas e terminais de balsas movimentados e restaurantes bacanas no caminho. Destaques: Vasamuseet (um dos 5 museus mais incríveis que já conhecemos, localizado aqui; nele fica um imenso e super decorado navio de guerra do século XVII que foi a pique pouco depois de sair do porto de Estocolmo; o museu é sobre a construção do navio e o contexto de conquistas territoriais históricas do império sueco, com várias seções interativas; tem que ver para entender; é espetacular; para horários de funcionamento, preços atualizados e compra antecipada de ingressos, clique neste link), Aquário (fica aqui), Museu Abba (sobre o conjunto pop famosíssimo; fica aqui); parque de diversões Gröna Lund (fica aqui); Museu Nórdico/Nordiska museet (sobre a cultura nórdica e a influência viking na sua formação, com linda fachada; fica aqui); museu infantil Junibacken (fica aqui); arena de circo (fica aqui); Museu de História Natural/Biologiska museet (fica aqui); Skansen (área com zoológico e fazendinhas; fica aqui); palácio e jardim de Rosendal (fica aqui). Ônibus úteis: linhas 67 (parada Nordiska Museet), 69 e 76 (parada Djurgardsbron). Bonde elétrico/tram: linha 7 (parada Djurgardsbron).

Kungsholmen: a oeste da estação central, destaca-se apenas pelo imponente edifício da Prefeitura/Conselho Municipal/Stadshuset (fica aqui), cuja visita guiada por seus ambientes, pátios e jardins com estátuas à beira do mar (com vista privilegiada para o centro histórico de Estocolmo) é imperdível. Além disso, pertinho dele fica o parque Kronobergsparken (fica aqui). Ônibus úteis: linhas 3, 53, 57 (parada Stadshuset) ou linhas 54 e 65 (parada Bolinders plan). Metrô: linhas 10 e 11.

IMG_8330~2

PÁTIO DA PREFEITURA/STADSHUSET, EM KUNGSHOLMEN (ESTOCOLMO, SUÉCIA)

Norrmalm: é o centro comercial, com as lojas de grifes mais famosas, e onde fica a estação central de trens e ônibus. Destaque para o Teatro da Ópera Real/Opera (fica aqui); parque Kungsträdgarden (fica aqui); parque Berzelii (fica aqui); Igreja de St. Jacob (fica aqui); shopping center Gallerian (fica aqui); centro cultural Kulturhuset (fica aqui); ruas de lojas Hamngatan e Mäster Samuelsgatan (nesta fica o shopping MOOD, que fica aqui); Museu Nacional de Belas Artes (fica aqui); ruas de cafés, restaurantes e casas noturnas da avenida Birger Jarlsgatan, que separa Norrmalm de Östermalm. Ônibus úteis: linhas 2, 54, 55, 57, 65, 69, 76, 96, 191, 192, 193, 194, 195 (parada Kungsträdgarden). Bonde elétrico/tram: linha 7.

IMG-20180912-WA0039~2.jpg

PELAS RUAS DE NORRMALM – ESTOCOLMO, SUÉCIA

Södermalm: é onde ficam dois lindos mirantes, com fotos de cartão-postal perfeitas no por do sol. Indicamos o Monteliusvägen (que fica em uma subidinha, no final da rua Bastugatan (exatamente aqui) e o terraço do Katarina Elevator no Slussen (acessado em uma curta caminhada saindo do sul de Gamla Stan pelas pontes Katarinavägen ou Skeppsbron; encontre a localização aqui). Pertinho da estação de metrô Slussen, você encontra o Museu da Cidade/Stadsmuseet (fica aqui) e a galeria de arte Kontrast (fica aqui). Para quem tem disposição de caminhar até o monte mais alto do centro de Estocolmo, recomendamos a visita à Skinnarviksberget (acessado por uma trilha a oeste do Monteliusvägen, a partir da avenida Söder Mälarstrand; exatamente aqui). Ônibus úteis: linhas 2, 3, 25B, 53, 55, 57, 76, 93, 96, 191, 192, 193 (na estação de metrô “Slussen”). Metrôs: 13, 14, 17, 18, 19 (estação Slussen).

