VARSÓVIA

A cidade desse post carrega a fama de ter uma energia pesada e sofrida, muito em virtude de sua história na II Guerra Mundial, tendo sido palco de profunda destruição no embate entre nazistas e soviéticos palmo a palmo.

Todavia, embora – indiscutivelmente – não tenha a vibe festiva e relaxada de Cracóvia, a capital da Polônia surpreende pelo seu espírito de resiliência, pelo envolvimento dos jovens nos espaços públicos e pelos investimentos turísticos crescentes que realiza, conciliando como poucas cidades no Leste Europeu uma beleza arquitetônica clássica revitalizada com construções modernas e uma satisfatória produção cultural e comercial efervescente.

Sem sombra de dúvidas, uma grata surpresa para quem viaja até a Europa Oriental e tem alguns dias sobrando no roteiro pela região que integrava a Cortina de Ferro até o início da última década do século XX.

Confira todas as dicas e informações úteis sobre a cidade de Chopin e Marie Curie nos tópicos adiante.

Continuar lendo