RECIFE

A Veneza brasileira, com suas pontes, canais, rios e mangues; influência colonial holandesa, judaica e portuguesa; cidade de verve alternativa, vanguardista e combativa, palco da maior quantidade de revoltas a favor da liberdade e independência no Brasil; terra onde nasceram ou despontaram Joaquim Nabuco, Paulo Freire, Gilberto Freyre, João Cabral de Melo Neto, Manuel Bandeira, Nelson Rodrigues, Chico Science, Capiba, Josué de Castro, Chacrinha, Marco Nanini, Alceu Valença, Lenine,; um dos maiores expoentes gastronômicos, tecnológicos, intelectuais, culturais (o Carnaval mais democrático, eclético e um dos mais baratos brinca-se em Recife)  e de medicina do país.

Além disso, Recife é o ponto de partida principal para algumas das praias mais famosas do idílico e procurado litoral nordestino, e sede do melhor museu da América Latina (pelo Travelers Choice Museum, do Tripadvisor). Dá pra ver que são várias explicações para o fascínio que a capital pernambucana exerce nos turistas que por lá transitam e nos nativos que lá moram ou, por inúmeras circunstâncias, têm que partir, como esse que escreve agora.

Continue a leitura dos tópicos seguintes para organizar seu roteiro para uma das cidades brasileiras mais autênticas e incríveis que existem.

20181111_103228-01

RUA DO BOM JESUS – RECIFE, PERNAMBUCO, BRASIL

COMO CHEGAR

Avião – Por ser uma das cidades mais importantes do turismo nacional, o aeroporto internacional do Recife (Gilberto Freyre/Guararapes) recebe voos diários sem escalas procedentes dos principais centros urbanos do país – Rio de Janeiro (2h40 de duração), São Paulo (3h de duração), Brasília (2h20 de duração), Belo Horizonte (2h30 de duração), Curitiba (3h40 de duração) – bem como das capitais do Nordeste – Salvador (1h20 de duração), Fortaleza (1h15 de duração), São Luís (2h de duração), Maceió (45 minutos de duração), Natal (1h de duração), Aracaju (1h15 de duração), etc…

Além disso, o aeroporto de Recife recebe voos de importantes cidades hubs internacionais, como Lisboa, Orlando, Cidade do Panamá, Buenos Aires, Bogotá, operando voos da Gol, Latam, Avianca, Azul, TAP, American Airlines, Condor, Copa, entre outros.

20181111_101736-02.jpeg

MARCO ZERO – RECIFE, PERNAMBUCO, BRASIL

Ônibus – Alternativa mais demorada para chegar ao centro de Recife. O terminal rodoviário interestadual mais próximo fica na zona oeste da cidade, e é conhecido como TIP. A rodoviária tem uma boa infraestrutura e fica ao lado de uma estação de metrô que dá acesso até o centro da cidade de Recife (linha laranja/Centro 1, parada final “Estação Recife”).

Chegando no TIP, siga até o centro de Uber/táxi ou metrô + Uber/táxi. Confira as empresas de ônibus que operam até o TIP de Recife (Real Alagoas, Itapemirim, Kaissara, Progresso, Guanabara, entre outros). Os preços das passagens e os horários de chegada nos links destacados ou aqui.

20181111_101115-02.jpeg

CAIS JOSÉ ESTELITA – RECIFE, BRASIL

Carro – Indicado apenas para quem vem da Paraíba ou, com menor vantagem, para quem sai do estado de Alagoas.

Aos que saem de João Pessoa e Natal, o caminho a percorrer é a BR-101. Quem parte do interior paraibano, deve combinar o percurso pela BR-230 com a BR-101.

Por sua vez, quem vai de Maceió (265 km de distância), deve seguir as seguintes estradas: BR 101 + PE 008 ou PE 009. E quem sai do interior alagoano, pode ir pela BR 423 + BR 232 OU pela BR 316 + BR 104/BR 101. Para aluguel de carros com desconto junto a empresas confiáveis, clique nesse link da Rentalcars.

20181111_104836-01

RECIFE ANTIGO – PERNAMBUCO, BRASIL

QUANDO IR

Se você gosta de animação, não tenha dúvidas: compre sua passagem para o Carnaval (costuma ser em fevereiro), a festa mais famosa da cidade, com muita gente e música.

DSC02365-01.jpeg

CASTELO DAS ARMAS BRANCAS (INSTITUTO RICARDO BRENNAND) – RECIFE, BRASIL

Caso deseje maior tranquilidade, e queira aproveitar as praias (na nossa opinião, as melhores atrações de Pernambuco), recomendamos os meses do último trimestre ou janeiro, por ser estatisticamente a época com menos chuva na região.

Dentre os mencionados meses que sugerimos acima, novembro e outubro são os mais secos, respectivamente. Dezembro e janeiro vêm logo atrás e são mais sossegados do que o mês do Carnaval, porém já contam com várias prévias de festas (sobretudo nos fins de semana), o que anima sem incomodar tanto aqueles que querem brincar de forma mais moderada.

20181110_202937-01.jpeg

CHARMOSA NOITE DOS BAIRROS HISTÓRICOS DE RECIFE – PERNAMBUCO, BRASIL

Evite ir entre abril e a primeira quinzena de agosto, por haver uma probabilidade maior de chuvas, que não combinam com a paisagem ideal do Nordeste.