20170528_131938~2

VISTA DO MIRANTE KATARINA ELEVATOR/SLUSSEN, EM SÖDERMALM (ESTOCOLMO, SUÉCIA)

Östermalm: é onde fica o belo calçadão que liga o centro histórico e comercial à ilha de diversões de Djurgarden. Nessa área nobre você também encontra o Museu Militar/Armémuseum (fica aqui); o parque Humlegarden (onde fica a Biblioteca Pública/Kungliga Biblioteket; exatamente aqui); parque Karlaplan (fica aqui); Dramaten (a casa de artes dramáticas reais; fica aqui); Museu de História/Historiska museet (fica aqui); parque Nobel. Ônibus úteis: linhas 54, 67, 68, 69 e 76. Bonde elétrico/tram: linha 7.

Skeppsholmen: é uma das menores ilhas da cidade. Os motivos da passada rápida por lá são, basicamente, a ponte que lhe dá acesso – Skeppsholmensbron (de longe, a mais fotografada da cidade, por ser decorada com réplicas de coroas em seu corrimão; fica aqui); o Museu de Arte Moderna/Moderna Musset (fica aqui); o Museu de Arquitetura/Arkitekturmuseet (fica aqui); e a bonita casa de concertos Eric Ericsonhallen (fica aqui). Ônibus útil: linha 65.

20170528_141938~3

PONTE SKEPPSHOLMSBRON COM VISTA PARA ÖSTERMALM – ESTOCOLMO, SUÉCIA

*Vale a pena tirar umas horas da manhã ou tarde para conhecer algumas estações de metrô da cidade, com pinturas inusitadas e cada uma com um tema diferente. Destacamos: T-Centralen (com desenhos de ramos de plantas, pintados em azul e branco; linhas 10 e 11/azul, fica aqui), Solna Centrum (pintada de laranja/vermelho para retratar o centro da Terra; localiza-se ao norte de Estocolmo, linha 11/azul, precisamente aqui), Thorildsplan (pintada com desenhos de nuvens e cogumelos no estilo Super Mario Bros; linhas 17, 18 e 19/verde, encontre a localização aqui),  Bagarmossen (com painéis roxo, lilás e verde em degradê; fica ao sul de Estocolmo, linha 17/verde, precisamente aqui), Kungsträdgarden (com mosaicos coloridos no teto que fazem alusão às flores de um jardim; é uma das mais famosas da rede metroviária da cidade; fica ao lado do parque em Norrmalm, linhas 10 e 11/azul, exatamente aqui), Tekniska Högskolan (com pintura azul escura e efeito de fumaça nas paredes; visual tecnológico; fica no nordeste da capital, linha vermelha/14, exatamente aqui); e Stadion (com pintura de um arco-íris e azul celeste; vizinha à estação anterior, linha vermelha/14, precisamente aqui).

IMG-20180912-WA0050

PREFEITURA/CONSELHO MUNICIPAL/STADSHUSET – ESTOCOLMO, SUÉCIA

**Para quem tem mais tempo ou quer fugir um pouco das atrações do centro, recomendamos o tour pelo lindíssimo Palácio Drottningholm, residência da Família Real sueca e patrimônio da humanidade pela UNESCO, construído no século XVI e localizado à beira mar (na ilha de Lovön, exatamente aqui) e cercado por uma ampla área verde com lago no seu quintal. Se quiser tornar o passeio ainda mais inesquecível, faça o passeio de barco até lá.

***Se deseja fazer o máximo de visitas guiadas e entrar em museus ou outros estabelecimentos turísticos pagos, com acesso ilimitado ao transporte público, sugerimos a compra do Stockholm Pass – um cartão que dá cortesias e descontos nas mais importantes atrações e serviços da cidade.

map-stockholm.jpg

MAPA DE ESTOCOLMO, SUÉCIA – CRÉDITO: BLOG “DRI EVERYWHERE”

DESLOCAMENTO DENTRO DA CIDADE

A pé, de bicicleta ou de ônibus turístico. Para nós, são as melhores formas de circular por Estocolmo.

A capital sueca é plana, segura e as ilhas do centro turístico são muito próximas umas as outras. Por esses motivos, aconselhamos demais caminhadas e pedaladas por lá. Para ser ter uma ideia, da Prefeitura/Stadshuset (zona oeste; em Kungsholmen) até o Museu Vasa/Vasa museet (zona leste; em Djurgarden) são 3 km de distância; e do parque Humlergarden (ao norte, em Östermalm) até o mirante Monteliusvägen (ao sul, em Södermalm), também são 3 km.

