RECIFE

A Veneza brasileira, com suas pontes, canais, rios e mangues; influência colonial holandesa, judaica e portuguesa; cidade de verve alternativa, vanguardista e combativa, palco da maior quantidade de revoltas a favor da liberdade e independência no Brasil; terra onde nasceram ou despontaram Joaquim Nabuco, Paulo Freire, Gilberto Freyre, João Cabral de Melo Neto, Manuel Bandeira, Nelson Rodrigues, Chico Science, Capiba, Josué de Castro, Chacrinha, Marco Nanini, Alceu Valença, Lenine,; um dos maiores expoentes gastronômicos, tecnológicos, intelectuais, culturais (o Carnaval mais democrático, eclético e um dos mais baratos brinca-se em Recife)  e de medicina do país.

Além disso, Recife é o ponto de partida principal para algumas das praias mais famosas do idílico e procurado litoral nordestino, e sede do melhor museu da América Latina (pelo Travelers Choice Museum, do Tripadvisor). Dá pra ver que são várias explicações para o fascínio que a capital pernambucana exerce nos turistas que por lá transitam e nos nativos que lá moram ou, por inúmeras circunstâncias, têm que partir, como esse que escreve agora.

Continue a leitura dos tópicos seguintes para organizar seu roteiro para uma das cidades brasileiras mais autênticas e incríveis que existem.

Continuar lendo

LISBOA

Por mais estranho que possa parecer e com dificuldade de admitir, temos que dizer: Portugal não nos atraía tanto quanto os outros países europeus. Foi uma surpresa deliciosa render-nos a excelente culinária (a melhor da Europa), às paisagens lindas dos seus inúmeros mirantes, às músicas dramáticas inconfundíveis do fado, aos pontos turísticos espalhados por uma cidade que vem se modernizando rapidamente sem ignorar sua história gloriosa. Enfim, uma viagem extremamente agradável, que surpreende positivamente a todos que a realizam, quebrando paradigmas e alimentando uma imensa vontade de um breve retorno. Continuar lendo