*Se você quer marcar sua viagem para Recife com base na época dos festivais e manifestações culturais da cidade, clique aqui ou neste link para conferir a programação atualizada.

CLIMA

Tropical úmido. A temperatura muda pouco ao longo do ano: média de 27ºC no verão e de 24ºC no “inverno”. Dificilmente a máxima ultrapassa os 32ºC e a mínima fica abaixo dos 19ºC.

20181111_095608-03.jpeg

PRAIA DE BOA VIAGEM – RECIFE, BRASIL

DDD

81

20181111_111038-01

PRAÇA DA REPÚBLICA E PALÁCIO DA JUSTIÇA – RECIFE, PERNAMBUCO, BRASIL

QUANTO TEMPO FICAR

3 dias em Recife são suficientes para conhecer as atrações principais da cidade sem pressa – incluindo nesse período uma passada rápida (uma manhã ou uma tarde) na lindíssima parte alta de Olinda.

Caso deseje esticar sua viagem para conhecer as praias mais bonitas do estado e da vizinha Alagoas, sugerimos  5 dias ou 1 semana extra distribuída entre Porto de Galinhas, Carneiros, Antunes e Maragogi.

20170108_132550

LETREIRO NO MARCO ZERO – RECIFE, BRASIL

COMO SAIR DO AEROPORTO

Pousando em Recife, se você não tiver transfer/traslado garantido pelo seu hotel, você verá perto das esteiras de bagagens e nos saguões de desembarque ofertas de várias cooperativas confiáveis de táxi para realizar sua corrida até o seu hotel. Procure acertar nos balcões das cooperativas dentro do aeroporto ou utilize os serviços do aplicativo Uber, que costumam garantir preços mais baixos. Se for pegar um táxi fora do aeroporto, a corrida é contada no taxímetro.

20181111_114817-01

RÉPLICA DO GALO DA MADRUGADA – RECIFE ANTIGO

Para efeito de estimativa, a corrida de Uber até o Marco Zero custa cerca de R$ 27,00 e R$ 15,00 para ir até a Praia de Boa Viagem.

*OBS: Outra opção para sair do aeroporto é o metrô. Há uma passarela que liga o edifício principal do aeroporto às proximidades da estação metrô “Aeroporto”. Não é a melhor das alternativas para sair do aeroporto, já que não existem estações de metrô perto de áreas turísticas com concentrações de hotéis, sendo necessário completar o percurso com o auxílio de táxi/Uber.

20181111_111502-01

RUA DA AURORA VISTA DA RUA DO SOL – RECIFE, BRASIL

HOSPEDAGEM

A região que mais aconselhamos para se hospedar é a Avenida Boa Viagem, não à toa, o local de maior concentração de hotéis. Isso porque fica de frente para a praia mais famosa da cidade, com uma ampla oferta de bons restaurantes, e dos dois maiores shoppings de Recife, além da fácil comunicação com a área histórica (R$ 17,00 de Uber, aproximadamente).

Confira abaixo algumas opções bem avaliadas:

20181111_112307-02.jpeg

VITRAL NO PALÁCIO DO CAMPOS DAS PRINCESAS – RECIFE, PERNAMBUCO, BRASIL

Para mais alternativas, acesse o Booking, Trivago ou Tripadvisor. Caso queira alugar uma casa ou um quarto para uma temporada, tratando dos detalhes diretamente com o proprietário, consulte o Airbnb.

20170110_163356-01.jpeg

OFICINA CERAMISTA DE FRANCISCO BRENNAND – RECIFE, PERNAMBUCO

O QUE CONHECER

Marco Zero – cartão-postal principal da cidade, o local de sua fundação vem sofrendo progressivas melhoras. Por lá você poderá tirar fotos do letreiro com o nome “Recife” e com a Rosa dos Ventos do genial Cícero Dias; comprar artesanato em um dos armazéns, que expõe as obras de artistas do interior do estado; comer e beber entre os diversos restaurantes instalados nos galpões revitalizados (área que lembra o Puerto Madero, de Buenos Aires);  visitar o lindo edifício da Caixa Cultural, o Cais/Museu do Sertão; atravessar de barco até o Parque das Esculturas (com obras do gênio Francisco Brennand em homenagem aos 500 anos do Brasil). Parada obrigatória em qualquer época do ano, principalmente no Carnaval e na época natalina. Se só tiver tempo para visitar um lugar em Recife, escolha esse. Este ponto turístico fica aqui.

Rua do Bom Jesus – rua dos casarios coloridos do Recife Antigo, pertinho do Marco Zero. Aos domingos é montada uma feira popular e por lá circulam alguns ensaios de maracatu nos fins de semana. Ótimo para tirar fotos. Não deixe de visitar o Paço do Frevo (ótimo museu que conta a história do ritmo mais contagiante do carnaval, e talvez ritmo pernambucano mais conhecido no mundo), a Torre Malakoff (observatório astronômico, com algumas amostras de arte contemporânea) e o Paço Alfândega (um pouco mais distante; cerca de 3 minutos de caminhada a partir da Rua do Bom Jesus; trata-se de uma galeria de lojas e restaurantes, com algumas exposições fotográficas e artesanais; destaque para o terraço que proporciona uma linda vista no por do sol). Este ponto turístico encontra-se aqui.