20170528_143706~2

FACHADA DO PALÁCIO REAL – ESTOCOLMO, SUÉCIA

A pé: Se quiser otimizar seu tempo, caminhando com o guia e um grupo de turistas tão curiosos como você, pagando o quanto achar que o guia merece ao final do passeio, indicamos o Free Walking Tour (ponto de encontro é do lado de fora da estação de metrô de Gamla Stan, e costuma sair todo dia às 10h da manhã).

Bicicleta: Para pedalar, sugerimos que baixe o aplicativo ou acesse o site City Bike para que você adquira o cartão (clique aqui para ver os preços das diferentes modalidades de pacotes) que te permite usar a bicicleta e liberá-la em uma das 140 estações espalhadas pela cidade. Caso deseje alugar uma bicicleta fora dos pacotes da City Bike, sugerimos a loja Gamla Stans Cykel (encontre ela aqui) e o container da Rent a Bike (fica no calçadão de Östermalm; ache ela aqui).

IMG-20180912-WA0058~2

PEDALAR É UMA DAS MELHORES FORMAS DE CONHECER ESTOCOLMO, SUÉCIA

Ônibus Turístico: ideal para quem tem dificuldades de locomoção ou para quem tem pouco tempo e não tem um roteiro em mente sobre o que conhecer na cidade, já que você paga uma vez podendo descer quantas vezes quiser no roteiro que inclui paradas nas principais atrações de Estocolmo, ouvindo curiosidades em um áudio guia em diferentes idiomas, instalado no ônibus. São de cor vermelha e de dois andares e têm pintado na lateral o nome Stockholm Red Buses. Há diferentes rotas, com diferentes preços: a vermelha (é o percurso terrestre; é o mais longo, mais completo e mais caro); a verde ou laranja/Royal Bridges & Canal Tour (é feita de barco, basicamente ao redor da ilha de Djurgarden); e a roxa (também feita de barco, passa ao redor da ilha de Skeppsholmen, com paradas também em terminais de barco de Södermalm e Djurgarden).

016_estocolmo.jpg

MAPA TURÍSTICO DE ESTOCOLMO, SUÉCIA – CRÉDITO: BLOG “AS VIAGENS DA CAROL”

Boat tours: como estamos falando de uma cidade formada de várias ilhas, vale muito a pena reservar um tempo para fazer um passeio de lancha/balsa oferecido por várias empresas de táxi aquático ou de circuitos fechados, para conhecer Estocolmo de um outro ponto de vista. Entre as empresas, recomendamos a Stromma (com pontos de partida em um terminal em Gamla Stan pertinho do Palácio Real, outro ao lado da Estação Central, e outro pertinho do parque Kungsträdgarden), Seasafari (no terminal de balsas de Strandvägen, em Östermalm), Gustafs Taxiboat (ao lado da empresa anterior), entre várias outras empresas com quiosques de vendas de passagens no calçadão entre o parque Kungsträdgarden e Österlmalm – confira algumas opções e suas localizações neste link.

*Além das alternativas acima, vale a pena circular pelas exóticas estações de metrô da capital, cada uma com um tema e cores diferentes pintadas na rocha subterrânea, conforme descritas na parte final da seção O QUE CONHECER.

IMG-20180912-WA0052~2

EDIFÍCIO EM SÖDERMALM – ESTOCOLMO, SUÉCIA

**Pela variedade de ônibus de linha e bondes elétricos (cujas linhas úteis para cada ponto turístico foi mencionada na seção anterior), além das modalidades de transporte indicadas no parágrafos acima, não recomendamos o deslocamento em um dos inúmeros táxis da cidade, a menos que você esteja distante de sua hospedagem à noite.

***Se pretende trafegar muitas vezes de transporte público, sugerimos a compra do Stockholm Pass – um cartão que dá cortesias e descontos nas mais importantes atrações e serviços da cidade e uso ilimitado na rede integrada de modais (bondes elétricos/ônibus de linha/metrôs).

689px-Stockholm_metrosystem_map.svg

LINHAS DE METRÔ DE ESTOCOLMO (REPARE NAS CORES E NÚMEROS; NOSSAS PREFERIDAS SÃO AS LINHAS 13 E 14/VERMELHAS E 17 E 19/VERDES)

CULINÁRIA LOCAL

Pães de centeio ou trigo nos cafés da manhã e lanches, bem como carnes/linguiças/almôndegas e peixes (salmão, bacalhau, arenque) acompanhados de batata, beterraba, pepino e/ou repolho são as comidas mais comuns na Suécia.

