HAVANA

A capital cubana é um deleite para boca, pernas e, principalmente, olhos. Havana é a síntese perfeita da maior ilha do Caribe, com seus prédios coloridos (que, apesar do péssimo estado de conservação, trazem todo um charme), seus casarios antigos, praças arborizadas, gente simpática, ótimas bandas de salsa em quase todas as esquinas turísticas, lindos carros antigos em todos os lugares, bares e restaurantes com comida caseira (não há redes de fast foods) e bebidas deliciosas.

É a cidade com mais cara do início do século passado no mundo, com um charme peculiar, parecendo cenográfica, mas inquestionavelmente genuína, verdadeira. Terra de uma gente forte que sobrevive e vence as adversidades com um sorriso no rosto e sempre boas histórias para contar.

Confira abaixo as informações que destacamos sobre esse incrível destino latino, pouco tocado pelo capitalismo (para completar sua pesquisa, acesse o post sobre o Guia Prático de Cuba do qual, inclusive, extraímos as linhas gerais deste resumo).

Continuar lendo

AMSTERDÃ

Romântica, animada, curiosa e encantadora. Esses são alguns dos primeiros adjetivos que vêm à cabeça quando o assunto é a cidade de Amsterdã.

São mais de mil pontes e inúmeros canais que garantem muito charme ao lugar. Da mesma forma, quem procura agito durante as noites, não tem como se decepcionar com a capital holandesa, famosa por seus costumes libertários (vitrines de prostituição e ambientes liberados – dentro de regras estabelecidas – para consumo de drogas).

Esse contraste entre tradição (vários monumentos do século XVII) e vanguarda faz de Amsterdã um destino que justifica todas as grandes expectativas, independentemente do seu estilo de viagem.

A cidade das bicicletas, museus e praças certamente tem muito a oferecer. Confira abaixo informações, fatos e fotos para auxiliar sua programação de viagem.

Continuar lendo

BRASÍLIA

Surpreendente e original. Se é para definir a capital do Brasil com poucas palavras, aquelas são bem adequadas. A cidade dos ipês, das tesourinhas, dos pilotis, dos setores, dos imensos parques, do elevado IDH, do por do sol espetacular e da arquitetura única no mundo é um lugar inacreditável, do tamanho da ousadia do ex-presidente Juscelino Kubitschek ao modificar o centro político do país do Rio de Janeiro para construir, a partir do final da década de 1950, uma cidade imensa onde só existia o cerrado.

Trata-se da cidade planejada por Lúcio Costa, desenhada por Oscar Niemeyer (provavelmente, o arquiteto mais famoso do Brasil), erguida por candangos (brasileiros de todas as partes que vieram em busca de oportunidade, principalmente partindo do Nordeste) que executaram os cálculos estruturais desenvolvidos pelo engenheiro e poeta pernambucano Joaquim Cardoso, e decorado por Athos Bulcão.

A mesma cidade de onde despontaram cantores e bandas de rock, como Cássia Eller, Zélia Duncan, Oswaldo Montenegro, Ney Matogrosso, Legião Urbana, Paralamas do Sucesso (a banda se juntou aqui), Capital Inicial, Plebe Rude, Scalene e outros.

Apesar de não ser banhada pelo mar, Brasília possui muitas atrações vinculadas à água, como o Lago Paranoá e o Parque de Água Mineral. Trata-se da capital com aeroporto mais próximo para conhecer a linda Chapada dos Veadeiros (2h30 de carro), Pirenópolis (2h de carro), Formosa/Salto do Itiquira (1h30), Chapada Imperial (50 minutos). É cachoeira bonita que não acaba mais!

Enfim, um local que não aparece na lista da maioria das pessoas como destino programado, mas que conquista a todos que o visitam. Confira no post abaixo o porquê de mais um preconceito que deve ser desconstruído.

Continuar lendo

CINGAPURA

Cingapura (ou Singapura, na versão internacional) impressiona pela organização, limpeza, beleza, arquitetura e planejamento, além da diversidade da população que a habita (chineses, malaios, executivos ocidentais – um verdadeiro caldeirão cultural, em que todos coexistem com incrível respeito e tolerância).

Um lugar que, se você descumprir as regras, sofre multas de alto valor (moradores e turistas cumprem à risca para evitar transtornos). Um lugar riquíssimo – é um dos Tigres Asiáticos -, e que choca o turista pela infraestrutura impecável. Não é exagero dizer: trata-se de um local onde TUDO funciona!

É uma cidade-estado, assim como Mônaco e o Vaticano (no mundo, só existem essas três). Localiza-se no Sudeste Asiático e é uma ótima escolha caso esteja indo para a região e queira mesclar templos e praias com modernidade e luxo. Continuar lendo

VIENA

Cidade das óperas, igrejas, jardins, museus e palácios grandiosos. Viena é espetacular. Conserva com orgulho um centro histórico e arquitetônico impressionante (Ringstrasse), erguido sobretudo na época da dinastia Habsburgo (famosa pela imperatriz Sissi, com comentários mais a frente).

Impossível ignorar sua elegância, evidenciada também através das charretes que circulam pela sua qualificadíssima parte turística, pelas construções de fachadas preservadas, pelo rio Danúbio que a atravessa, pelos charmosos cafés nas suas ruas e pela impressionante riqueza musical clássica que a envaidece com justiça: a capital austríaca foi celeiro e palco de concertos de Mozart, Strauss, Haydn, Beethoven (alemão que aprendeu e exerceu boa parte de sua formação erudita em Viena), e ainda hoje é caracterizada por ter suas óperas e sinfonias entre os espetáculos mais populares e concorridos da cidade.

E não é só isso: Viena – terra onde estudou e viveu Freud e onde nasceu Gustav Klimt – é  servida por uma excelente infraestrutura, com destaque para a sua rede de metrô eficiente e fácil, povo instruído e solícito (boa parte também fala inglês) e uma das maiores qualidades de vida mundial. É um dos lugares que, sem dúvidas,  não dá vontade de deixar.

Continuar lendo