Sinagoga Kahal Zur Israel – primeira sinagoga das Américas, fundada durante a ocupação holandesa por judeus vindos de Amsterdã, e hoje sede do Centro Cultural Judaico. Fica na bela Rua do Bom Jesus, e vale a pena conhecer esse pedaço de história, que conta uma versão acerca da qual, com a expulsão dos holandeses, os fugitivos de Recife teriam fundado a cidade de Nova York. Este ponto turístico encontra-se aqui.

20181111_103525-01

RUA DO BOM JESUS E TORRE MALAKOFF – RECIFE, BRASIL

Teatro Santa Isabel – belíssima casa de espetáculos (peças, musicais, balés) em estilo neoclássico e fachada cor-de-rosa, datada do século XIX, tendo sido o primeiro teatro do Brasil projetado por um engenheiro civil. Seu nome é em homenagem à Princesa Isabel, filha do Imperador Pedro II. Fica de frente à Praça da República (onde há o busto de Maurício de Nassau e um bonito e imenso baobá), que é cercada ainda dos lindos Palácio da Justiça e Palácio do Campo das Princesas (este a sede do governo estadual, o qual recebe visitas guiadas).

A parte de trás do Teatro, já na Rua do Sol, conta com uma das vistas mais simbólicas de Recife: a visão para a Rua da Aurora, com os flamboyants no cenário, a Assembleia Legislativa e sua cúpula dourada à direita e a Ponte Santa Isabel. Não deixe de fazer a visita guiada pelo interior desse teatro (só ocorre aos domingos) e circular pelas imediações citadas, tirando fotos desses cartões-postais! Para ver algum evento, confira a programação atualizada neste link. Este ponto turístico encontra-se aqui.

20181111_111129-01

TEATRO SANTA ISABEL – RECIFE, BRASIL

Instituto Ricardo Brennand – considerado o melhor museu da América Latina, instalado em um castelo incrível, que é cercado por jardins, estátuas, uma lindíssima capela, lagos e um ótimo restaurante. Abriga exposições permanentes e temporárias, com destaque para a coleção de armas brancas e armaduras medievais. Imperdível (depois do Marco Zero, e da vista para a Rua da Aurora, é o lugar mais recomendado para o turista conhecer em Recife). Este ponto turístico localiza-se aqui.

Oficina Francisco Brennand – fábrica de produção das cerâmicas mais surreais que existem, frutos da concepção do artista plástico genial Francisco Brennand. No onírico espaço ao ar livre (Mata Atlântica), você verá inúmeras obras impressionantes e poderá acompanhar o processo de fabricação dos objetos irrepetíveis, além de ter acesso a um museu que narra a história artística e o processo de reclusão voluntária do criador das obras, e de poder tomar um café com um bolo local. Melhor forma de chegar lá é de Uber ou carro alugado (não vá de ônibus). Este ponto turístico fica aqui.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Praia de Boa Viagem – praia mais famosa da cidade, com um calçadão repleto de quiosques com lanches e produtos naturais, ciclovia plana e bem cuidada, quadras esportivas, áreas para a prática de futevôlei, jardins, praças (destaque para o Parque Dona Lindu) e restaurantes. Se quiser tomar banho de mar, só faça isso na maré baixa e no raso, antes dos arrecifes. Há várias placas espalhadas pela orla informando do risco do ataque de tubarão. Aos domingos, na praça da Igreja de Boa Viagem, funciona uma feirinha de produtos artesanais. Este ponto turístico encontra-se aqui.

20181111_095715-02 (1).jpeg

PRAIA DE BOA VIAGEM – RECIFE, BRASIL

Casa da Cultura – edifício neoclássico onde funciona um excelente centro de artesanato, perto da estação ferroviária, do restaurante Leite, da bela Ponte de Ferro/Ponte da Boa Vista e da Basílica de Nossa Senhora do Carmo e do Pátio de São Pedro. Como era a antiga Casa de Detenção, suas lojas são instaladas dentro de celas. Lugar bonito para fazer boas compras. Se for andar pelas ruas estreitas rumo ao centro da cidade, fique atento aos seus pertences (leve cartão e dinheiro dentro em um porta-dólar por baixo da camisa ou dentro da bermuda). Este ponto turístico fica aqui.

20181111_111003-01

BUSTO DO HOLANDÊS MAURÍCIO DE NASSAU NA PRAÇA DA REPÚBLICA – RECIFE, BRASIL

Capela Dourada – capela de ordem franciscana dentro do complexo de edifícios do Convento e Igreja de Santo Antônio, tendo sido aberta ao público em setembro de 1697. Ricamente ornamentado, com mobiliário da sacristia esculpido em jacarandá, é um lugar bonito para se visitar rapidamente no centro histórico da cidade. Este ponto turístico localiza-se aqui.