Reuniões de família e buffets costumam servir o “Smörgarsbord”, que consiste numa variedade de iguarias (pães, panquecas, salgados e verduras).

Não deixe de experimentar o Pyttipanna, que é uma mistura de carne em cubos, cebolas douradas e pedaços de batata preparados na frigideira, acompanhado de ovo frito e beterraba ou pepino. Outra comida imperdível é o Janssons frestelse (massa gratinada à base de batata, recheada de cebola, anchova, creme de leite e farinha).

20170528_202903~2

POR DO SOL COM VISTA PARA A PREFEITURA E PARA A ILHA DE RIDDARHOLMEN – ESTOCOLMO, SUÉCIA

Entre as sopas, as tradicionais levam ervilha, beterraba ou mirtilo.

Para acompanhar um café ou outra bebida quente, os suecos adoram o Kanelbullar (massa frita arredondada coberta com cardamomo e canela).

Sobremesas mais apreciadas: Prinsesstarta (torta com camadas intercaladas de creme de baunilha, creme de leite e geleia de framboesa); Ostkaka (pastel de queijo); Pannkakor (panquecas com doce de morango e nata). Para quem não gosta de se arriscar, é só pedir o Kladdkaka (bolo de chocolate).

IMG-20180912-WA0051~2

PRÉDIOS NA COLINA DE SÖDERMALM – ESTOCOLMO, SUÉCIA

RESTAURANTES
  • Vete Katten (um dos mais antigos de Estocolmo, com espaço imenso; encontre a localização aqui);
  • Lilla Ego (primeiro lugar na lista da Tripadvisor; encontre a localização aqui);
  • Wedholms Fisk (um dos mais tradicionais em matéria de frutos do mar; fica pertinho do Parque Berzelii, encontre a localização aqui);
  • Angbatsbryggan (restaurante de frutos do mar montado sobre um barco com vista para a ilha de Djurgarden; encontre a localização aqui);
  • Lisa Elmqvist (comum em várias listas de preferidos da cidade da categoria bom custo-benefício; encontre a localização aqui);
20170528_141619~2

PONTE SKEPPSHOLMSBRON COM VISTA PARA GAMLA STAN – ESTOCOLMO, SUÉCIA

  • Thai House Wok (comida oriental a custo acessívelç há várias unidades na cidade, encontre-as aqui);
  • Operakärallen (premiadíssimo restaurante de ambiente e pratos refinados, nº 3 no Tripadvisor; encontre a localização aqui);
  • Rosendal’s (encontre a localização aqui);
  • Fotografiska (no rooftop do Museu de Fotografia; encontre a localização aqui);
  • Garden (fica na praça Norra Bantoget; encontre a localização aqui);
  • Saluhall (mercado com comidas a preços justos; encontre a localização aqui);
  • Ölbryggan (cervejas artesanais, petiscos e bela vista; encontre a localização aqui);
  • Nisch (contemporâneo clean, nº 2 no Tripadvisor; encontre a localização aqui);
IMG-20180912-WA0046~2

ESTOCOLMO, SUÉCIA

Se tiver pouco dinheiro, procure algum fast food em Norrmalm (perto da Estação Central) ou algum mercadinho em Gamla Stan – em especial, o Munkbrohallen (ao lado da estação de metrô Gamla Stan, exatamente aqui).

Para achar as estações de metrô e paradas de ônibus próximas, procure no “aqui” em destaque o ícone do M ou do ônibus em branco com fundo azul.

COMPRAS

Os souvenirs/lembrancinhas escandinavas você encontra mais facilmente pelas ruas de Gamla Stan (destacamos a rua Stora Nygatan). Agora, se você quer comprar roupas, bolsas, calçados, a melhor alternativa é circular pelas ruas da moda em Norrmalm (ruas Hamngatan, Mäster Samuelsgatan, Birger Jarlsgatan e Sveavägen), com destaque para os shoppings MOOD, Gallerian e Sturegallerian.