20181111_110854-01

PALÁCIO DO CAMPO DAS PRINCESAS – RECIFE, BRASIL

Forte das Cinco Pontas – é nessa fortaleza, construída pelos holandeses e reformada pelos portugueses, perto da área mais antiga de Recife, que funciona o Museu da Cidade. No belo edifício de pedra e cal, você encontra inúmeras imagens, revistas, azulejos e mapas que narram a evolução de Recife. Perto dele, fica o Cais José Estelita (um dos lugares mais bonitos para se ver nas noites de Recife – principalmente se visto a partir de Boa Viagem/Pina -, com seus postes de luzes românticas, à beira mar; se for descer ali à noite, fique atento) e o restaurante Catamaran, de onde saem excelentes passeios de barco pela parte histórica da cidade, com a narração de curiosidades sobre os monumentos mais famosos, ao som de músicos locais e pelas lindas pontes. Este ponto turístico encontra-se aqui.

20181111_103740-01

PAÇO DO FREVO – RECIFE ANTIGO

Monte dos Guararapes – embora não fique tecnicamente em Recife (localiza-se na vizinha cidade de Jaboatão dos Guararapes), é o segundo melhor mirante para a capital – o primeiro fica no Alto da Sé, em Olinda – e um lugar histórico nacional, já que foi palco da batalha mais famosa da Insurreição Pernambucana que expulsou os holandeses, unindo índios, negros e brancos por uma causa comum. Por lá, você encontra uma linda igreja dedicada a Nossa Senhora dos Prazeres. Este ponto turístico fica aqui.

Parque da Jaqueira – área verde super aprazível, arborizada e frequentada na Zona Norte de Recife, pertinho do Rio Capibaribe e do Jardim do Baobá, além de galerias de lojas de roupas e boas lanchonetes. Destaque para a linda e pequena igreja barroca que fica dentro do parque. Ótimo para dar uma caminhada para quem tem tempo sobrando na cidade. Este ponto turístico fica aqui.

Shopping RioMar – o maior e mais moderno da cidade, com ótimas lojas e restaurantes, além de teatro e área de exposição de obras ou realização de feiras. Este ponto turístico fica aqui.

Jardim Botânico – lugar indicado para ir com crianças e para quem quer curtir o contato com a natureza, se tiver tempo sobrando. Por ser longe do centro, a melhor forma de visitá-lo é de carro alugado ou de Uber. Este ponto turístico encontra-se aqui.

img-20170105-wa0004

INSTITUTO RICARDO BRENNAND – RECIFE, BRASIL

DESLOCAMENTO DENTRO DA CIDADE

A área histórica, no centro da cidade, pode ser perfeitamente conhecida a pé, cruzando as pontes. Da mesma forma, é caminhando que se percorre a Avenida Boa Viagem, com as atrações da orla, da melhor maneira possível.

Outra excelente maneira de circular por esses pontos – e até entre eles – é de bicicleta, já que Recife é uma cidade plana nas suas regiões mais visitadas por turistas.

20181111_101021-02.jpeg

ALUGUE UMA BICICLETA PARA CONHECER RECIFE, PRINCIPALMENTE AOS DOMINGOS

Para caminhadas guiadas, aconselhamos o free walking tour do Olha! Recife ou os passeios realizados por empresas de receptivos. Caso deseje pedalar, cadastre-se no programa local de bicicleta rotativa do Itaú (cadastre-se no link indicado, baixe o aplicativo e retire uma bicicleta de uma das estações disponíveis e pedale por 1h, devolvendo-a em qualquer delas, espere 15 minutos até tirar outra e continuar pedalando; se quiser pedalar sem parar, você pagará uma taxa extra por hora excedente a primeira), ou baixe o aplicativo das bicicletas e patinetes Yellow (pague R$ 1,50 para cada 10 minutos de pedalada, deixando a bicicleta onde quiser, desde que dentro da área de funcionamento do aplicativo – não há estação pré-definida; ou gaste 3,50 + 0,50 por minuto de uso para andar de patinete) ou alugue alguma bike em algum dos estabelecidos localizados neste link.

DSC02378-01.jpeg

INSTITUTO RICARDO BRENNAND – RECIFE, BRASIL

*OBS: Vale destacar que Recife não é uma cidade segura. por isso, faça suas caminhadas e pedaladas em horários mais movimentados ou acompanhado por guias ou moradores locais.

Para circular pelos museus e atrações mais afastadas, e até para fazer um bate-volta a Olinda, recomendamos que vá de Uber ou de carro alugado. O custo não será elevado e você não correrá tantos riscos quanto se fizer isso de bicicleta ou de ônibus.

Outra forma muito boa de turistar pelas atrações mais incríveis do centro histórico é pelo passeio de catamarã. Agende seu tour pelas românticas pontes de Recife, seja no por do sol, seja com a cidade iluminada à noite, para entender porque a capital pernambucana é carinhosamente apelidada como a Veneza brasileira.

20181110_203927-01.jpeg

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA VISTA DO CATAMARÃ – RECIFE, BRASIL

Se preferir passeios mais confortáveis, sem se preocupar em organizar a logística, contrate um receptivo (Luck, Pontual, Asa Branca, Martur, Maracatur, Tropicana e outras apontadas neste link) com antecedência ou na recepção do seu hotel.