20170528_193558~2

VISTA DE RIDDARHOLMEN E SÖDERMALM A PARTIR DA PREFEITURA/STADSUSET – ESTOCOLMO, SUÉCIA

VIDA NOTURNA

Para quem quer curtir uma noite romântica, sugerimos os bares/bistrots/restaraurantes em Gamla Stan ou no calçadão de Strandvägen, em Östermalm. Agora, quem quer curtir uma balada ou um bar animado, seguem algumas sugestões bem avaliadas (a maior parte delas concentrada em Norrmalm, entre a Estação Central e o parque Küngstradgarden):

  • Golden Hits (boate com três andares de diferentes temas para todos os gostos; encontre a localização aqui);
  • Tradgarden (para muitos, o melhor lugar para socializar e ouvir uma boa música na capital sueca; encontre a localização aqui);
  • Solidaritet (encontre a localização aqui)
  • Spy Bar (ambiente grande e música elogiada; encontre a localização aqui);
  • The Soap Bar HB (bom DJs e muito movimento; encontre a localização aqui);
  • Café Opera (instalado no belo edifício da Opera de Estocolmo, conta uma linda vista e música de altíssima qualidade, figurando no pódio das melhores boates da cidade; encontre a localização aqui).
20170529_132127~2

ESTAÇÃO DE BICICLETAS, CANOAS E PEDALINHOS NA ENTRADA DE DJURGARDEN – ESTOCOLMO, SUÉCIA

Para quem busca o meio termo (ambiente animado, mas que dê para conversar e ver as pessoas sem música muito alta), as sugestões são o Riche (encontre a localização aqui), o Berns Hotel (encontre a localização aqui) e o clube de jazz Fasching.

*Se tiver pouco tempo na cidade, otimize-o com o Pub Crawl. Você sai com guia e grupo de turistas animados passando por um circuito de casas noturnas famosas na cidade, com direito a alguns shots e outros benefícios (20% de desconto em cervejas/vinhos, entradas liberadas, fotos). Costuma acontecer às quartas-feiras, sextas-feiras e sábados, começando entre 20h e 21h. O ponto de encontro é no sul de Gamla Stan, em Kornhamnstorg nº 57 (exatamente aqui).

**Recomendamos que vá e volte de Uber para cada uma dessas baladas. Caso prefira ir de metrô ou ônibus/bonde elétrico, encontre as estações e paradas próximas, clicando no “aqui” em destaque e localizando o ícone do M ou do ônibus ou bonde elétrico em branco com fundo azul.

IMG-20180912-WA0043~2

ESTOCOLMO, SUÉCIA

NOSSA EXPERIÊNCIA

Visitamos Estocolmo por 2 dias completos no final de maio de 2017. O primeiro dia foi nublado e o segundo sem nuvens, com a noite quase não aparecendo – mesmo às 23h.

Ficamos hospedados no Old Town Lodge, em Gamla Stan. Seus pontos positivos são a localização e o preço, excelentes quando comparados aos concorrentes, além do ótimo atendimento e do ambiente bem medieval, com paredes de pedra e luzes baixas. O ponto negativo fica para o quarto com pouca privacidade (camas de casal em cabines de vidro separadas por uma cortina), para o banheiro compartilhado – embora bastante limpo – e para o processo para conseguir a “chave” (você manda recebe um e-mail com uma senha de acesso ao seu quarto).

Fizemos os trajetos aeroporto-centro e centro-aeroporto pelo ônibus Flygbussarna: rápido, pontual, confortável, fácil de achar (basta seguir as placas nos Terminais do Aeroporto e na Estação Central) e relativamente econômico.

20170529_101250~2

NA PRAÇA STORTOGET, EM GAMLA STAN – ESTOCOLMO, SUÉCIA

A cidade é super segura e com um centro turístico muito concentrado (3km entre a atração mais famosa do oeste para o leste; e 3 km entre as atrações mais recomendadas do norte para as do sul). Por esses motivos, a gente se deslocou para todos os cantos a pé, inclusive à noite. Não tivemos nenhuma dificuldade para encontrar nossos pontos de interesse, já que todos os nativos nos ajudaram bastante e tiraram nossas dúvidas com paciência, completando as informações do Google Maps.

Andamos pelas ruas de Gamla Stan e suas atrações (a que mais gostamos foi a pracinha Stortoget); fomos aos mirantes do Katarina Elevator/Slussterrassen e do Monteliusvägen, em Södermalm (este último foi o mirante que mais gostamos); caminhamos e fizemos compras nas ruas comerciais de Norrmalm (não é a área mais bonita da cidade, a caminhada por lá pode ser dispensada para quem tem pouco tempo em Estocolmo e não quer comprar nada); atravessamos a bela ponte Skeppsholmsbron com as réplicas de coroas, ligando o Museu Nacional ao Museu de Arte Modena/Moderna Museet; caminhamos pelo agradável calçadão de Strandvägen, com as balsas, restaurantes e bicicletas de um lado e as lindas fachadas dos edifícios, do outro; conhecemos os jardins de Djurgarden e o espetacular Museu Vasa/Vasa Museet, com aquele imenso navio do século XVII reconstruído e as inúmeras seções interativas dentro do museu; também passamos algum tempo nos jardins do Parlamento e no belo pátio e jardim de esculturas da Prefeitura/Conselho Municipal.

20170529_132157~2

CHEGANDO EM DJURGARDEN COM VISTA PARA O CALÇADÃO DE STRANDVÄGEN/ÖSTERMALM – ESTOCOLMO, SUÉCIA

Apesar de preferirmos Copenhague, também achamos Estocolmo fantástica e – embora cara – com alternativas mais baratas do que a capital dinamarquesa (sobretudo de hospedagens), com um planejamento urbano muito prático para se deslocar e uma paisagem que mistura belezas naturais (as ilhas) com belas construções arquitetônicas.  Vale muito a pena conhecê-la!

Sugestão de roteiro: Entre tudo o que vimos, consideramos imperdíveis 1) praça Stortoget, em Gamlan Stan; 2) Museu Vasa, em Djurgarden; 3) Prefeitura, em Kungsholmen; e 4) mirante Monteliusvägen, em Södermalm. Dá para conhecer tudo isso em um dia.

Com um dia a mais, circule por Gamla Stan (com a visita guiada no Palácio Real), pelo Museu Nórdico (em Djurgarden), pelo Museu de Arte Moderna e Museu da Fotografia (em Skeppsholmen) ou pelo Museu Nacional e pelo parque Kungsträdgarden (em Norrmalm). Outra boa alternativa é conhecer as famosas estações de metrô da capital (nossas preferidas estão elencadas nas seção “O que conhecer”). Feito tudo isso, se tiver fôlego ainda, caminhe pelas ruas comerciais/shoppings de Norrmalm.

IMG-20180912-WA0047~2

NA PREFEITURA/ STADSHUSET – ESTOCOLMO, SUÉCIA

Se tiver mais tempo, faça o passeio de barco pela cidade, incluindo a visita ao Palácio de Drottningholm. Na volta, alugue uma bicicleta e circule pelos pontos que você mais gostou nos dias anteriores.

*Para se situar nesse roteiro, olhe os mapas ao longo do post e para os links com a palavra “aqui”. Não esqueça de baixar o Google Maps antes de viajar para Estocolmo, marcando os pontos turísticos que você deseja conhecer por lá.

DICAS

⇒ Prefira ir na primavera e início de verão. O inverno é muito frio e trata-se de uma estação em que escurece muito cedo, com pouca gente nas ruas.

⇒ Para locomoção ilimitada em transportes públicos e acesso gratuito ou com ótimos descontos em museus e outras atrações, adquira o Stockholm Pass.

IMG_8325~2

PARLAMENTO SUECO (À ESQUERDA, PEDAÇO DE GAMLA STAN) – ESTOCOLMO, SUÉCIA

⇒ Aplicativos sempre ajudam (fundamental comprar um chip SIM para ter acesso a Internet em qualquer lugar da cidade). Mencionamos durante o post e aqui resumimos alguns que podem facilitar sua viagem:

Para encontrar os pontos turísticos que pretende conhecer com mapas funcionando off-line, baixe o Google Maps e destaque seus locais preferidos antes de viajar. Para saber sobre o clima Weather Channel; para ajuda no idioma, o conhecido Google Tradutor, o Lexifone (capaz de gerar áudios no idioma escolhido e traduzir áudios) e Wordlens (traduz placas e textos mediante a foto tirada por seu celular, o aplicativo traduz para você o que está escrito).

⇒ Antes de viajar, consulte se sua hospedagem inclui o transfer do/para o aeroporto. Caso não, sugerimos que esse percurso seja feito pelo ônibus da Flygbussarna. O ônibus da volta sai das baias do andar superior da Estação Central. Para quaisquer dúvidas, procure o balcão de Informações (ícone I).