**OBS: Evite andar de ônibus pela cidade ou de metrô. Não é necessário diante de outras alternativas mais vantajosas e seguras. A estação de metrô mais útil para turistas é a “Recife”, por ser a mais próxima do centro histórico da cidade.

***OBS: Se alugar um carro, evite transitar nos horários de rush (entre 7h/9h e entre 18h e 19h30). Recife tem um dos trânsitos mais carregados do país, tema principal das reclamações de quem mora lá.

20181111_104012-01

RUA DO BOM JESUS – RECIFE, PERNAMBUCO, BRASIL

CULINÁRIA LOCAL

Um dos destaques da sua viagem será certamente a gastronomia pernambucana. Despontam as carnes ensopadas e assadas (a carne de sol é imbatível), bem como os cordeiros e os espetaculares frutos do mar (cioba, badejo, bacalhau, lagostas e lulas).

A culinária pernambucana é riquíssima em comidas para passar o tempo ou para lanches leves, com ênfase nos biscoitos amanteigados, tapiocas e cuscuz.

Este slideshow necessita de JavaScript.

E o que dizer dos incomparáveis doces e inesquecíveis sobremesas? Não deixe de provar o bolo de rolo (patrimônio imaterial, lembra um rocambole, só que mais fino e leve), o bolo Souza Leão e qualquer mistura de queijo com goiabada ou doce de leite.

20170108_140646-01.jpeg

COMIDA BOA TEM DE SOBRA EM RECIFE

RESTAURANTES

Há inúmeras opções excelentes, nessa que é uma das melhores cidades gastronômicas do Brasil. Os destaques ficam para os locais de maior concentração de restaurantes: no centro, os armazéns revitalizados no Marco Zero; na Zona Norte, a Rua da Hora e o trecho entre a Praça de Casa Forte e o Poço da Panela; na Zona Sul, as avenidas Boa Viagem (principalmente os arredores do 2º Jardim), Conselheiro Aguiar e Domingos Ferreira (além dos ótimos e bem decorados restaurantes do Shopping RioMar e do Shopping Recife).

20181111_102722-01

LETREIRO NO MARCO ZERO – RECIFE, BRASIL

A seguir, algumas das opções bem avaliadas por revistas especializadas:

  • Leite (patrimônio histórico pernambucano; o restaurante mais antigo de Recife – um dos mais antigos do Brasil -, com garçons vestidos a caráter, quadros da cidade de outrora e comida espetacular; encontre aqui);
  • Mingus (famoso e premiado restaurante contemporâneo de Boa Viagem; fica aqui);
  • Oleiro (um dos restaurantes autorais mais elogiados da cidade, com mistura de sabores inusitados; encontre aqui);
  • Nez Bistrô (também na linha contemporânea, sendo que localizada ao redor da agradável Praça de Casa Forte; encontre aqui);
20181111_101741-02.jpeg

ARMAZÉNS DO PORTO – MARCO ZERO, RECIFE

  • Barchef (complexo gastronômico em uma ampla área, com diferentes seções – pub, empório e restaurante propriamente dito ao redor de um casarão antigo bem bonito; fica aqui);
  • Central (unanimidade entre o público hipster e intelectual de Recife, localizado perto da história e linda Faculdade de Direito; é um dos lugares mais cultuados na noite underground recifense; fica aqui);
  • Nosotros (bar de tapas – aperitivos espanhóis – com preço justo e bela decoração na Praça de Casa Forte; encontre a localização aqui);
  • Villa Cozinha de Bistrô (um dos mais queridos entre os moradores da Zona Norte, localizado na Rua da Hora, que é repleta de ótimos restaurantes; fica exatamente aqui);
  • Bargaço (certamente um dos melhores restaurantes de frutos do mar do Nordeste; proporciona uma linda vista das luzes antigas do Cais Estelita; encontre aqui);
20181111_103452-01

RUA DO BOM JESUS (TORRE MALAKOFF AO FUNDO) – RECIFE, BRASIL

  • Parraxaxá (ótimo lugar para experimentar a variedade e riqueza da comida regional, com uma decoração típica do sertão pernambucano; fica aqui em Boa Viagem e aqui em Casa Forte);
  • Spettus (churrascaria mais premiada de Recife; a unidade mais antiga fica em uma das avenidas mais importantes da cidade, a Agamenon Magalhães, e a mais nova fica em Boa Viagem, contando com rodízios de frutos do mar – inclusive lagosta; fica aqui);
  • Entre Amigos (rede tradicional com um cardápio super variado e de boa qualidade, com unidades em Boa Viagem e na Rua da Hora; fica aqui);
20181111_111353-01

RUA DA AURORA VISTA DA PONTE PRINCESA ISABEL – RECIFE, BRASIL

  • Cá-já Restaurante (um dos mais elogiados entre os restaurantes novos da cidade; pegada contemporânea e autoral; encontre aqui);
  • Wiella Bistrô (famoso contemporâneo em Boa Viagem; fica aqui);
  • Solar do Douro (localizado em um dos empresariais mais famosos de Recife, com uma vista linda para a Praia do Pina e para a Praia de Boa Viagem; é dedicado à culinária portuguesa, embora venha diversificando e internacionalizando seu cardápio; fica aqui);
  • Ça Va (um dos melhores restaurantes franceses de Recife; fica na Zona Sul, exatamente aqui);
20181111_102821-01

PARQUE DAS ESCULTURAS – RECIFE, BRASIL

*Recomendamos que vá e volte de Uber ou carro alugado para cada um desses restaurantes. Evite o ônibus ou o metrô, sobretudo à noite.