⇒ Para carregar seus celulares e máquinas fotográficas, não esqueça de levar um adaptador universal e uma régua de tomadas. A tomada padrão na Suécia é do tipo F, com dois pinos arredondados paralelos horizontalmente.

⇒ Leve cartão de crédito habilitado para uso internacional e prefira converter seus dólares/euros por coroas suecas nos caixas eletrônicos (ATM) do aeroporto de Estocolmo/Arlanda.

20170528_200017~2

VISTA PARA SÖDERMALM – ESTOCOLMO, SUÉCIA

⇒ Estique sua viagem para Copenhague, a animada e belíssima capital da Dinamarca. Para ajudar a montar seu roteiro até lá, consulte nosso post respectivo no link destacado.

⇒ Dica de filme: O homem que não amava as mulheres, com Daniel Craig e Rooney Mara, com cenas filmadas na cidade.

CURIOSIDADES

→ Estocolmo é a maior cidade da Suécia, com quase 1/4 da população do país, e respondendo por 1/3 do PIB. É sede da monarquia e do Parlamento.

→ Por ser formada por 14 ilhas conectadas por mais de 50 pontes sobre o Lago Malar, é carinhosamente apelidada como a “Veneza do Norte”.

→ A cidade foi fundada em Gamla Stan, com registros datados do século XIII.

→ A atual rainha da Suécia, Sílvia Renata Sommerlath, é filha de uma brasileira e viveu em São Paulo entre 1947 e 1957, onde estudou no colégio alemão Visconde de Porto Seguro.

20170529_133106~2

MUSEU NÓRDICO/NORDISKA MUSEET – ESTOCOLMO, SUÉCIA

→ A quase ausência de indústrias pesadas torna Estocolmo uma das cidades com melhor qualidade de ar e limpeza urbana da Europa e do mundo.

→ Entre os hábitos/costumes mais marcantes dos suecos, destaca-se o FIKA. É a pausa que os nativos fazem para lanchar (tomar café com o kanelbullar) em restaurantes com terraços e mesas na calçada para confraternizar/bater papo sem pressa (slow food).

→ Entre as grandes marcas suecas, destacam-se a rede de lojas de roupas H&M e a montadora Volvo.

→ As crianças e jovens ficam na escola até os 18 anos e lá aprendem 4 idiomas. É um costume das escolas locais que os alunos tirem os sapatos antes de entrar nas salas de aula.

→ Em Estocolmo há dois monumentos tombados como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO: o Palácio de Drottningholm e o Cemitério-parque de Skogskyrkogarden.

IMG-20180912-WA0060~2

JARDINS DE DJURGARDEN – ESTOCOLMO, SUÉCIA

→ Estocolmo foi a Capital Cultural da Europa em 1998.

→ É na cidade que são laureados quase todos os vencedores do Prêmio Nobel, o mais prestigiado prêmio disponível nas áreas de literatura, medicina, física, química, economia e ativismo pela paz (o Prêmio Nobel da Paz é apresentado em Oslo, Noruega). O nome é em homenagem a Alfred Nobel, nascido em 1833 na capital, e incentivador das descobertas, invenções e produções científicas.

→ Foi em Estocolmo que a seleção brasileira de futebol conquistou sua primeira Copa do Mundo, em 1958, vencendo os donos da casa por 5×2 na final.

SEGURO VIAGEM

Para viajar tranquilo, só curtindo as paisagens e desfrutando de todos os pontos turísticos e passeios, recomendamos o conforto (a preços justos) do seguro viagem pela empresa Real Seguro. Ela indica a seguradora mais confiável e adequada – muitas vezes a mais barata – para a cobertura dos sinistros que você quer evitar. Confira!

IMG_8285~2

VISTA DO MIRANTE MONTELIUSVÄGEN, EM SÖDERMALM (ESTOCOLMO, SUÉCIA)

 

20170528_195125~2

PREFEITURA/STADSHUSET – ESTOCOLMO, SUÉCIA

 

20170528_205740~2

STORTOGET, EM GAMLA STAN (ESTOCOLMO, SUÉCIA)

20170529_101843~2

KUNGLIGA SLOTTET/PALÁCIO REAL, EM GAMLA STAN (ESTOCOLMO, SUÉCIA)

20170529_133134~2

MUSEU NÓRDICO/NORDISKA MUSEET, EM DJURGARDEN (ESTOCOLMO, SUÉCIA)

12 comentários sobre “ESTOCOLMO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s