COMPRAS

Para compras de produtos artesanais, recomendamos a Casa da Cultura (antigo presídio reformado cujas lojas ficam instaladas onde eram as celas; lugar imperdível), o Centro de Artesanato de Pernambuco (com a exposição e venda de obras dos artistas espalhados por todo o estado; fica no armazém revitalizado ao lado da praça do Marco Zero) e o Mercado de São José (um dos mais antigos e tradicionais mercados populares da cidade), tudo isso sem contar a Rua da Moeda, o Paço Alfândega, a feira na Praça do Carmo, a feira de Boa Viagem, as ruas de comércio popular do centro da cidade, o Mercado da Encruzilhada e o Mercado da Madalena.

img-20170105-wa0011

INSTITUTO RICARDO BRENNAND – RECIFE

Caso deseje fazer compras de roupas em lojas mais famosas, sugerimos o lindo Shopping RioMar (um dos maiores do Brasil), o Shopping Recife ou, na Zona Norte, o Plaza Shopping.

*OBS: Não deixe de levar de lembrancinha para seus conhecidos o pernambucaníssimo bolo de rolo da Casa dos Frios, conhecido como o mais saboroso doce, patrimônio imaterial do estado de Pernambuco.

VIDA NOTURNA

Vários amigos conterrâneos me lembram e relembram que a noite de Recife é – junto com as praias incomparáveis do litoral sul de Pernambuco – um dos principais motivos que despertam a vontade de voltar para a cidade natal.

É um fato: para quem procura diversidade de atrações durante a noite, Recife passa muito longe de decepcionar, com festas rolando até o dia nascer.

20181110_202152-01.jpeg

MARCO ZERO À NOITE VISTO DO CATAMARÃ – RECIFE, BRASIL

À cena cultural do mainstream – embora ainda distante da atenção conferida aos centros mais famosos do sudeste – soma-se a produção constante de arte e eventos independentes, com bandas e ritmos novos em uma quantidade e qualidade absurdas. É nessa mesma cidade que convivem apreciadores do brega e do manguebeat, do rock clássico com o funk, rap e bandas de pífanos e maracatus.

A seguir, algumas sugestões muito elogiadas para quem quer curtir a noite na cidade:

20181110_204200-01.jpeg

RUA DA AURORA – RECIFE, BRASIL

20181111_105650-02.jpeg

PAÇO ALFÂNDEGA (VISITE O MIRANTE DO TERRAÇO NO POR DO SOL) – RECIFE, BRASIL

Para quem tem pouco tempo e quer otimizar as poucas horas noturnas na cidade, recomendamos o Pub Crawl Recife.

*Recomendamos que vá e volte de Uber ou carro alugado para cada uma dessas baladas/pubs/botecos. Evite o ônibus ou o metrô.

NOSSA EXPERIÊNCIA

Nasci e cresci em Recife. Morei lá até meus 24 anos. Apesar dos inúmeros pontos negativos (principalmente no tocante à segurança pública, ao saneamento básico e ao trânsito, além da nítida desigualdade e pobreza de vários bairros, e o mau cuidado na manutenção dos prédios históricos), como pernambucano legítimo, sou apaixonado pela capital, sua história lindíssima, seus personagens incomparáveis, sua culinária maravilhosa, sua produção cultural original e incansável e seu/meu povo que fala rápido, com linguajar próprio, misturando calor humano com uma brutalidade engraçada.

Como a maior parte da minha família ainda mora na cidade (inclusive minha mãe, meu pai e meu irmão), assim como muitos amigos da época de colégio, viajo com Aline pelo menos 3 vezes no ano até Recife, tendo sido a cidade onde celebramos nosso casamento religioso.

20181111_102146-01

NO MARCO ZERO – RECIFE, BRASIL

Para circular pela cidade, a gente só caminha pelos parques, pelo Recife Antigo e pela Avenida Boa Viagem. O resto dos trajetos, fazemos de ônibus ou Uber de dia, e de Uber ou carro à noite. Não usamos metrô, visto que as estações não ficam próximas aos pontos turísticos.

Apesar de vir melhorando seus índices de criminalidade, Recife requer muito cuidado dos turistas, sobretudo à noite. Evite andar com pertences, com vidros abertos dos carros e desatento ao celular.  Procure caminhar com porta-dólar ou pochete por dentro da blusa ou do short.

20170110_162221-01.jpeg

NA OFICINA DE FRANCISCO BRENNAND – RECIFE, BRASIL

Os lugares que a gente sempre faz questão de ir na cidade são o Marco Zero e seus armazéns de artesanato e de restaurantes, bem como a Rua do Bom Jesus e sua sequência de casas antigas coloridas, o calçadão da Praia de Boa Viagem, o shopping RioMar, o Parque da Jaqueira, a loja da Casa dos Frios (o melhor bolo de rolo do mundo), o Alto da Sé (em Olinda) e Porto de Galinhas. Outros locais obrigatórios que a gente super indica para turistas são o Instituto Ricardo Brennand (com um museu de armas impressionante e sempre com alguma exposição de arte clássica, dentro de um lindo espaço) e a Oficina de Francisco Brennand (lugar surreal, com esculturas que só um gênio em cerâmica e artes plásticas é capaz de materializar), bem como fazer o passeio de catamarã sob as pontes da área nostálgica da cidade. Também vale a pena conferir a programação para o Teatro Santa Isabel, o Teatro da UFPE, o Centro de Convenções e o auditório do Parque Dona Lindu – os melhores lugares para assistir a algum espetáculo. Se você fizer isso, e escolher uns 3 ou 4 restaurantes e uns 3 ou 4 lugares para curtir a noite seguindo nossas sugestões das seções anteriores, duvido que você não se apaixone pela Veneza brasileira (apesar de o centro histórico ter traços que mais se assemelham com Havana, na minha opinião).

20181111_104642-01

NA RUA DO BOM JESUS – RECIFE, BRASIL

Como sugestão de roteiro, a gente aconselha:

1º dia – Marco Zero e Recife Antigo (não deixe de atravessar de barco para o Parque das Esculturas, bem como de passar no Teatro Santa Isabel e  na mureta lá perto, ao lado da Ponte Princesa Isabel, do lado dos flamboyants, observar o Rio Capibaribe e, ao fundo, a Rua da Aurora). Aproveite esse dia para dar uma passada na parte alta de Olinda, entrando nas galerias de arte, comendo uma tapioca e vendo o mirante do Alto da Sé.

2º dia – Visitar o museu do Instituto Ricardo Brennand, parando para almoçar ou tomar café no restaurante do complexo (Castellu’s). À tarde, visitar a Oficina Francisco Brennand. Aproveitar para curtir a noite na Praça de Casa Forte e seus inúmeros restaurantes por lá ou passear pelo shopping RioMar.

DSC02408-01.jpeg

NO INSTITUTO RICARDO BRENNAND – RECIFE, BRASIL

3º dia – Ver a cidade do Recife do alto do mirante no Monte dos Guararapes (local histórico da batalha homônima mais famosa do Período Holândes em que, sob a liderança de um negro, um branco e um índio, as tropas pernambucanas derrotaram os invasores). Aproveitar para conhecer a famosa igreja local. De lá, caminhar pela orla de Boa Viagem (cuidado para tomar o banho de mar; evite o mergulho durante a maré cheia, quando os arrecifes estiverem cobertos pela água; se for tomar banho, mergulhe o mais perto possível da Praia do Pina). Passeie pela feira de Boa Viagem – funciona aos domingos. Depois, siga até o final do Cais José Estelita e faça seu passeio de catamarã pela área histórica da cidade.

20181111_104323-01.jpeg

NA RUA DO BOM JESUS – RECIFE, BRASIL

Meu veredicto é bem parcial: bairrista, como pernambucano que sou, acredito ser difícil não se apaixonar por Recife. A cidade, à primeira vista, causa estranhamento pela sujeira, má conservação e pelo trânsito impressionante, mas os pontos turísticos citados (em especial, o Marco Zero/Rua do Bom Jesus, Teatro Santa Isabel/Rua da Aurora, Instituto Ricardo Brennand), a vida noturna animada e esticada e a maravilhosa gastronomia da cidade conquistam qualquer que um esteja disposto a superar a primeira impressão. As falhas da cidade são muitas e graves, mas os pontos positivos são bem maiores. Em Recife você encontra uma variedade de atrações típicas de grandes cidades e tem a vantagem de usá-la como base para conhecer algumas da praias mais bonitas do país e o sítio histórico incomparável de Olinda. Recomendo demais.

DICAS

⇒ Não deixe de aproveitar que está em Recife para conhecer as atrações de Olinda, as praias do litoral sul pernambucano (Praia dos Carneiros, Porto de Galinhas, Tamandaré e Calhetas são as nossas preferidas, nesta ordem) e até Antunes e Maragogi, que já faz parte de Alagoas. Com mais tempo e grana, faça o esforço possível para viajar para Fernando de Noronha, o arquipélago com as praias mais bonitas do Brasil – posts específicos nesses links destacados).

⇒ Fique atento aos seus pertences (principalmente, cartões, celulares e documentos). Garanta a sua segurança básica. Se fizer compras em Recife, evite voltar de ônibus. Caso não esteja de carro, chame um táxi ou Uber.

20181110_204910-01.jpeg

RUA DA AURORA – RECIFE, BRASIL

⇒ Se você é uma pessoa animada, tem que conhecer Recife no Carnaval. É extraordinário e inesquecível. Compre sua passagem e reserve sua hospedagem/alugue uma casa com antecedência de 6 meses a 1 ano (mais perto que isso, não há garantia de boa localização nem de preços mais acessíveis). Dezembro e janeiro são meses em que rolam algumas prévias carnavalescas, também ótimos para visitar a cidade histórica de Olinda.

⇒ Leve protetor solar e óculos de sol. Para caminhar, vá com algum calçado confortável (tênis ou sandália). Evite saltos altos.

⇒ Procure se hospedar na Avenida Boa Viagem. É um excelente local para caminhar, pedalar, comer e fazer compras. Não tome banho de mar nessa praia tampouco nas praias de Piedade e Candeias (há ataques de tubarões nesses locais). Prefira seguir de carro ou contratar um tour para visitar as praias do litoral sul.

⇒ Se for alugar o carro, baixe o Waze e o Google Maps. Facilita demais ao mostrar os percursos menos congestionados. Além disso, evite dirigir em horários de pico como 8h, 9h, 17h, 18h.

img-20170105-wa0005

CAPELA DO INSTITUTO RICARDO BRENNAND – RECIFE, BRASIL

CURIOSIDADES

 

→ Recife é a cidade nordestina com maior Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) e o segundo polo médico mais importante do Brasil.

→ Segundo o Wikipedia, Recife é “a quarta capital brasileira na hierarquia da gestão federal” (após Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo) e o “quarto aglomerado urbano mais populoso do Brasil”, com 4 milhões de habitantes em 2017 (atrás de São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte).

→ Sedia o aglomerado urbano mais rico do Norte-Nordeste e é a capital nordestina com maior PIB per capita.

20181111_103228-01

RUA DO BOM JESUS – RECIFE, BRASIL

→ É o local com maior número de consulados estrangeiros, fora de Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo. Sedia, inclusive, o Consulado-Geral dos EUA, China, Reino Unido, França e Alemanha.

→ Entre as capitais brasileiras, Recife é a mais antiga, tendo papel destacado durante o período colonial, sendo a mais próspera das capitanias, em virtude do cultivo extensivo e de qualidade da cultura de cana-de-açúcar.

→ Foi a sede da colônia Nova Holanda entre 1530/1554, atingindo prosperidade e se modernizando sob a gestão do holandês Maurício de Nassau. A expulsão dos holandeses teve como embate principal a Batalha dos Guararapes, evento ao qual se atribui o “Nascimento da Pátria”, visto que uniu negros, brancos (portugueses) e índios sob o mesmo objetivo nacionalista.

20170110_161028-01.jpeg

OFICINA CERAMISTA FRANCISCO BRENNAND – RECIFE, PERNAMBUCO, BRASIL

→ Foi a primeira cidade da América do Sul com conexão direta para a Europa (Alemanha), por meio de dirigíveis.

→ Embora seu apelido mais famoso seja de “Veneza brasileira”, Recife chegou a ser descrita como a “Florença dos Trópicos” pelo famoso romancista francês Albert Camus, que visitou a cidade em 1949.

→ Recife foi palco da maior quantidade de movimentos libertários do Brasil (movimentos como a Insurreição Pernambucana, Conjuração de Nosso Pai, Guerra dos Mascates, Revolução Pernambucana, Convenção de Beberibe, Confederação do Equador, Revolução Praieira).

20170110_171114-01

→ Foi em Recife, em 1983, que começou o movimento “Diretas Já”, que se expandiu pelo país e foi determinante para o fim da ditadura militar no Brasil.

→ O Teatro Santa Isabel recebeu o Imperador Dom Pedro II, foi palco da campanha abolicionista de Joaquim Nabuco, e nele Castro Alves conheceu o seu grande amor, Eugênia Câmara.

→ A Praia de Boa Viagem e as vizinhas Piedade e Candeias são as que mais registraram ataques de tubarão no continente americano.

→ É nas ruas do Bairro do Recife que circula o maior bloco de Carnaval do mundo segundo o Guiness Book, o Galo da Madrugada.

SEGURO VIAGEM ______________________________________________________________________

Para viajar tranquilo, só curtindo as paisagens e desfrutando de todos os pontos turísticos e passeios, recomendamos o conforto (a preços justos) do seguro viagem pela empresa Real Seguro. Ela indica a seguradora mais confiável e adequada – muitas vezes a mais barata – para a cobertura dos sinistros que você quer evitar. Confira!

img-20170105-wa0013

INSTITUTO RICARDO BRENNAND – RECIFE, PERNAMBUCO, BRASIL

20181111_104412-01

RUA DO BOM JESUS – RECIFE, PERNAMBUCO, BRASIL

 

15 comentários sobre “RECIFE

  1. Maria Antônia disse:

    Recife é realmente incrível e eu pretendo retornar e aproveitar ainda mais, com essas dicas e roteiros do post . ❤❤❤❤❤❤Ficou perfeito e com fotos lindíssimas !!!!👏👏👏👏

  2. Viveca disse:

    Recife é uma capital solar, cheia de encantos, cores, artes e uma gastronomia deliciosa. Vale demais conhecê-la e percorrer seu Centro Histórico. Cidade efervescente, formada por um caldeirão de influências culturais, mistura de povos. Tudo isso regado a um banquete de aromas e sabores: tapiocas, doces, frutas, água de côco, caipirinhas, frutos do mar, etc.

    • conhecendolugaresblog disse:

      Uau! Muito obrigada pelo elogio! Tão bom ler isso! É muita dedicação para escrever e selecionar boas fotos, pensando nas informações mais completas possíveis. Tentamos nos colocar no lugar do leitor, pensando em que ele precisa saber para ir para um lugar de preferência, seja como mochileiro, seja com muito conforto.

Deixe uma resposta